Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/345273
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Residues of polyether ionophores in milk and Minas frescal cheese : technological implications and riks to human health = Resíduos de ionóforos poliéteres em leite e queijo Minas frescal : implicações tecnológicas e risco à saúde humana
Title Alternative: Resíduos de ionóforos poliéteres em leite e queijo Minas frescal : implicações tecnológicas e risco à saúde humana
Author: Silva, Felipe Rodrigues Nogueira, 1988-
Advisor: Bragotto, Adriana Pavesi Arisseto, 1977-
Abstract: Resumo: O leite é um alimento altamente nutritivo, possui custo relativamente baixo e consumo amplamente difundido no Brasil e no mundo, abrangendo toda a pirâmide populacional, seja na forma in natura ou de produtos derivados, como o queijo. Entretanto, esses alimentos podem ter sua qualidade e inocuidade comprometidas em função do uso de fármacos veterinários na criação dos animais, com consequências negativas tanto do ponto de vista tecnológico como de saúde pública. Os antibióticos ionóforos poliéteres são amplamente utilizados na criação animal mundial, não apenas para tratar infecções, mas também como promotores de crescimento em bovinos de corte e no aumento da lactação em bovinos de leite e outros animais. Resíduos desses fármacos têm sido encontrados em diversos alimentos, como ovos, leite e carne, mas não há informações na literatura sobre sua ocorrência em produtos lácteos. O objetivo principal deste trabalho foi realizar um estudo sobre a presença de resíduos de ionóforos poliéteres em leite pasteurizado e queijo Minas Frescal, investigando a influência desses compostos no processo de fermentação do leite e nas etapas de produção do queijo, e contribuindo para um melhor entendimento dos riscos à saúde relacionados à presença destes fármacos na dieta. Inicialmente, foi feito um estudo de ocorrência dos ionóforos poliéteres (lasalocida, maduramicina, monensina, narasina, salinomicina e semduramicina) em amostras comerciais de leite pasteurizado por cromatografia líquida de alta eficiência acoplada à espectrometria de massas (LC-MS/MS). Verificou-se que apenas resíduos de monensina foram encontrados nas 40 amostras analisadas. Esse ionóforo foi confirmado em 45% das amostras e quantificado em 32,5%, em concentrações variando de 0,1 a 0,27 ?g kg-1. Em seguida, foi desenvolvido um método quantitativo para a determinação de ionóforos poliéteres (lasalocida, monensina e salinomicina) em queijo Minas Frescal por cromatografia líquida de ultra eficiência acoplada à espectrometria de massas (LC-MS/MS). O método desenvolvido foi validado em relação à linearidade, efeito da matriz, seletividade, limites de detecção (LOD) e quantificação (LOQ), exatidão (teste de recuperação) e precisão (repetibilidade e precisão intermediária), limite de decisão (CC?) e capacidade de detecção (CC?) e se mostrou adequado para a identificação e quantificação dos compostos no queijo Minas Frescal, pois atingiu todos os parâmetros exigidos pelo protocolo de validação adotado. Foram avaliadas 60 amostras de queijo Minas Frescal comerciais e apenas foram encontrados resíduos de monensina, que foi detectada em 55% das amostras e quantificada em cinco delas em níveis médios variando de 1,00 a 1,73 ?g kg?1. O método proposto demonstrou a adequação para monitorar essas substâncias no queijo. Por fim, foi investigada a influência do resíduo de monensina presente no leite em processos fermentativos bem como a estabilidade dessa substância durante o processamento do queijo Minas Frescal. Os resultados mostraram pela primeira vez que o fármaco não interfere na fermentação e pode se concentrar no queijo, demonstrando a estabilidade dessa substância frente aos processos de pasteurização e fabricação do produto. Apesar de constatada uma alta incidência de amostras contendo monensina, cálculos preliminares de exposição demonstraram que sua ingestão está muito abaixo da Ingestão Diária Aceitável (IDA) e que as concentrações da substância encontradas em leite pasteurizado e queijo Minas Frescal não representam um risco à saúde. Este é um trabalho inédito na literatura que pretendeu contribuir para um melhor entendimento dos riscos à saúde relacionados à presença destes fármacos na dieta e seus impactos na fabricação de produtos lácteos

Abstract: Milk is a highly nutritious food, has relatively low cost and it is widely consumed in Brazil and the world, covering the entire population pyramid, whether being consumed as a beverage or as a derived products, such as cheese. However, these foods may have their quality and safety compromised due to the use of veterinary drugs in animal husbandry, with negative consequences from both a technological and public health point of view. Polyether ionophore antibiotics are widely used in animal husbandry worldwide, not only to treat infections but also as growth promoters in beef cattle and in the increase of lactation of dairy cows and other animals. Residues of these drugs have been reported in various foods, such as eggs, milk and meat, but there is no information in the literature about their occurrence in dairy products. The main aim of this work was to conduct a study about the presence of polyether ionophores residues in pasteurized milk and Minas Frescal cheese, investigating the influence of these compounds on the milk fermentation process and cheese production stages, and contributing to a better understanding of the health risks related to the presence of these drugs in the diet. Initially, a survey of polyether ionophores (lasalocid, maduramicin, monensin, narasin, salinomycin and semduramicin) in commercial samples of pasteurized milk was performed by using high performance liquid chromatography coupled to mass spectrometry (LC-MS/MS). Only residues of monensin were found in the 40 samples analyzed. This ionophore was confirmed in 45% of the samples and quantified in 32.5%, at concentrations ranging from 0.1 to 0.27 ?g kg-1. Posteriorly, a quantitative method was developed for the determination of polyether ionophores (lasalocida, monensin and salinomycin) in Minas Frescal cheese by ultra high-performance liquid chromatography coupled with triple quadrupole mass spectrometry (LC-MS/MS). The developed method was validated in relation to linearity, matrix effect, selectivity, detection limits (LOD) and quantification limits (LOQ), accuracy (recovery test), precision (repeatability and intermediate precision), decision limit (CC?) and detection capacity (CC?). The method proved to be appropriated for the identification and quantification of these compounds in Minas Frescal cheese, as it fulfilled all the parameters required by the adopted validation protocol. Sixty commercial samples of Minas Frescal cheese were evaluated by the validated method and only monensin residues were found, which was detected in 55% of samples and quantified in five of them at average levels ranging from 1.00 to 1.73 ?g kg?1. The proposed method demonstrated to be suitable to monitor these substances in cheese. Finally, the influence of monensin residues on fermentative processes as well as the stability of this substance during the processing of Minas Frescal cheese were investigated. The results showed for the first time that the drug does not interfere with fermentation and concentrates on cheese, demonstrating the stability of this substance during the heat treatment and cheese making process. Although a high incidence of monensin was found in the samples, preliminary exposure calculations showed that its intake is well below the Acceptable Daily Intake (ADI) and the concentrations found in pasteurized milk and Minas Frescal cheese do not represent a health risk. This is a new work in the literature that aimed to contribute to a better understanding of the health risks related to the presence of these drugs in the diet and their impacts on the manufacture of dairy products
Subject: Leite
Queijo
Antibióticos
Espectrometria de massa
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Citation: SILVA, Felipe Rodrigues Nogueira. Residues of polyether ionophores in milk and Minas frescal cheese: technological implications and riks to human health = Resíduos de ionóforos poliéteres em leite e queijo Minas frescal : implicações tecnológicas e risco à saúde humana. 2020. 1 recurso online (141 p.) Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:FEA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_FelipeRodriguesNogueira_D.pdf1.81 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.