Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/337499
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Administração e gestão de projetos de pesquisa e sua contribuição às atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação : estudo de caso da Embrapa = Research Management and Administration and its contribution to research, development and innovation activities: case study of Embrapa
Title Alternative: Research Management and Administration and its contribution to research, development and innovation activities : case study of Embrapa
Author: Oliveira, Fernanda Stringassi de, 1982-
Advisor: Bonacelli, Maria Beatriz Machado, 1962-
Abstract: Resumo: O ambiente complexo e incerto das atividades de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) tende a aumentar os custos de transação relacionados com a Administração e Gestão de Projetos de Pesquisa (AGPP) nas Instituições Públicas de Pesquisa (IPPs), o que consequentemente impacta na sua eficiência em fazer pesquisa e gerar inovação. Devido a aspectos históricos do desenvolvimento econômico e social do país, o progresso técnico-científico nacional está aquém do esperado para uma economia emergente como a do Brasil, refletindo e sendo reflexo do desempenho das atividades de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I). Considerando este contexto, o objetivo geral desta pesquisa é levantar e analisar os desafios e os possíveis resultados da implementação de práticas de AGPP por IPPs brasileiras na busca por mais eficiência na gestão de projetos de PD&I. Para isso, este trabalho realizou uma vasta revisão de literatura sobre o escopo da AGPP, a institucionalização da área no país, metodologias e tipos de estruturas organizacionais adotadas e estudos de caso nacionais e internacionais sobre implantação de escritórios de projetos de pesquisa ou estruturas similares. Para compreensão mais aprofundada da aplicação dos conceitos e exemplos encontrados, foi realizado um estudo de caso na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) sobre como suas unidades estão organizando seus processos e práticas de AGPP. A abordagem metodológica utilizou conceitos da Nova Economia Institucional (NEI), Economia dos Custos de Transação (ECT) e Visão Baseada em Recursos (VBR). Os resultados demonstraram a amplitude do tema de AGPP, que permeia os níveis operacionais, táticos e estratégicos, tanto dentro das IPPs, como nas redes de colaboração e estruturas de governança em que participam. As discussões permeiam os ambientes micro e macro institucionais e destacam o papel das meso-instituições na tradução, implementação e monitoramento do arcabouço normativo da CT&I, formado por órgãos do governo, agências de fomento, associações de profissionais, associações de classe e outros. O estudo apresenta elementos institucionais criados recentemente no país que reforçam o grupo de meso-instituições: o Programa de Treinamento em Implantação de Escritórios Institucionais de Apoio ao Pesquisador da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e a Associação Brasileira de Gestores de Pesquisa. Também fica evidente a transdisciplinaridade do conjunto de conhecimentos envolvidos, a variedade de formas organizacionais e a influência do perfil institucional na estruturação dos processos em AGPP. Demonstra-se como os processos de AGPP estão imbricados com os processos de Gestão da Inovação, e diretamente relacionados à minimização dos custos de transação, ao aumento da eficiência da gestão dos recursos dos projetos de pesquisa e à diferenciação e continuidade da existência da IPP dentro do Sistema Nacional de CT&I. Ainda que IPPs enfrentem dificuldades para construir novas capacidades organizacionais e gerenciais para adaptação de suas rotinas, o estudo de caso encontrou esforço de várias unidades da Embrapa quanto à implementação de práticas e estruturas organizacionais de AGPP, além de investimento em revisão de normas e contratação de capacitações pela empresa, e corroborou a importância de estruturas em AGPP para desonerar os pesquisadores de atividades burocráticas e trazer mais agilidade, eficiência e melhores resultados em PD&I

Abstract: The complex and uncertain environment of Science, Technology and Innovation (ST&I) activities tends to increase transaction costs related to Research Management and Administration (RMA) in Public Research Institutions (PRIs), which consequently impacts on its efficiency in doing research and generating innovation. Due to historical aspects of economic and social development, the national technical-scientific progress is below expectations for an emerging economy such as Brazil, reflecting in the performance of Research, Development and Innovation (RD&I) activities. Considering this context, the general objective of this research is to raise and analyze the challenges and possible results of the implementation of RMA practices by Brazilian PRIs in the search for more efficient management of RD&I projects. To this end, this work undertook a vast literature review on the scope of the RMA, the institutionalization of the area in the country, methodologies and types of organizational structures adopted and national and international case studies on the implementation of research project offices or similar structures. To further understand the application of the concepts and examples found, a case study was conducted at the Brazilian Agricultural Research Corporation (Embrapa) on how their units are organizing their processes and practices. The methodological approach used concepts from New Institutional Economics (NIE), Transaction Cost Economics (TCE) and Resource Based View (RBV). The results demonstrated the extent of the RMA theme, which permeates the operational, tactical and strategic levels, both within the PRIs, and in the collaborative networks and governance structures in which they participate. The discussions permeate the micro and macro institutional environments and highlight the role of meso-institutions in translating, implementing and monitoring the ST&I normative framework, consisting of government agencies, funding agencies, professional associations, class associations and others. The study presents recently created institutional elements in Brazil that reinforce the group of meso-institutions: the Program for Training in the Implementation of Institutional Researcher Offices of the São Paulo State Research Support Foundation (FAPESP) and the Brazilian Research Administration and Management Association (BRAMA). It is also evident the transdisciplinarity of the set of knowledge involved, the variety of organizational forms and the influence of the institutional profile on the structuring of RMA processes. It demonstrates how RMA processes are intertwined with Innovation Management processes, and directly related to minimizing transaction costs, increasing the efficiency of research project resource management and the differentiation and continuity of PRI's existence within of the ST&I National System. Although PRIs face difficulties in building new organizational and managerial capacities to adapt their routines, the case study found efforts by several Embrapa units to implement RMA practices and organizational structures, as well as investing in standards review and training by the company, and corroborated the importance of structures in RMA to relieve researchers of bureaucratic activities and bring more agility, efficiency and better results in RD&I
Subject: Politicas publicas em ciência e tecnologia
Institutos de pesquisa - Administração
Pesquisa e desenvolvimento
Custos de transação
Administração de projetos
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Citation: OLIVEIRA, Fernanda Stringassi de. Administração e gestão de projetos de pesquisa e sua contribuição às atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação: estudo de caso da Embrapa = Research Management and Administration and its contribution to research, development and innovation activities: case study of Embrapa. 2020. 1 recurso online (253 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências, Campinas, SP. Disponível em: http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/337499. Acesso em: 30 Jun. 2020.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_FernandaStringassi_M.pdf12.36 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.