Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/340338
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Desigualdades territoriais e educacionais : estudar lá é melhor do que aqui?
Title Alternative: Territorial and educational inequalities : is studying there better than here?
Author: Lima, William de Mendonça, 1982-
Advisor: Cunha, Jose Marcos Pinto da, 1959-
Abstract: Resumo: A segregação residencial é um fenômeno com múltiplas consequências para as áreas de concentração de pobreza, tais como a concentração espacial de privação de políticas sociais e a consequente precariedade de serviços básicos, entre os quais a educação. Nesse sentido, buscou-se desenvolver uma reflexão sobre as consequências da segregação residencial na oferta dos serviços públicos de educação e seus impactos no desempenho escolar de crianças e adolescentes inseridos nessas localidades na Região Metropolitana da Baixada Santista (RMBS). Entre os principais resultados observou-se uma interface entre as desigualdades territoriais e educacionais, isto é, as áreas de concentração de pobreza são àquelas que concentram as instituições de ensino com os piores resultados de desempenho escolar e maior acúmulo de carências e precariedade de infraestrutura física. Estes resultados foram construídos através de um esforço metodológico de caráter quantitativo e qualitativo, respectivamente, a partir da elaboração de um modelo de regressão linear multinível, técnicas de geoprocessamento e pesquisa de campo com entrevistas individuais e coletivas semiestruturadas. Tais achados corroboram a hipótese levantada por Galster e Killen (1995) de que existem no território variações, tanto objetivas quanto subjetivas, que podem comprometer a trajetória escolar de crianças e adolescentes inseridos em áreas de concentração de pobreza na RMB

Abstract: Residential segregation is a phenomenon with multiple consequences for areas of poverty concentration, such as the spatial concentration of deprivation of social policies and the consequent precariousness of basic services, including education. In this sense, we sought to develop a reflection on the consequences of residential segregation on the provision of public education services and its impacts on the school performance of children in these locations in the Baixada Santista. Among the main results, there was an interface between territorial and educational inequalities, that is, the areas of poverty concentration are those that concentrate educational institutions with the worst outcome of cognitive performance and greater accumulation of deficiencies and precariousness of physical infrastructure. . These results were constructed through a quantitative and qualitative methodological effort, respectively, based on the elaboration of a multilevel regression model, geoprocessing techniques and field research with semi-structured interviews. These findings corroborate the hypothesis raised by Galster and Killen (1995) that there are variations in the territory, both objective and subjective, that may compromise the school trajectory of children and adolescents in areas of poverty concentration in RMBS
Subject: Desempenho escolar
Desigualdades educacionais
Segregação urbana - Baixada Santista, Região Metropolitana da (SP)
Segregação socioespacial
Demografia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: LIMA, William de Mendonça. Desigualdades territoriais e educacionais: estudar lá é melhor do que aqui?. 2020. 1 recurso online (221 p.) Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lima_WilliamDeMendonca_D.pdf1.86 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.