Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/340695
Type: Artigo
Title: Uso da simulação na capacitação sobre violência no trabalho da enfermagem
Title Alternative: Use of simulation in training on violence in nursing practice
Author: Bordignon, Maiara
Monteiro, Maria Inês
Abstract: Avaliar a aplicabilidade e os resultados do uso da simulação nos processos de capacitação de estudantes e profissionais de enfermagem sobre violência no trabalho. Revisão integrativa da literatura que seguiu recomendações metodológicas para responder à questão: a simulação pode ajudar estudantes e trabalhadores de enfermagem a lidarem com a violência no trabalho? Construiu-se estratégias de busca a partir de operadores booleanos e termos relacionadas à simulação e violência no trabalho, que foram inseridas ao CINAHL, MEDLINE e Proquest Central juntamente com os demais filtros. Dois revisores independentes selecionaram os estudos mediante critérios e houve análise do nível de evidência. Nove estudos foram selecionados e revelaram a flexibilidade da simulação pela possibilidade de utilizá-la com diferentes propósitos em capacitações. Identificou-se nos estudos que houve o uso de recursos variados de simulação, assim como a abordagem de diferentes tópicos de violência. Os cenários com pacientes ou agressores e a violência com origem no paciente foram os mais frequentes. Os estudos indicaram benefícios da simulação, mas nem todos os resultados foram consensuais. A simulação é um recurso com potencial de ajudar estudantes e profi ssionais de enfermagem a lidarem com casos de violência no trabalho, prevenindo sua ocorrência ou reduzindo danos. Os estudos neste tema são recentes e várias necessidades de pesquisa emanam da aliança entre simulação e violência no trabalho, algumas das quais destacadas nesta revisão e que podem orientar a construção de evidências mais robustas
metadata.dc.description.abstractalternative: To evaluate the applicability and results of the use of simulation in nursing students and professionals’ training on violence at work. Integrative review of literature that met methodological guideline to answer the question: can simulation help nursing students and workers understand and deal with workplace violence? It was developed search strategies from Boolean operators and terms related to simulation and violence at work, which were inserted into CINAHL, MEDLINE and ProQuest Central along with the other fi lters. Two independent reviewers selected the studies using criteria and there was an analysis of the level of evidence. Nine studies were selected and showed the fl exibility of the simulation by the possibility of using it with different purposes in training. It was identifi ed in the studies the use of many simulation resources, as well as the approach of different topics of violence. The settings with patients or aggressors and violence starting with the patient were the most frequent. The studies pointed out benefi ts of the simulation, but not all results were consensual. Simulation is a resource capable of helping nursing students and professionals to deal with cases of workplace violence, preventing it to occur or reducing damage. Studies on this topic are recent and several research needs emanate from the alliance between simulation and violence at work, some of which are highlighted in this review and that may guide the gathering of stronger evidence
Subject: Simulação de paciente
Violência
Pessoal de saúde
Enfermagem
Country: Brasil
Editor: EPM/Unifesp
Rights: Aberto
Identifier DOI: 10.1590/1982-0194201900047
Address: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-21002019000300341
Date Issue: Jun-2019
Appears in Collections:FENF - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.