Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/340315
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Aplicação da tributirina no tratamento da obesidade e resistência à insulina associada em modelo experimental : Application of tributyrin in the treatment of obesity and insulin resistance associated in experimental model
Title Alternative: Application of tributyrin in the treatment of obesity and insulin resistance associated in experimental model
Author: Sato, Fabio Takeo, 1983-
Advisor: Vinolo, Marco Aurélio Ramirez, 1982-
Abstract: Resumo: Butirato é um ácido graxo de cadeia curta (AGCC) produzido pela microbiota intestinal a partir das fibras contidas na dieta. O aumento da produção desse metabólito pela ingestão de fibras ou sua suplementação na dieta tem sido associado a prevenção de mudanças metabólicas e inflamatórias associadas à obesidade. Porém, o mecanismo por trás desses efeitos não é totalmente compreendido. Adicionalmente, não está claro se aumentar a disponibilidade de butirato possui algum efeito benéfico em indivíduos já obesos, ou seja, se o mesmo poderia ser empregado no tratamento dessa condição. O presente estudo investigou o efeito de tributirina (Tb), uma pró-droga do butirato, em camundongos obesos e explorou o envolvimento dos receptores de AGCCs, GPR43 e GPR109a, em seus efeitos. Para isso, camundongos foram mantidos em uma dieta hiperlipídica (HFD) por oito semanas e então tratados com Tb (2 g/kg peso corpóreo, três vezes por semana) ou placebo por outras seis semanas. Camundongos obesos tratados com Tb tiveram menor ganho de peso e menor peso no fígado e conteúdo de triglicérides hepático. A redução da glicemia de jejum, melhor tolerância à glicose e diminuição da concentração plasmática de ácidos graxos livres (AGL) também foram observadas. Apesar da ausência de mudança no peso do tecido adiposo epididimal, diminuição do número de macrófagos M1 e da expressão de marcadores inflamatórios (Il-1beta, Mcp-1, F4/80 e Cd11c) foram observadas nos animais tratados com Tb. Experimentos em camundongos knockouts para Gpr43 e Gpr109a indicam que os efeitos benéficos associados ao tratamento com Tb sobre o metabolismo de glicose são dependentes da ativação de GPR109a, mas não do GPR43. Além disso, temos evidência da participação de linfócitos T regulatórios nesse processo. Nossos resultados indicam que Tb atenua, mas não reverte, as mudanças metabólicas e inflamatórias presentes no animal obeso e que a ativação do receptor GPR109a participa desses efeitos

Abstract: Butyrate is a short chain fatty acid (SCFA) produced by the intestinal microbiota from dietary fiber. Increased production of this metabolite by fiber intake or diet supplementation has been associated with a protective effect against the development of metabolic and inflammatory changes associated with obesity. However, the mechanisms underlying these effects are not defined. Additionally, it is not clear whether increasing butyrate availability has any beneficial effect on obese individuals and it could be used in the treatment of this condition. The present study investigated the effect of tributyrin (Tb), a pro-drug of butyrate, on obese mice and explored the involvement of SCFAs receptors, GPR43 and GPR109a, in its effects. For this, mice were kept on high fat diet (HFD) for 8 weeks and then were treated with Tb (2 g/kg b.w., three times a week) or placebo for another 6 weeks. Obese mice treated with Tb had lower weight gain and a decrease in liver weight and hepatic triglycerides content. A reduction of fasting glucose, improvement of glucose tolerance and reduction in plasmatic concentrations of non-esterified fatty acids (NEFA) were also observed. Although no difference in epididymal white adipose tissue weight was observed, a reduction of M1-macrophages numbers and expression of inflammatory markers (Il-1beta, Mcp-1, F4/80 and Cd11c) was present in Tb mice. Experiments in Gpr43 and Gpr109a-deficient mice (Gpr43-/- and Gpr109a-/- mice) indicate that the improvement in glucose metabolism caused by Tb treatment is dependent of GPR109a activation and the underlying mechanism could involve T regulatory cells. Our results indicate that Tb attenuate, but do not revert, metabolic and inflammatory changes present in obese animals through a GPR109a dependent mechanism
Subject: Obesidade
Tributirina
Butiratos
Ácidos graxos de cadeia curta
Resistência à insulina
Language: Inglês
Editor: [s.n.]
Citation: SATO, Fabio Takeo. Aplicação da tributirina no tratamento da obesidade e resistência à insulina associada em modelo experimental : Application of tributyrin in the treatment of obesity and insulin resistance associated in experimental model. 2018. 1 recurso online (74 p.) Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Sato_FabioTakeo_D.pdf15.93 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.