Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/346169
Type: Artigo
Title: Potencialidades e fragilidades da gestão de resíduos sólidos na região metropolitana do Vale do Paraíba/SP
Title Alternative: The strength and weakness of solid waste management in Paraíba river valley metropolitan area, São Paulo state
Author: Fiore, Fabiana Alves
Rutkowski, Emília Wanda
Nascimento Junior, Jaime Meira do
Santos, Caroline Tomazoni
Abstract: Por seu desempenho tecnológico e econômico a região do Vale do Paraíba, no estado de São Paulo, produz e destina resíduos de diferentes atividades. Apesar disso, existem poucas informações públicas sobre a temática e até 2015 apenas 12% dos municípios haviam elaborado os seus planos de gestão integrada de resíduos sólidos, em atendimento ao regramento federal. Assim sendo, foi conduzida uma pesquisa aplicada com o uso de survey e oficina participativa, abarcando trinta e quatro municípios da região, para avaliar as informações sobre a geração de resíduos sólidos e identificar as fragilidades percebidas pelos gestores públicos locais que culminaram em inexistência dos referidos planos. Dentre os principais resultados verificou-se que os municípios controlam apenas o manejo dos resíduos sólidos urbanos e dos serviços de saúde. Em 2014, os resíduos dos serviços de saúde gerados na região foram destinados adequadamente. Verificou-se maior geração percapita desses resíduos nos municípios de maior porte. Apesar da divergência de dados públicos sobre os resíduos sólidos urbanos gerados na região, existem aterros públicos e privados para os quais esses resíduos vêm sendo encaminhados e esta ação tem sido destacada pelos gestores municipais como o principal ponto positivo da gestão. Verificou-se também que, a alegação dos gestores de inexistência de recursos financeiros e de capacitação técnica não deve ser entendida como a razão para a inexistência dos planos, uma vez que ambos estavam disponíveis no território e não foram devidamente apropriados
metadata.dc.description.abstractalternative: Due to its strong economic and technological performance, the Vale do Paraíba Metropolitan Area, in the state of São Paulo, generates and disposes a wide variety of solid waste. However, there is still a reduced amount of public information available on this subject and, by 2015, only 12% of the cities had its Integrated Solid Waste Management (ISWM) ready to satisfy the federal legislation requirements. An applied research was conducted covering thirty-four cities embraced by the Vale do Paraíba Metropolitan Area. This research used survey-based and participatory workshop methods to evaluate the information available regarding solid waste generation and to identify the weakness recognized by local public authorities as the main reason for the lack of most of the plans. Among the main findings, the results revealed that the cities only had control of the urban and health service solid wastes. In this region, by 2014, the health service solid wastes were properly allocated. There was a higher per capita generation of these residues in larger cities. Despite the divergence of public data on solid urban waste generated in the region, there are public and private landfills for which this waste is being sent and this action has been highlighted by municipal managers as the main positive point of management.It was also found that the claim of managers lacking financial resources and technical training should not be understood as the reason for the lack of plans, since both were available in the territory and were not properly appropriated
Subject: Gestão integrada de resíduos sólidos
Country: Brasil
Editor: Escola Superior de Sustentabilidade
Rights: Fechado
Identifier DOI: 10.6008/SPC2179-6858.2017.004.0019
Address: https://www.sustenere.co/index.php/rica/article/view/SPC2179-6858.2017.004.0019
Date Issue: 2017
Appears in Collections:FEC - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
106008SPC2179685820170040019.pdf1.47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.