Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/343991
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Análise funcional da emergência do sistema tecnológico de inovação em processamento submarino de petróleo e gás natural
Title Alternative: Functional analysis of the emergence of subsea oil & gas processing technological innovation system
Author: Pereta, Matheus Gonçalves da Silva, 1994-
Advisor: Furtado, André Tosi, 1954-
Abstract: Resumo: Ao longo do século XX, o setor de exploração e produção (E&P) da indústria do petróleo offshore foi capaz de acessar reservatórios em regiões geológicas complexas em águas profundas e ultraprofundas. Os principais desafios tecnológicos dessa fronteira exploratória são o fornecimento de energia necessária para a elevação de hidrocarbonetos; a separação dos fluidos produzidos e o tratamento da contaminação nas linhas de fluxo de produção. O processamento submarino emerge como uma área tecnológica orientada ao desenvolvimento de novas tecnologias que solucionem esses problemas. É esperado que tecnologias impliquem no aumento das taxas de recuperação de petróleo em campos maduros; na redução das emissões de gases poluentes nas operações offshore e na viabilização econômica da produção em reservatórios não-convencionais. Nesse sentido, a presente dissertação analisa o processo de emergência dessas tecnologias, com base na abordagem das funções dos sistemas tecnológicos. A escolha dessa abordagem se justifica por sua ênfase nas atividades relacionadas ao processo de inovação. O principal objetivo desta dissertação de mestrado é analisar o sistema de inovação tecnológico de processamento submarino de petróleo e gás natural entre 1990 e 2019. As questões que nortearam esta pesquisa foram: Qual a influência das funções dos sistemas tecnológicos na formação dos padrões de uso, desenvolvimento e difusão dessas tecnologias emergentes? Quais são as dinâmicas tecnológicas do processo de inovação no nível das funções? Quais são as características da fase do processo de emergência que o processamento submarino de petróleo e gás está situado? A análise empírica se apoia em indicadores de projetos de demonstração, publicações científicas e patentes para medir o desempenho das atividades de inovação relacionadas à emergência do sistema tecnológico. As seguintes premissas orientaram a pesquisa: (i) as interações entre usuários e fornecedores, ou seja, companhias de petróleo e suas fornecedoras são centrais para a inovação na fronteira tecnológica do setor de E&P e (ii) o processamento submarino precisa de projetos em escala industrial para emergir como um novo sistema competitivo. Os resultados validaram esses argumentos, permitindo observar que essas tecnologias emergentes, apesar de apresentarem uma taxa de crescimento relativamente rápida nas últimas três décadas, ainda estão limitadas ao nível do nicho tecnológico. A análise funcional conclui o seguinte: (i) o processamento submarino está sujeito a um processo de diversificação tecnológica; (ii) o sistema tecnológico de inovação em processamento submarino carece de "orientação da busca" e "criação de legitimidade"; conseqüentemente, (iii) essas tecnologias apresentam características de tecnologia pré-emergente, embora a `estimulação submarina¿ e o `aquecimento ativo¿ apresentem trajetórias tecnológicas mais consolidadas. As principais implicações teóricas e políticas desta pesquisa de mestrado são: (i) o uso das funções do sistema tecnológico de inovação para explorar uma tecnologia emergente na indústria do petróleo offshore e (ii) o reconhecimento da necessidade de políticas de ciência, tecnologia e inovação orientadas à identificação de oportunidades tecnológicas na fronteira de conhecimento de setores industriais em que países em desenvolvimento conseguiram alcançar uma posição estratégica, como é o caso da indústria brasileira de petróleo offshore na E&P em águas profundas

Abstract: Throughout the 20th century, the exploration and production (E&P) sector of the offshore oil industry reached reservoirs in complex geological regions in deep and ultra-deep waters. The main technological challenges of this exploratory frontier are the supply of energy required to lift hydrocarbons; the separation of oil and gas from other pumped fluids and, the treatment of contamination in the production flowline. Subsea processing emerges as a technological area aimed to develop new technologies to deal with these problems. These technologies are expected to enhance oil recovery rates in mature fields; to reduce pollutant gas emissions in offshore operations and to economically enable production in non-conventional reservoirs. In this sense, this thesis looks into the process of the emergence of these technologies, based on the functions of technological systems approach. This approach was selected because of its emphasis on the key activities surrounding the innovation process. The main objective of this master¿s thesis is to analyze the subsea oil & gas processing technological innovation system between 1990-2019. The questions that guide this research were: What is the influence of the functions of technological systems in shaping patterns of use, development, and diffusion of these emerging technologies? What are the technological dynamics of the innovation process at the function level? What are the features regarding the phase of the process of emergence that subsea oil & gas processing technologies are situated? The empirical analysis is based on indicators of demonstration projects, scientific publications, and patents to measure the performance of innovation activities related to the emergence of the technological system. The following assumptions guided the research: (i) user-producer interactions among oil companies and their suppliers are central for innovation in the technological frontier of the E&P sector and (ii) subsea processing needs up-scaling projects to emerge as a competitive new system. The results validated these arguments, allowing us to observe that these emerging technologies, despite showing a relatively fast growth rate in the last three decades, are still limited to the technological niche level. The functional analysis concludes: (i) subsea processing is subjected to a process of technological diversification; (ii) the technological innovation system for subsea processing lacks "guide of the search" and "creation of legitimacy", consequently, (iii) subsea processing continues a pre-emergent technology, although `subsea boosting¿ and `active heat¿ technologies shows more mature technological trajectories. The main theoretical and political implications of this master¿s research are: (i) the use of the functions of technological innovation systems theoretical-analytical framework to explore an emerging technology in the offshore oil industry and (ii) cognize the need for science, technology and innovation policies oriented to identify technological opportunities on the knowledge frontier of industrial sectors that developing countries have managed to achieve a strategic importance, such as the Brazilian offshore oil industry in deepwater exploration and production
Subject: Sistema de Inovação
Inovações tecnológicas
Tecnologias emergentes
Indústria petrolífera
Indústria petrolífera - Equipamento e acessórios
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: PERETA, Matheus Gonçalves da Silva. Análise funcional da emergência do sistema tecnológico de inovação em processamento submarino de petróleo e gás natural. 2020. 1 recurso online ( 167 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pereta_MatheusGoncalvesDaSilva_M.pdf3.51 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.