Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/343518
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Influência da aplicação assistida por corrente elétrica de sistemas adesivos comerciais na interface adesiva : Influence of the electric-current-assisted application of commercial adhesive systems on the adhesive interface
Title Alternative: Influence of the electric-current-assisted application of commercial adhesive systems on the adhesive interface
Author: Bertolo, Marcus Vinícius Loureiro, 1989-
Advisor: Sinhoreti, Mário Alexandre Coelho, 1969-
Abstract: Resumo: O objetivo no estudo foi avaliar a resistência de união e a nanoinfiltração após 24 horas e 1 ano de armazenamento, além do grau de conversão e capacidade de infiltração na dentina de três sistemas adesivos comerciais (convencional, autocondicionante e universal) aplicados sob duas intensidades de corrente elétrica. Dentes molares humanos foram restaurados de acordo com o sistema adesivo (Adper Single Bond 2- SB2, 3M ESPE; Clearfil SE Bond- CSE, Kuraray; e Single Bond Universal- SBU, 3M ESPE) e com a intensidade de aplicação da corrente elétrica (0µA, 25µA ou 50µA). Os blocos de resina composta (Filtek Z250) foram construídos em incrementos de até 2 mm e em seguida os dentes restaurados foram seccionados em palitos de 1x1 mm. As amostras foram armazenadas por 24 horas ou 1 ano para o teste de resistência de união à microtração (MPa) (n=10). Os padrões de fratura foram classificados em adesivo, coesivo em dentina/resina ou misto. Foram selecionados 20 palitos de cada grupo (10 amostras - 24 horas e 10 amostras - 1 ano) para serem imersos em solução de nitrato de prata amoniacal e observadas em microscopia eletrônica de varredura. A quantificação de nitrato de prata na camada híbrida foi realizada somente nas amostras armazenadas por 1 ano por meio do software ImageJ. A penetração dos sistemas adesivos na dentina foi analisada em microscopia confocal de varredura à laser (Leica SP5, Leica Microsystems) (n=1). Por fim, o grau de conversão foi obtido por espectroscopia no infravermelho próximo por transformada de Fourier (n=5). Os dados de resistência de união e % de nanoinfiltração foram submetidos à análise de variância (2-way ANOVA) sendo as médias analisadas pelo teste de Bonferroni (?=0,05). Já os dados de grau de conversão foram submetidos à análise de variância (1-way ANOVA), seguido por Tukey (?=0,05). Observou-se que após 24 horas de armazenamento a corrente elétrica aumentou estatisticamente a RU nos sistemas adesivos SB2 e CSE e, após 1 ano de armazenamento, para os 3 sistemas adesivos testados. Para os sistemas adesivos CSE e SBU não houve diferença estatística significativa entre as amostras armazenadas por 24 horas e 1 ano quando a corrente elétrica foi aplicada. Todas as amostras armazenadas por 1 ano apresentaram maior nanoinfiltração na interface adesiva. A aplicação dos sistemas adesivos sob corrente elétrica reduziu estatisticamente o percentual de nanoinfiltração das amostras armazenadas por 1 ano. Entre os sistemas adesivos, o SB2 apresentou maior percentual de nanoinfiltração, independentemente da intensidade da corrente elétrica usada. A aplicação de corrente elétrica aumentou a capacidade de penetração dos sistemas adesivos SB2 e CSE. O grau de conversão aumentou estatisticamente nos adesivos SB2 e SBU quando foram submetidos à corrente elétrica. Pode-se concluir que a aplicação de sistemas adesivos assistidos por corrente elétrica foi benéfica para a interface adesiva. A intensidade de 25µA já foi suficiente para melhorar as propriedades dos sistemas adesivos

Abstract: The aim in the present study was to evaluate the bond strength and nanoleakage after 24 hours and 1 year of storage, as well as the degree of conversion and dentin infiltration capacity of three commercial adhesive systems (conventional, self-etching and universal) submitted to two electric current intensities. Human molar teeth were restored according to the adhesive system (Adper Single Bond 2- SB2, 3M ESPE; Clearfil SE Bond- CSE, Kuraray; and Single Bond Universal- SBU, 3M ESPE) and the intensity of application of the electric current. (0µA, 25µA or 50µA). The composite resin blocks (Filtek Z250) were built up in increments of up to 2 mm and then the restored teeth were sectioned into 1x1 mm beams. Samples were stored for 24 hours or 1 year before the microtensile bond strength (MPa) test (n=10). Fracture patterns were classified into adhesive, dentin / resin cohesive or mixed. Twenty samples from each group (10 samples - after 24 hours and 10 samples - after 1 year of storage) were selected to be immersed in ammonia silver nitrate solutions and observed by scanning electron microscopy. Silver nitrate quantification in the hybrid layer was performed only on samples stored for 1 year using the ImageJ software. The penetration of the adhesive systems into dentin was analyzed by confocal laser scanning microscopy (Leica SP5, Leica Microsystems) (n=1). The degree of conversion was obtained by near infrared spectroscopy by Fourier transform (n=5). The bond strength and nanoleakage % datas were submitted to 2-way ANOVA and the means were analyzed by Bonferroni test (?=0.05). The degree of conversion data were submitted to 1-way ANOVA and the means were analyzed by Tukey test (?=0.05). After 24 hours of storage, the electric current statistically increased the µTBS for SB2 and CSE and, after 1 year of storage, for the 3 adhesive systems tested. For the adhesive systems CSE and SBU there was no statistically significant difference between the samples stored for 24 hours and 1 year when the electric current was applied. All samples stored for 1 year presented higher amount of nanoleakage in the adhesive interface. The application of adhesives with electric current statistically reduced the percentage of nanoleakage of samples stored for 1 year. Among the adhesive systems, SB2 presented the highest percentage of nanoleakage, regardless of the electric current used. The application of electric current increased the penetration capacity of SB2 and CSE adhesive systems. The degree of conversion increased statistically in the SB2 and SBU adhesives when they were subjected to electric current. It can be concluded that the application of electric assisted adhesive systems is beneficial for the adhesive interface. The 25µA intensity is already sufficient to improve the properties of adhesive systems
Subject: Adesivos dentinários
Materiais dentários
Resistência à tração
Infiltração dentária
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: BERTOLO, Marcus Vinícius Loureiro. Influência da aplicação assistida por corrente elétrica de sistemas adesivos comerciais na interface adesiva: Influence of the electric-current-assisted application of commercial adhesive systems on the adhesive interface . 2020. 1 recurso online (55 p.) Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bertolo_MarcusViniciusLoureiro_D.pdf1.6 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.