Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/346363
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Risco cardiometabólico em adolescentes matriculados no ensino médio : influência do trabalho
Title Alternative: Cardiometabolic risk in adolescents attending in high school : influence of work
Author: Freitas, Pedro Henrique Urbano de, 1990-
Advisor: Lamas, Jose Luiz Tatagiba, 1959-
Abstract: Resumo: As doenças cardiovasculares estão em primeiro lugar nas causas de morte em todo o mundo. Estudos epidemiológicos apontam que em muitos casos o início ocorre na juventude. A justificativa para isso se dá pela exposição precoce aos fatores de risco cardiovascular. Essa condição pode se tornar pior quando o adolescente desenvolve atividades laborais. Sabe-se que em adultos o trabalho proporciona maior exposição aos fatores de risco cardiovascular. Este estudo teve como objetivo avaliar o risco cardiovascular em adolescentes cursando ensino médio em escolas estaduais centrais no município de Campinas e estabelecer relações entre os fatores de risco cardiovascular e o trabalho. Trata-se de um estudo transversal, composto por 130 adolescentes estudantes cursando o ensino médio nos períodos diurno e noturno, em escolas públicas no município de Campinas. Os comportamentos determinantes do risco cardiovascular foram avaliados por meio da aplicação de um questionário adaptado e validado para esta população. O padrão alimentar foi avaliado por meio do Índice de Qualidade da Dieta Revisado para população brasileira, a partir da coleta de um recordatório de 24 horas. Foram realizadas medidas antropométricas e o estado nutricional foi avaliado pelo escore Z. A medida da pressão arterial foi realizada com aparelho automático de braço validado para adolescentes. Os dados obtidos foram submetidos a análise estatística de comparação entre grupos e tempo, associação e correlação. Para as análises foram utilizados os programas estatísticos SAS Versão 9.4 e SPSS Versão 22. A prevalência de valores de pressão arterial elevada do total da amostra foi de 7,7%, dos adolescentes que apresentaram valor de pressão arterial elevado, 4,5% não trabalhavam e 10,9% eram trabalhadores. A alimentação se encontrava em situação preocupante, pois nenhum adolescente apresentou padrão alimentar adequado; considerando as categorias do Índice da Qualidade da Dieta Revisado, 61,2% necessitam modificação e 38,8% apresentaram padrão inadequado. Os componentes menos consumidos foram frutas totais, frutas integrais e leite e derivados. Mais da metade da amostra (51,2%) não praticava exercício físico regular. A consequência da alimentação inapropriada aliada à prática inadequada de exercício física pode ser responsável pela prevalência de 28,3% de adolescentes acima do peso. Foi observado que quase metade da amostra (44,6%) referiu fazer uso de bebidas alcoólicas. O grupo de trabalhadores apresentou porcentagem maior de pressão arterial elevada, mas não houve associação com o trabalho. Ao analisar as categorias de trabalho com valores de PAS e PAS não foi evidenciado diferença estatística entre elas. As horas trabalhadas com valores de PAS e PAD apresentaram correlação fraca. O adolescente atribui menor nota do sono após início do trabalho, uma diferença de 1,4 pontas na nota referida. Relatos de cansaço e dificuldade de concentração foram evidenciados em razão da jornada dupla de trabalho e estudo. Foi observado que consumo de álcool, café e redução da prática de exercício físico estavam associados com o trabalho, não houve diferença entre os grupos no que se refere a obesidade, consumo de tabaco e qualidade da dieta

Abstract: Worldwide, the cardiovascular diseases are first among causes of death. Epidemiological studies show that, in many cases, the onset occurs in youth. The justification for this is given by the early exposure to the cardiovascular risk factors. This condition can aggravate when an adolescent carries out work activities. It is known that in adults the work presents greater exposure to the cardiovascular risk factors. The objective of this study was to evaluate the cardiovascular risk in adolescents attending high school in central state schools in the city of Campinas and to establish relationships between the cardiovascular risk factors and work. It is a cross-sectional study consisting of 130 adolescent students attending high school in the day and night courses in central public schools in the city of Campinas. The definitive behaviors of cardiovascular risk were evaluated through the application of a questionnaire adapted and validated for this population. The dietary pattern was evaluated through the Revised Diet Quality Index for the Brazilian population from the gathering of a 24 hour recall. Anthropometric measurements were performed and the nutritional status was assessed by the Z score. The blood pressure measurement was taken using an automatic arm device validated for adolescents. The data were submitted to statistical analysis of comparison between groups and time, association and correlation. Statistical programs such as SAS version 9.4 and SPSS version 22 were used for the analyzes. The prevalence of high blood pressure values of the total sample was 7.7%. The adolescents with high blood pressure, 4.5% and 10.9% were workers. The feeding is in a worrisome situation, as no adolescent showed an adequate dietary pattern; considering the categories of the Revised Diet Quality Index, 61.2% require modification and 38.8% showed inadequate standards. The least consumed components were total fruits, whole fruits and milk and dairy products. More than half of the sample (51,2%) did not practice exercises regularly. The consequence of an inappropriate diet combined with the inadequate practice of physical exercise may be responsible for the high prevalence of the obesity found. It was observed that almost half of the sample (44,6%) reported the use of alcoholic beverages. The group of workers presents a higher percentage of high blood pressure, but there is no association with the work. When analyzing the categories of work with SBP and SBP values, no statistical difference was evidenced between them. Hours worked with SBP and DBP values showed a weak correlation. The adolescent attributed a lower sleep score after beginning work, a difference of 1.4 points in the referred note. Reports of fatigue and difficulty concentrating were evidenced due to the double work and study journey. It was observed that the alcohol and coffee consumption and the reduction of physical exercises are associated with work, showing no difference between the groups regarding obesity, tobacco consumption and diet quality
Subject: Hipertensão
Saúde escolar
Trabalho de menores
Enfermagem
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: FREITAS, Pedro Henrique Urbano de. Risco cardiometabólico em adolescentes matriculados no ensino médio: influência do trabalho. 2018. 1 recurso online (124 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Enfermagem, Campinas, SP.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:FENF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Freitas_PedroHenriqueUrbanoDe_M.pdf3.14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.