Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/34486
Type: Artigo de periódico
Title: Efeito de um hidrolisado de proteínas de soro de leite e de seus peptídeos na proteção de lesões ulcerativas da mucosa gástrica de ratos
Title Alternative: Effects of a whey protein concentrate and it's peptides in the protection of ulcerative lesions at rat gastric mucosa
Author: Pacheco, Maria Teresa Bertoldo
Bighetti, Érica
Antônio, Márcia
Carvalho, João Ernesto de
Rosaneli, Caroline Filla
Sgarbieri, Valdemiro Carlos
Abstract: OBJECTIVE: To assess the ability of bovine whey protein hydrolysate and its low molecular weight fraction (molecular weight <1kDa) to protect the gastric mucosa of rats against ulcerative process induced by three different agents. METHODS: Adult Wistar rats were subjected to the indomethacin-induced ulcer (30mg/kg body weigh), absolute ethanol (1ml/animal) and immobilization and cold stress (4(0)C/2h), models. RESULTS: Whey protein hydrolysate was obtained by treatment with pancreatin to a degree of hydrolysis of 20% and fractionated using a tangential flow membrane with a molecular weight cut-off of 1kDa to obtain the fraction containing low molecular weight peptides (<1kDa). In the ethanol-induced acute ulcer model (single dose), whey protein hydrolysate inhibited the gastric lesion index by 65.5% and the double dose resulted in a 77.4% inhibition. CONCLUSION: For the anti-inflammatory model, the cytoprotective effect of low molecular weight peptides was stronger than that of total hydrolysate (53.1 and 71.6%, ulcerative lesion index) for single and double dose, respectively. No mucosa cytoprotective activity was found for whey protein concentrate, whey protein hydrolysate or WPHP in the immobilization and cold stress model.
OBJETIVO: Avaliar a atividade do hidrolisado das proteínas de soro de leite bovino e uma fração de peptídeos de baixo peso molecular (peso molecular <1kDa), na proteção do epitélio da mucosa do estômago de ratos Wistar adultos contra o processo ulcerativo, induzidos por três diferentes agentes. MÉTODOS: Nesse estudo foram utilizados os modelos de indução de úlcera pelo antiinflamatório indometacina (30mg/kg de peso), por etanol absoluto (1ml/animal) e por estresse causado por imobilização e frio (4ºC/2h) em ratos Wistar adultos. RESULTADO: O hidrolisado protéico de soro de leite foi obtido por tratamento com pancreatina, ao grau de hidrólise de 20%, e fracionado em membrana de fluxo tangencial com faixa de corte de 1kDa, para obtenção de uma fração contendo peptídeos de baixo peso molecular denominada peptídeos do hidrolisado protéico de soro (<1kDa). A administração aguda do hidrolisado protéico de soro, de acordo com o modelo etanol, resultou em 65,5% de redução dos índices de lesões ulcerativas, sendo obtida 77,4% de inibição em dose dupla. CONCLUSÃO: O efeito citoprotetor dos peptídeos de baixo peso molecular foi mais elevado para o modelo de indução por antiinflamatório, em relação ao hidrolisado integral, tanto em dose única como em dupla (53,1% e 71,6% de redução dos índices de lesões ulcerativas, respectivamente). Não foi constatada atividade protetora em modelos de úlcera induzidos por estresse.
Subject: hidrolisados de proteínas
peptideos
ratos wistar
úlcera gástrica
protein hydrolysates
peptides
rats
stomach ulcer
Editor: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S1415-52732006000100005
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S1415-52732006000100005
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732006000100005
Date Issue: 1-Feb-2006
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S1415-52732006000100005.pdf263.57 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.