Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/344025
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: O cuidado em saúde ao usuário de álcool e outras drogas : estudo qualitativo sobre a percepção dos profissionais da saúde
Title Alternative: Health care for users of alcohol and other drugs : a qualitative study on the perception of health professionals
Author: Gondinho, Brunna Verna Castro, 1988-
Advisor: Guerra, Luciane Miranda, 1970-
Abstract: Resumo: O cuidado em saúde, entendido por meio do modelo originário do trabalho, é práxis mecanizada, fragmentada e impessoal, condizente ao processo de valorização, no capitalismo. A intensificação do consumo de álcool e outras drogas no mundo e no Brasil, deixa clara a necessidade de estratégias que considerem, além das determinações psíquicas, clínicas, dentre outras; as sociais, portanto ações não restritas ao setor saúde. Assim, o objetivo do estudo 01 foi, por meio de uma metassíntese, sistematizar e analisar evidências levantadas por estudos de natureza qualitativa que abordam a percepção dos profissionais de saúde de todos os níveis de escolaridade sobre o cuidado aos usuários de álcool e outras drogas; enquanto que o do estudo 02 foi, através de um estudo qualitativo desenvolvido em um município de médio porte do estado de São Paulo, desvelar, a partir das concepções desses atores, como se dá o cuidado em saúde aos usuários de álcool e outras drogas na Estratégia Saúde da Família. Utilizou-se a pergunta norteadora para ambos os estudos: como se dá o cuidado em saúde aos usuários de álcool e outras drogas na Estratégia Saúde da Família? Na metassíntese surgiu uma categoria que, a partir de uma leitura marxista e lukacsiana, expõe as contradições de dois modelos explicativos do problema: Modelo médico/doença versus Modelo sociocultural. A literatura aponta para um debate entre os dois modelos, como se um, ao considerar questões comunitárias territoriais fosse superior ao outro que leva em conta as questões biológicas. Entretanto, eles observam o fenômeno em estudo através do recorte biológico, este como elemento separado das bases fundantes da sociedade burguesa. Do material empírico gerado pela pesquisa de campo e após a sua análise pela técnica de conteúdo temático-categorial, emergiram duas categorias por parte dos sujeitos pesquisados: 1) Estigma e Curativismo; 2) Necessidades em Saúde. O desvelar da essência de cada uma delas no interior da atual formação social, aponta que o capital investe em corpos detentores de força de trabalho; que o cuidado em saúde reificado é parte do processo de valorização; bem como que o capitalismo envolve a sociedade em uma lógica de consumo, inclusive por cuidados em saúde, onde os Determinantes Sociais da Saúde (DSS) apresentam-se como partes autônomas da totalidade social. Assim, o cenário encontrado nos estudos é desfecho de um processo sócio histórico, onde as categorias discutidas à luz do referencial teórico adotado são envolvidas pela dinâmica do capitalismo. Esta pesquisa apenas trouxe à tona os entendimentos analisados acerca do objeto de estudo, explorando-os por meio da perspectiva da totalidade social. Espera-se que este debate sirva de subsídio para o aprimoramento do cuidado ao usuário de álcool e outras drogas, bem como auxilie os seus atores no reconhecimento enquanto sujeitos ativos da atual conformação social

Abstract: Health care, understood through the original model of work, is mechanized, fragmented and impersonal praxis, consistent with the process of valorization, in capitalism. The intensification of the consumption of alcohol and other drugs in the world and in Brazil, makes clear the need for strategies that consider, in addition to psychic and clinical determinations, among others; social ones, therefore actions not restricted to the health sector. Thus, the objective of study 01 was, by means of a meta-synthesis, to systematize and analyze evidence raised by studies of a qualitative nature that address the perception of health professionals of all levels of education about the care of users of alcohol and other drugs; while study 02 was, through a qualitative study developed in a medium-sized city in the state of São Paulo, unveiling, based on the concepts of these actors, how health care is provided to users of alcohol and other drugs in Family Health Strategy. The guiding question for both studies was used: how is health care provided to users of alcohol and other drugs in the Family Health Strategy? In the meta-synthesis, a category emerged that, from a Marxist and Lukacsian reading, exposes the contradictions of two explanatory models of the problem: Medical / disease model versus sociocultural model. The literature points to a debate between the two models, as if one, when considering territorial community issues, was superior to the other that takes into account biological issues. However, they observe the phenomenon under study through a biological approach, this as a separate element from the founding bases of bourgeois society. From the empirical material generated by the field research and after its analysis using the thematic-categorical content technique, two categories emerged from the subjects surveyed: 1) Stigma and Curativism; 2) Health Needs. The unveiling of the essence of each one of them within the current social formation, points out that capital invests in bodies with a workforce; that reified health care is part of the recovery process; as well as that capitalism involves society in a logic of consumption, including health care, where the Social Determinants of Health (DSS) present themselves as autonomous parts of the social totality. Thus, the scenario found in the studies is the outcome of a socio-historical process, where the categories discussed in the light of the adopted theoretical framework are involved by the dynamics of capitalism. This research only brought out the analyzed understandings about the object of study, exploring them through the perspective of social totality. It is hoped that this debate will serve as a subsidy for improving care for users of alcohol and other drugs, as well as assisting its actors in recognition as active subjects of the current social conformation
Subject: Assistência à saúde
Capitalismo
Pesquisa qualitativa
Toxicômanos
Trabalho
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: GONDINHO, Brunna Verna Castro. O cuidado em saúde ao usuário de álcool e outras drogas: estudo qualitativo sobre a percepção dos profissionais da saúde . 2020. 1 recurso online ( 62 p.) Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Gondinho_BrunnaVernaCastro_D.pdf1.72 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.