Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/343468
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Síntese e avaliação das características físico-químicas dos biodieseis metílicos e etílicos de óleos de soja, de palmiste, de amêndoa de macaúba e de algas marinhas (Fucus vesiculosus)
Title Alternative: Synthesis and evaluation of physico-chemical characteristics of methylic and ethylic biodiesels from soybean oil, palm kernel oil, macaúba kernel oil and seaweed oil (Fucus vesiculosus)
Author: Lepsch, Letícia Hotz, 1994-
Advisor: Tubino, Matthieu, 1947-
Abstract: Resumo: O biodiesel é um biocombustível obtido por meio de uma reação entre uma fonte de triglicerídeos (TAG) e um álcool de cadeia curta na presença de um catalisador. A reação mais utilizada para a conversão de um TAG em biodiesel é a transesterificação, sendo a abordada neste trabalho a alcalina. Na síntese, o metanol é o álcool mais usado e o catalisador dele derivado, o metóxido de sódio. A fim de tornar a produção de biodiesel independente do petróleo e totalmente de origem agrícola o etanol pode ser utilizado como álcool na transesterificação, assim como o catalisador dele derivado, o etóxido de sódio. Neste trabalho foram sintetizados e analisadas as propriedades físico-químicas de biodieseis derivados de quatro diferentes fontes de TAG: óleo de soja, óleo de palmiste, óleo de amêndoa de macaúba e óleo de alga marinha (Fucus vesiculosus). Além disso, variou-se os parâmetros experimentais como álcool de cadeia curta (metanol e etanol) e o catalisador alcalino (metóxido de sódio e etóxido de sódio), sendo possível estabelecer quatro diferentes condições de síntese: A = metanol-metóxido de sódio, B= metanol-etóxido de sódio, C= etanol-metóxido de sódio e D= etanol-etóxido de sódio. Todas as fontes de TAG utilizadas neste trabalho foram submetidas a estas quatro condições de síntese. Durante a síntese dos biodieseis etílicos, derivados de todas as diferentes fontes de TAG, não foi possível observar nítida separação de fases entre o biodiesel e o glicerol (co-produto reacional), sendo necessário utilizar um método estabelecido por SILVA, W. G., 2015 que consiste em adicionar 1% v/v de água destilada a 60ºC à mistura reacional após a primeira etapa da reação, o que quebra a emulsão proporcionada pelo etanol. Das propriedades físico-químicas, foi possível observar que o teor de éster dos biodieseis não apresentou grandes variações com o tipo de síntese utilizada. Todos os biodieseis etílicos apresentaram teor de água e índice de acidez superiores aos biodieseis metílicos derivados do mesmo óleo. Apenas o biodiesel derivado do óleo de amêndoa de macaúba do tipo D, etanol ¿ etóxido de sódio, não se enquadrou ao limite de teor de água de 250 mg/L. Já os biodieseis etílicos derivados do óleo da algas marinhas foram os únicos que se mantiveram enquadrados ao limite de acidez de 0,5 mgKOH/g estabelecido pela ANP. Além disso, os biodieseis derivados do óleo da alga marinha apresentaram propriedades físico-químicas semelhantes aos biodieseis correspondentes derivados do óleo de soja. O período de indução (PI) dos biodieseis derivados dos óleos de palmiste e de amêndoa de macaúba mostraram-se superiores aos biodieseis correspondentes derivados do óleo de soja. Neste trabalho foi possível obter biodieseis de qualidade semelhante ou superiores aos derivados do óleo de soja utilizando diferentes fontes de TAG e de síntese

Abstract: Biodiesel is a biofuel obtained through a reaction between a source of triglycerides (TAG) and a short-chain alcohol in the presence of a catalyst. The most used reaction to convert a TAG to biodiesel is transesterification, the one addressed in this work being alkaline. In synthesis, methanol is the most used alcohol and the catalyst derived form it, sodium methoxide. In order to make biodiesel production independent from petroleum, ethanol can be used as alcohol in transesterification, as well as the catalyst derived from it, sodium ethoxide. In this work, the physicochemical properties of biodiesels derived from four different sources of TAG were synthesized and analysed: soybean oil, palm kernel oil, macauba kernel oil and seaweed oil (Fucus vesiculosus). In addition, the experimental parameters were varied, such as short-chain alcohol (methanol and ethanol) and the alkaline catalyst (sodium methoxide and sodium ethoxide), making it possible four differente synthesis conditions: A= methanol-sodium methoxide, B= methanol-sodium ethoxide, C= ethanol-sodium methoxide and D= ethanol-sodium ethoxide. All sources of TAG used in this work were submited to these four synthesis conditions. During the synthesis of ethyl biodiesels, derived from all different sources of TAG, it was not possible to observe a clear phase separation between biodiesel and glycerol (reaction co-produtc), being necessary to use a method estabilished by SILVA, W.G., 2015 that consists of adding 1% v/v of distilled water at 60ºC to the reaction mixture after the first stage of the reaction, which breaks the emulsion provided by ethanol. From the physicochemical properties, it was possible to observe that the ester content of the biodiesels did not show great variations with the type of synthesis used. All ethyl biodiesels had a higher water contente and acidity index than methyl biodiesels derived from the same oil. Only biodiesel derived from macauba kernel oil which type was D, ethoxide- sodium ethoxide, had a water content over the limit, 250 mg/L. The ethyl biodiesels derived from seaweeds algae oil were the only ones that remained within the acidity limit of 0,5 mgKOH/g established by ANP. In addition, the biodiesels derived from seaweed oil showed similar physicochemical properties from the corresponding biodiesels derived from soybean oil. The induction period (PI) of the biodiesels derived from palm kernel oil and macauba kernel oil proved to be longer than the corresponding biodiesels derived from soybean oil. In this work it was possible to obtain biodiesels of similar or superior quality to those derived from soybean using different sources of TAG and synthesis
Subject: Biodiesel
Alga marinha
Óleos vegetais
Fucus vesiculosus
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: LEPSCH, Letícia Hotz. Síntese e avaliação das características físico-químicas dos biodieseis metílicos e etílicos de óleos de soja, de palmiste, de amêndoa de macaúba e de algas marinhas (Fucus vesiculosus) . 2020. 1 recurso online ( 132 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Química, Campinas, SP. Disponível em: http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/343468. Acesso em: 19 Jun. 2020.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:IQ - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lepsch_LeticiaHotz_M.pdf1.69 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.