Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/337457
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Avaliação da adesão de dentistas e estudantes de odontologia aos protocolos de controle de infecção na prática da radiologia odontológica : Assessment of the adhesion of dentists and students of dentistry to the protocol of infection control in the practice of oral radiology
Title Alternative: Assessment of the adhesion of dentists and students of dentistry to the protocol of infection control in the practice of oral radiology
Author: Costa, Eliana Dantas da, 1980-
Advisor: Ambrosano, Gláucia Maria Bovi, 1960-
Abstract: Resumo: Nas radiografias intrabucais é frequente o contato com saliva dos pacientes, sendo que a preocupação com a contaminação existe pelo fato da saliva ser um meio condutor dos microrganismos presentes na cavidade bucal. Assim, é importante que os profissionais sigam corretamente os protocolos de controle de infecção para evitar a contaminação cruzada da equipe odontológica e dos pacientes. Entretanto, pouco se conhece sobre a adesão dos dentistas aos protocolos de controle de infecção em Radiologia Odontológica. O objetivo desse estudo foi avaliar a adesão de dentistas e estudantes de Odontologia ao protocolo de controle de infecção na prática de Radiologia Odontológica. Para a realização deste estudo, foram selecionados 2209 participantes, onde 1006 eram dentistas e 1203 eram estudantes de Odontologia, os quais responderam um questionário sobre controle de infecção em radiologia odontológica (QICOR) previamente validado. Esse questionário, era composto por 14 questões de múltipla escolha relacionadas ao controle de infecção e dividido em 9 domínios (lavagem das mãos, luvas, vestimenta, acessórios, receptores radiográficos, proteção/desinfecção do equipamento radiográfico, situações em que as sobre-luvas são utilizadas no equipamento radiográfico/cadeira do paciente e no filme radiográfico, situações em que as sobre-luvas são utilizadas especificamente no sistema radiográfico digital, e limpeza e desinfecção). A partir da mediana dos escores total dos questionários, os participantes foram separados em dois grupos (baixa e alta adesão ao controle de infecção). Utilizou-se modelos de regressão logística para analisar a associação entre a adesão (baixa e alta) e cada variável independente, estimando-se os odds ratios brutos com os respectivos intervalos de 95% de confiança. As variáveis com p<0,20 nas análises individuais foram testadas em modelos de regressão logística múltipla (separadamente para dentistas e estudantes), mantendo-se nos modelos finais as variáveis com p?0,05. Entre os dentistas, as mulheres apresentam 1,41 (IC95%: 1,08-1,84) mais chance de ter maior adesão ao controle da infecção quando comparadas aos homens (p?0,05). Ainda para a amostra de dentistas, não houve associação significativa em relação à idade, tempo de formação em Odontologia, graduação em escola pública ou particular e atuação em clínicas públicas e/ou privadas (p>0,05). Também não houve diferenças entre radiologistas e dentistas de outras especialidades clínicas (p>0,05). Os estudantes do último ano da graduação em Odontologia apresentam 1,70 (IC95%: 1,13-2,57) vezes mais chances de ter menor adesão ao controle da infecção (p?0,05) quando comparados com os estudantes do segundo ano. Além disso, para a amostra de estudantes, não houve associação significativa com relação a sexo, idade e escolas públicas ou privadas (p>0,05). Em conclusão, verificou-se que dentistas do sexo masculino e alunos do último ano do curso de graduação em Odontologia apresentaram menores chance de adesão ao controle de infecção em Radiologia Odontológica

Abstract: In intraoral radiographs, contact with patients' saliva is frequent, and the concern with contamination is due to saliva being a conductive medium of the microorganisms present in the oral cavity. Thus, it is important for dentists to correctly follow infection control protocols to avoid cross-contamination of the dental team and patients. However, little is known about the dentists' adherence to infection control protocols in Oral Radiology. The objective of this study was to assessment the adhesion of dentists and students of the dentistry to the infection control protocol in the practice of Oral Radiology. For this study, 2209 participants were selected, where 1006 were dentists and 1203 were students of the dentistry, who answered a questionnaire about infection control in dental radiology (QICOR) previously validated. This questionnaire was composed of 14 multiple choice questions related to infection control and divided into 9 domains (handwashing, gloves, clothing, accessories, radiographic receivers, protection/disinfection of radiographic equipment, situations where the overgloves are used in the radiographic equipment/patient's chair and radiographic film, situations where the overgloves are used specifically in the digital radiographic system, and cleaning and disinfection). From the median of the total scores of the questionnaires, the participants were separated into two groups (low and high adherence to infection control). Logistic regression models were used to analyze the association between the adhesion (low and high) and each independent variable, estimating the crude odds ratios with the respective 95% confidence intervals. The variables with p <0.20 in the individual analyze were tested in multiple logistic regression models (separately for dentists and students), with the final models having the variables with p?0.05. Among the dentists, women presented 1.41 (95% CI: 1.08-1.84) more chance of greater adherence to infection control when compared with men (p?0.05). Also, for the sample of dentists, there was no significant association with age, time of education in dentistry, an undergraduate degree from a public or private school, and work in public and/or private clinics (p> 0.05). There were also no differences among radiologists and dentists of other clinical specialties (p> 0.05). The students of the last year of the course of the Dentistry presented 1.70 (95% CI: 1.13-2.57) more chances of lower adherence to infection control (p?0, 05) when compared to students of the second year. In addition, for the sample of students, there was no significant association with sex, age, and public or private schools (p>0.05). In conclusion, it was verified that male dentists and students of the last year of the undergraduate course in Dentistry had a lower chance of adherence to infection control in Oral Radiology
Subject: Questionários
Radiologia
Odontologia
Estudantes
Controle de infecções
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Citation: COSTA, Eliana Dantas da. Avaliação da adesão de dentistas e estudantes de odontologia aos protocolos de controle de infecção na prática da radiologia odontológica: Assessment of the adhesion of dentists and students of dentistry to the protocol of infection control in the practice of oral radiology. 2019. 1 recurso online (64 p.) Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/337457. Acesso em: 4 May. 2020.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Costa_ElianaDantasDa_D.pdf1.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.