Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/33757
Type: Artigo de periódico
Title: Assentamentos rurais e geração de renda: posição social restringida, recursos socioculturais e mercados
Title Alternative: Rural settlements and income generation: restricted social status, socio-cultural resources and markets
Author: Piccin, Marcos Botton
Abstract: This paper analyses farmers' social status in rural settlements concerning the structure of economic power in Brazilian society and the perspectives of income generation in the context of oligopolized markets. It is argued that, as owners of small productive assets, they are integrated into a social space that tends to establish a simple reproduction of family members working conditions. This context presents some options for implementation of alternatives to income generation that are restricted to the characteristics of the areas where settlements are located and the socio-cultural properties incorporated by the farmers through their social trajectory. The situations discussed in this paper aim to identify not only power relationships, but also their materialization in symbolic systems stemming from historical and structural inequality in Brazilian society. The incorporation of objective and subjective structures by the settlers, expressed in the settlements, constitutes parameters to access and build markets in a different way.
Neste artigo, analisa-se a posição social dos agricultores de assentamentos rurais na estrutura de poderes econômicos da sociedade brasileira e as perspectivas de geração de renda em um contexto de mercados oligopolizados. Argumenta-se que, enquanto proprietários de pequenos patrimônios produtivos, estão condicionados a um espaço social de integração que tende a determinar uma reprodução simples das condições de trabalho dos integrantes da família. Esse contexto indica algumas opções para o lançamento de alternativas de geração de renda, restringidas às características onde os assentamentos se localizam e às propriedades socioculturais incorporadas diferentemente pelos assentados durante suas trajetórias sociais. As situações analisadas procuraram identificar não só as relações de poder, mas também suas materializações nos sistemas simbólicos resultantes da histórica e estrutural desigualdade da sociedade brasileira. A incorporação de estruturas objetivas e subjetivas pelos agricultores-assentados, expressada nos assentamentos, constitui margem para acessar e construir diferentemente os mercados.
Subject: Assentamentos rurais
MST
Construção de mercados
Pequenos patrimônios produtivos
Rural settlements
MST
Market building
Small productive assets
Editor: Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0104-06182012000100005
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-06182012000100005
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-06182012000100005
Date Issue: 1-Apr-2012
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0104-06182012000100005.pdf380.93 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.