Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/343531
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Pobreza, mercado de trabalho e políticas sociais no Brasil : evolução de 1992 a 2014
Title Alternative: Poverty, labor market and social policies in Brasil : evolution between 1992 and 2014
Author: Cifuentes Silva, Ricardo Andrés, 1976-
Advisor: Santos, Anselmo Luis dos, 1961-
Abstract: Resumo: Os indicadores de pobreza absoluta, calculados a partir da PNAD/IBGE experimentaram uma queda intensa no período de 2003 a 2014, após um período de estagnação entre os anos de 1992 a 2002. Além disso, os indicadores de distribuição de renda parecem ter também se retraído. Ao comparar os dois períodos percebe-se que a política econômica, a regulação do mercado de trabalho e a configuração de políticas de transferência de renda são sensivelmente diferentes entre eles. O primeiro período é caracterizado por uma política econômica de inspiração neoliberal, com abertura comercial, elevadas taxas de juros e restrição à expansão dos gastos públicos, principalmente na área social. Como resultado tal período se caracterizou pelo baixo crescimento, diminuição do nível de emprego e precarização do mercado de trabalho. Nesse cenário, a proporção da população em situação de pobreza, manteve-se em níveis elevados. O segundo período mostra uma reorientação colocando o Estado como indutor do crescimento econômico, promovendo uma reestruturação no mercado de trabalho, com elevação do emprego, da formalidade e dos salários. Além disso, o governo federal estruturou programas de transferência de renda para um público mais amplo. O resultado foi queda intensa da proporção da população em situação de pobreza e extrema pobreza. Os dados levantados, juntamente com a revisão bibliográfica empregada neste trabalho, indicam que o mercado de trabalho mais estruturado, em um ambiente de crescimento econômico, tem impacto na mobilidade da população em situação de pobreza para o grupo de não pobres. Por outro lado, as transferências de renda, principalmente o Programa Bolsa Família, mostram-se mais efetivas para que a população em situação de extrema-pobreza saia dessa situação, mas não necessariamente supere a situação de pobreza

Abstract: Absolute poverty indicators, calculated from the PNAD / IBGE, experienced a sharp decline in the period 2003 to 2014, after a period of stagnation between 1992 and 2002. In addition, income distribution indicators appear to have also fallen. retracted. Comparing the two periods, it is clear that economic policy, labor market regulation, and the setting of income transfer policies differ significantly between them. The first period is characterized by an economic policy of neoliberal inspiration, with trade openness, high interest rates and restriction to the expansion of public spending, especially in the social area. As a result, this period was characterized by low growth, decreased employment and precarious labor market. In this scenario, the proportion of the population in poverty remained at high levels. The second period shows a reorientation placing the State as an inducer of economic growth, promoting a restructuring in the labor market, with increased employment, formality and wages. In addition, the federal government has structured cash transfer programs for a wider audience. The result was a sharp fall in the proportion of the population in poverty and extreme poverty. The data collected, together with the literature review used in this paper, indicate that the more structured labor market, in an environment of economic growth, has an impact on the mobility of the population in poverty for the non-poor group. On the other hand, cash transfers, especially the Bolsa Família Program, are more effective for the population in extreme poverty to get out of this situation, but not necessarily overcome the poverty situation
Subject: Programa Bolsa Família (Brasil)
Pobreza
Mercado de trabalho
Política social
Renda - Distribuição
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CIFUENTES SILVA, Ricardo Andrés. Pobreza, mercado de trabalho e políticas sociais no Brasil: evolução de 1992 a 2014. 2020. 1 recurso online ( 252 p.) Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
CifuentesSilva_RicardoAndres_D.pdf3.01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.