Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/343264
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: A política de ação afirmativa (PAAIS) da Unicamp sob a leitura das teorias críticas de Fraser e Young : representação e participação na universidade (2016-2018)
Title Alternative: Unicamp's affirmative action (PAAIS) under the reading of Fraser and Young's critical theories : representation and participation at university (2016-2018)
Author: Coltro, Isabela da Silva, 1990-
Advisor: Reis, Márcia Lopes 1966-
Abstract: Resumo: O Programa de Ação Afirmativa e Inclusão Social (PAAIS) da Unicamp-SP constitui parte do escopo de discussão sobre as desigualdades de acesso ao ensino superior nos âmbitos teórico, político, sociológico e público, principalmente quando se tratam das políticas públicas para a educação superior. Objeto de disputa nas referidas esferas, as ações afirmativas mobilizam pontos de conflitos entre governo, instituições, movimentos e grupos sociais e outros. Essas são algumas das discussões que constituem o problema de pesquisa dessa dissertação e delimita como objeto de investigação, o contexto de intensos debates sobre a atuação e embasamento do PAAIS, delineados nessa pesquisa nos anos de 2016 a 2018. Assim, o principal objetivo de pesquisa consiste em mapear e identificar quais seriam as demandas, disputas e conflitos dos diferentes atores e grupos na Unicamp em torno do referido programa no período destacado. As teorias de justiça social de Nancy Fraser (1990; 2002; 2003; 2006; 2009; 2011) e Iris Young (2011), portanto, apresentam-se como principal aporte teórico-metodológico para investigação dos espaços e instâncias deliberativos da Unicamp, seu funcionamento e composição no período. O foco analítico está voltado para a representatividade e alcance participativo ¿ no sentido político - que tais grupos possuíam e/ou construíram para constituição de discursos e pautas de discussões destoantes no processo de tomada de decisão que levou a universidade à reestruturação de todo seu quadro de políticas afirmativas vigentes a partir de 2019. A metodologia de investigação, portanto, conta com uma abordagem qualitativa que leva em consideração as experiências e as apreensões desses grupos em seus contextos de disputas (HAGUETTE, 2013) através das condições de constituição de discursos (FOUCAULT, 1986;1995) nas arenas deliberativas desse período. A partir da análise bibliográfica e documental de relatórios de Grupos de Trabalho, portarias e deliberações internas é possível identificar os papéis sociais, os discursos, a organização e as relações de poder e dominação possivelmente presentes. A principal hipótese é de que tais processos constituem demandas por condições de representação e paridade participativa nas estruturas e processos de tomada de decisão da universidade. Isso quer dizer que a forma como as deliberações ocorreram possibilitou que as demandas por acesso à Unicamp tivessem maior alcance institucional como nunca antes visto, possibilitando ampliação representativa desses grupos e colocando-os em posição mais próxima de paridade participativa nas tomadas de decisão da universidade

Abstract: UNICAMP's Affirmative Action and Social Inclusion Program (PAAIS) is part of the scope of discussion on inequalities of access to higher education in the theoretical, political, sociological and public spheres, especially with regard to these public policies in higher education. As an object of dispute in those spheres, affirmative actions mobilize points of conflict between government, institutions, social movements and others. These are some of the questions that built the main investigative problem of this dissertation and delimit as object of investigation, the context of intense debates about the performance and basis of PAAIS, outlined in this research from 2016 to 2018. Thus, the main research objective is to map and identify what would be the demands, disputes and conflicts of the different actors and groups at Unicamp around PAAIS in the highlighted period. The social justice theories from Nancy Fraser (1990; 2002; 2003; 2006; 2009; 2011) and Iris Young (2011), therefore, are presented as the main theoretical and methodological support to investigate Unicamp's spaces and deliberative instances, their operation and composition in the highlighted period. The analytical focus is on the representativeness and participatory reach - in the political sense - that these groups had and /or built for the constitution of discourses and conflicting discussions agenda in the decision-making process that led the university to restructure its entire framework of affirmative policies effective from 2019. Therefore, the research methodology has a qualitative approach that takes into account the experiences and apprehensions of these groups in their contexts of disputes (HAGUETTE, 2013) through the conditions of discourse constitution (FOUCAULT, 1986; 1995) in the deliberative arenas of this period. From the bibliographic and documental analysis of Working Groups¿ reports, ordinances and internal deliberations, it is possible to identify the social roles, discourses, organization, as well as power and domination relations possibly present. The main hypothesis is such dispute processes constitute demands for conditions of representation and participatory parity in the university's decision-making structures and processes. This means that the way in which the deliberations took place enabled the demands for access to Unicamp to have greater institutional reach than ever before, allowing for a representative expansion of these groups and placing them closer to participatory parity in university¿s decision-making
Subject: Fraser, Nancy, 1947-
Young, Iris Marion, 1949-2006
Universidade Estadual de Campinas
Politicas publicas de ação afirmativa
Acesso ao ensino superior
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: COLTRO, Isabela da Silva. A política de ação afirmativa (PAAIS) da Unicamp sob a leitura das teorias críticas de Fraser e Young: representação e participação na universidade (2016-2018). 2020. 1 recurso online (174 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Coltro_IsabelaDaSilva_M.pdf1.94 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.