Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/340374
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Concreto modificado com acetato de vinila-etileno (EVA) reforçado com macrofibras de polipropileno
Title Alternative: Vinyl acetate-ethylene (VAE) modified concrete reinforced polypropylene macrofibers
Author: Bomediano, Karen Sorgi, 1992-
Advisor: Gomes, Carlos Eduardo Marmorato, 1971-
Abstract: Resumo: O concreto de cimento Portland quando submetido a esforços de flexão apresenta baixa capacidade de absorção de energia e ruptura frágil. Para aplicações como pisos industriais, esta característica pode implicar em diversas patologias, como por exemplo, elevado grau de fissuração. Neste sentido, é comum o uso de polímeros e fibras para este tipo de concreto com o intuito de melhorar o desempenho do material durante sua vida útil. Dessa forma, o presente trabalho tem como objetivo verificar a influência do copolímero redispersível base acetato de vinila-etileno (EVA) e macrofibras de polipropileno nas propriedades do concreto destinado a pisos industriais. Nas duas etapas do trabalho, foram analisadas as propriedades do estado fresco e endurecido do concreto. Na primeira etapa foi verificada a influência de dois tipos de EVA no concreto (com teor de 12% sobre o peso do cimento) e na sua fase argamassa (com os teores de 1,5%, 3%, 6%, 12% sobre o peso do cimento). O estudo prévio realizado nas argamassas foi com objetivo de analisar, principalmente, o módulo de deformação das mesmas. A adição de polímero no concreto e na argamassa reduz a resistência à compressão e consequentemente o módulo de deformação, proporcionando, assim, melhora na absorção de energia da matriz cimentícia. Além disso, a presença do filme polimérico, evidenciado nas imagens de microscopia óptica e os valores dos resultados de absorção, indicam maior impermeabilidade para o material, aumentando a durabilidade do concreto. Na segunda etapa utilizou-se somente um tipo de EVA, desse modo, foi estudado o concreto reforçado com macrofibras de polipropileno (CRF), o qual foi modificado com o polímero EVA (CMPRF) para analisar as propriedades mecânicas, sendo a tenacidade a principal delas. A adição de EVA no CRF reduz a resistência mecânica e não apresenta incremento significativo na absorção de energia para o CMPRF, no entanto o polímero melhora a trabalhabilidade possibilitando melhor adensamento da mistura e maior dispersão das macrofibras

Abstract: Portland cement concrete when subjected to bending efforts has a low capacity for energy absorption and fragile rupture. For applications such as industrial floors, this characteristic can result in several pathologies, such as, for example, high degree of cracking. In this sense, it is common to add polymers and fibers for this type of concrete in order to improve the material performance during its useful life. The purpose of this work is to verify the influence of the redispersible copolymer based on vinyl acetate ethylene (EVA) and macro polypropylene fibers on the properties of industrial concrete floors. In both stages of the work, were analyzed the properties of the fresh and hardened state of the concrete. In the first stage, the influence of two types of EVA on concrete (with a content of 12% by mass of Portland cement) and on its mortar phase (with contents of 1.5%, 3%, 6%, 12% by mass of Portland cement). The previous study on mortars was aimed at analyzing, mainly, their deformation module. The addition of polymer to the concrete and mortar reduces the compressive strength and also the deformation module that provide an improvement in the energy absorption of the cementitious matrix. The presence of the polymeric film, evidenced in the optical microscopy images and the results of the absorption, indicate greater impermeability for the material increasing its durability. In the second stage only one type of EVA was used, thus, mechanical properties, mainly toughness, of polymer modified concrete reinforced with macro polypropylene fibers (CMPRF) was evaluated. The addition of EVA reduces the mechanical strength of CRF and does not present a significant increase in the energy absorption for the CMPRF, however the polymer improves the workability allowing a better density of the mixture and greater dispersion of the macrofibers
Subject: Fibras
Concreto
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: BOMEDIANO, Karen Sorgi. Concreto modificado com acetato de vinila-etileno (EVA) reforçado com macrofibras de polipropileno. 2020. 1 recurso online (83 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:FEC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bomediano_KarenSorgi_M.pdf3.44 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.