Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/343480
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Narrativas do cotidiano (per)formativo : a escrita de cartas como modo de dizer-ser
Title Alternative: Narrativas del cotidiano performativo : la escritura de cartas como modo de decir y ser
Author: Silva, Juliana Vieira da, 1979-
Advisor: Bragança, Inês Ferreira de Souza, 1969-
Abstract: Resumo: Problematizo neste trabalho, a partir de cartas escritas ao longo de minha trajetória docente, sentidos da produção/circulação de relatos de experiências docentes, por meio da escrita de narrativas, como um caminho de pesquisa-formação. Questiono: o olhar para o cotidiano escolar e para as memórias pessoais-profissionais, pode ressignificar as práticas formativas? De que modo a experiência da escrita pode ser tomada como constitutiva do docente em seus cami-nhos de formação? A carta, gênero que implica pessoalidade, uma relação dialógica, de intensa comunicação e transposição de barreiras geográficas, pode ser tomada como dispositivo de (per)formação permanente de professores? A escrita narrativa sempre foi companhia durante a vida pessoal e trajetória profissional da professora-pesquisadora-autora. Inventariar, fazer passar o ar entre os guardados e encontrar as cartas escritas por mim para diferentes destinatários, em diferentes tempos e espaços de formação, em um movimento articulado à escrita do memorial, fundamentado nessas cartas como objetos disparadores de memórias, nos fez perceber, eu e a minha orientadora, que as cartas poderiam ser, ao mesmo tempo que fontes da pesquisa, um material rico em possibilidades de diálogo entre as experiências nos/dos/com os cotidianos escolares e os contextos histórico-político-sociais. Do ponto de vista teórico-metodológico, a escolha por uma pesquisa-formação narrativa (auto)biográfica, que articula durante todo o per-curso as três dimensões: fontes narrativas, o registro e também a forma de produzir conhecimento, vem se delineando como uma forma outra de pesquisar, onde o movimento reflexivo inicial-contínuo-permanente desloca a ênfase da materialidade das fontes propriamente ditas e dos possíveis resultados e/ou respostas, para o percurso (per)formativo dessa dissertação. Os caminhos e (des)caminhos, o roteiro prévio, bem como os desvios da pesquisa, provocaram a reflexividade na/da/com uma prática ressignificada e constituinte do docente-gente que ao narrar-pesquisar, pesquisar-narrar, busca criar um movimento dialógico de reflexão, (per)formação e constituição identitária que revelam e afirmam ou não, um modo de ser-estar na docência. E desse movimento trago algumas lições que apresento nas cartas nove e dez, entre as quais destaco: a escrita é potencialmente um lugar de constituição identitária e memória, forja um modo de ser-estar nosso com os outros, na vida-formação. A carta é um importan-te dispositivo de reflexão, encontro e relações entre pares e grupos. O cotidiano é potencialmente (per)formativo quando o vivido é refletido, escrito, narrado e compartilhado. Narrar as experiências e publicizá-las é um ato ético-político, que nasce no movimento memorialístico, mas que tem um fim no campo da ação, através da tematização de experiências, favorecendo os processos identitários e percursos de autoria através da pesquisa narrativa (auto)biográfica e da escrita docente

Abstract: In this work I problematize the meanings of production/circulation of teaching experiences reports, through the writing of narratives, as a research-formation path. I put in question: can the look at school daily life and personal-professional memories resignify formative practices? How can the experience of writing be taken as constitutive of the teacher in his formation path? Regarding 'research in progress', I have to say that it was already underway, even though I didn't know it had started. Since narrative writing has always been accompanying my personal life and professional career. To inventory, and find the letters written by me to different recipients, in different times and formation degrees, in a movement articulated to the writing of the memorial, based in these letters like memory triggering objects, made us realize, I and my advisor, that the letters could be, at the same time objects of research study, and a rich material in the dialogue between the experiences of school daily life and the historical-political-social contexts. The rereading of the letters and the memorial writing process during the first semester of the Professional Master's Degree overflowed with perspectives of continual (self-)biographical narrative writing, a dialogue between memories, narratives and instituting experiences. From the theoretical-methodological point of view, the choice for a (self-)biographical narrative research, which articulates the three dimensions throughout the journey: data sources, the register and also the way to produce knowledge, has been delineated as a different research form. where the initial-continuous-permanent reflexive movement shifts the emphasis from the materiality of the sources themselves and of the possible results and/or answers, to the (per)formative course of this dissertation. The paths and (mis)paths of this research-formation, the previous script, as well as the deviations, have caused the reflection in/with a re-signified practice and constituent of the teacher-people that when narrating-researching, researching-narrating, create a dialogical movement of reflection, (per)formation and constitution of identity that reveal and affirm or not, a way of being in teaching
Subject: Formação de professores
Experiencias
Cartas
Pesquisa - Narrativas
Autobiografia
Escrita
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SILVA, Juliana Vieira da. Narrativas do cotidiano (per)formativo: a escrita de cartas como modo de dizer-ser. 2020. 1 recurso online (156 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_JulianaVieiraDa_M.pdf3.34 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.