Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/343875
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Pollinator-mediated indirect effects on plant communities : Efeitos indiretos mediados por polinizadores em comunidades de plantas
Title Alternative: Efeitos indiretos mediados por polinizadores em comunidades de plantas
Author: Bergamo, Pedro Joaquim, 1992-
Advisor: Sazima, Marlies, 1944-
Abstract: Resumo: As plantas com flores frequentemente compartilham polinizadores, levando a efeitos indiretos mediados por estes. Apesar de muitos estudos terem avaliado estes efeitos entre pares de espécies de plantas, ainda não é clara a relação entre efeitos indiretos e processos ecológicos ao nível da comunidade. Assim, é incerto que fatores ecológicos determinam a direção dos efeitos indiretos mediados por polinizadores (de competição à facilitação) e como estes efeitos influenciam padrões e processos em comunidades de plantas. Neste sentido, caracterizar a denso-dependência na polinização e incorporar medidas de sucesso reprodutivo podem elucidar como os efeitos indiretos atuam em comunidades de plantas. Avaliamos os efeitos indiretos mediados por polinizadores ao nível da comunidade a partir da denso-dependência coespecífica e heteroespecífica na polinização e suas implicações na coexistência (Capítulo 1) e como esses efeitos indiretos afetam a estrutura e dinâmica (Capítulo 2) de uma comunidade de plantas de campos de altitude. Além disso, desenvolvemos um arcabouço teórico e analítico a partir da teoria de redes ecológicas para estudar efeitos indiretos mediados por polinizadores e o aplicamos à uma comunidade de plantas de dunas mediterrâneas (Capítulo 3) e à flora ornitófila de floresta tropical montana (Capítulo 4). Encontramos denso-dependência negativa (evidenciando competição intraspecífica em espécies abundantes) e facilitação interespecífica principalmente para espécies raras na polinização dos campos de altitude, uma combinação que favorece a coexistência nesta comunidade com baixa atividade de polinizadores. Além disso, especialização, display floral e grupo funcional de polinizador foram características ecológicas importantes que determinaram a direção da denso-dependência e de interações indiretas interespecíficas. Além disso, períodos com alta abundância de flores e baixa diversidade funcional de atributos reprodutivos estavam associados a maior sucesso reprodutivo nos campos de altitude. Estes padrões estruturais da comunidade evidenciam a prevalência de facilitação entre espécies com atributos reprodutivos similares entre si. Contudo, identificamos predominância de competição interespecífica na polinização influenciando o sucesso reprodutivo das plantas nas dunas mediterrâneas e facilitação interespecífica na polinização diminuindo a limitação polínica na flora ornitófila de floresta montana. Nestas duas comunidades os efeitos indiretos foram assimétricos: espécies de plantas generalistas e atrativas atuaram como as que causam os efeitos indiretos, enquanto que espécies especialistas e menos atrativas como as que recebem estes efeitos. Com isso, demonstramos como os efeitos indiretos mediados por polinizadores influenciam padrões e processos em comunidades de plantas. Em conclusão, fornecemos evidências que a polinização é um eixo importante do nicho, mediando interações entre plantas ao nível da comunidade

Abstract: Flowering plants often share pollinators, leading to pollinator-mediated indirect effects. Although several studies have evaluated pollinator-mediated effects between plant species pairs, it is still unclear how indirect effects determine ecological processes at the community-level. It is uncertain which ecological factors determine the direction of the pollinator-mediated indirect effects (from competition to facilitation) and how such effects influence patterns and processes in plant communities. In this context, assessments of density-dependence in pollination and the incorporation of fitness estimates may improve the understanding about how pollinator-mediated indirect effects act on plant communities. We evaluated pollinator-mediated indirect effects at the community-level by characterizing conspecific and heteroespecific density-dependence in pollination and its implications in coexistence (Chapter 1) and how such effects influence the structure and dynamics (Chapter 2) of a tropical highland grassland plant community. We also developed a theoretical and analytical framework using network theory to study pollinator-mediated indirect effects and applied it to a mediterranean dune plant community (Chapter 3) and to an ornithophilous flora of a tropical montane forest Park (Chapter 4). We found negative density-dependence (showing intraspecific competition for abundant plant species) and interspecific facilitation most for rare plant species in pollination of the highland grasslands, a combination that fosters coexistence in this community marked by low pollinator activity. Moreover, ecological factors such as specialization, floral display and pollinator functional group determined the direction of the density-dependence and interspecific indirect interactions. Otherwise, periods with high floral abundance and low functional diversity of reproductive traits were associated with high fitness in the highland grasslands. These structural community patterns highlight the prevalence of facilitation among species with similar reproductive traits. Nevertheless, we identified a predominance of interspecific competition in pollination influencing plant fitness in the mediterranean dunes and interspecific facilitation in pollination alleviating pollen limitation of the ornithophilous floral in the montane forest. The indirect effects were asymmetrical in these two communities: generalized and attractive plant species acted as the ones causing the indirect effects, whereas specialized and less attractive species as the ones receiving such effects. Thereby, we showed how pollinator-mediated indirect effects influence patterns and processes in plant communities. In summary, we provided evidence on how pollination is an important niche axis, mediating plant-plant interactions at the community-level
Subject: Biologia reprodutiva
Campos de altitude
Ecologia de comunidades
Coexistência de espécies
Polinização
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Citation: BERGAMO, Pedro Joaquim. Pollinator-mediated indirect effects on plant communities: Efeitos indiretos mediados por polinizadores em comunidades de plantas. 2020. 1 recurso online ( 252 p.) Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bergamo_PedroJoaquim_D.pdf3.04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.