Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/340547
Type: Artigo
Title: Complexidade e criatividade no processo de produção musical em estúdio: uma perspectiva sistêmica
Title Alternative: Complexity and creativity in the studio music production process: a systemic perspective
Author: Rosa, Gilberto Assis
Manzolli, Jonatas
Abstract: Este artigo propõe que o processo de produção musical em estúdio seja investigado em analogia com os sistemas complexos. De natureza colaborativa, suas etapas (planejamento, gravação, edição, mixagem e masterização) podem ser entendidas como subsistemas cujas interações produzem novidades consideradas aqui como propriedades emergentes. A partir da exploração das diferentes etapas do processo de produção musical, dentro de uma perspectiva sistêmica, este artigo coloca em discussão a figura do(a) artista, as funções dos agentes envolvidos, a criatividade e a visão polarizada entre ações técnicas e estéticas dentro do estúdio de gravação. Como resultado, a analogia do processo de produção musical com os sistemas complexos ressaltou a dificuldade em estabelecer distinções entre ações técnicas e artísticas dentro do estúdio, ao mesmo tempo que possibilitou uma abordagem da criatividade, não como algo individualizado, mas como elemento emergente de uma rede intrincada de inter-relações inerente aos processos colaborativos. Concluímos, também, que qualquer ação dentro do estúdio cria um tipo de reação em cadeia cujo impacto no resultado da obra não pode ser premeditado. Assim, o imprevisível surge durante o processo na forma de novidades ou propriedades emergentes, cujas inter-relações e interações com os demais elementos contribuem para a configuração da obra musical
metadata.dc.description.abstractalternative: This article proposes to investigate the process of music production in the recording studio in analogy to complex systems. Given its collaborative nature, the inherent stages of such music production (planning, recording, editing, mixing and mastering) may be understood as a series of subsystems whose interactions produce novelties that are considered here as emergent properties. Therefore, given the different stages of the music production process from a systemic perspective, this article explores the figure of the artist, the roles of the agents involved, and the creativity and interplay between both technical and aesthetic actions within the recording studio. As a result, the analogy of the music production process in terms of complex systems highlighted the difficulty in establishing distinctions between technical and artistic actions within the studio. At the same time, this analogy allowed an approach to creativity, not as something individualized, but as an emergent element of an intricate network of interrelationships inherent to collaborative processes. We conclude that any action within the studio creates a type of chain reaction whose impact cannot premeditate the final outcome of a work. Thus, the unpredictable arises during the process in the form of novelties or emergent properties whose interrelationships and interactions with other elements contribute to the configuration of the musical piece
Subject: Sistemas complexos
Country: Brasil
Editor: Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música
Rights: Aberto
Identifier DOI: 10.20504/opus2019c2503
Address: http://www.anppom.com.br/revista/index.php/opus/article/view/opus2019c2503
Date Issue: 2019
Appears in Collections:NCIS - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000500556100003.pdf266.35 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.