Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/336473
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Estudo transversal sobre os status da Vitamina D em crianças e adolescentes com esofagite eosinofílica
Title Alternative: Cross-sectional study on Vitamin D status in children and adolescents with eosinophilic esophagitis
Author: Teixeira, Thaís Longo de Morais, 1992-
Advisor: Brandão, Maria Angela Bellomo, 1967-
Abstract: Resumo: Introdução: A vitamina D é um hormônio esteróide solúvel em gordura, essencial para o corpo humano, sua deficiência é um problema de saúde pública global, com alta prevalência em crianças e adolescentes, aparentemente devido a uma combinação de fatores como baixa ingestão de fontes alimentares ricas em vitamina D, baixa absorção e menor exposição ao sol. Crianças alérgicas tendem a apresentar níveis séricos mais baixos do que a população saudável, devido ao importante papel imunomodulador da vitamina D. A esofagite eosinofílica (EoE) é uma doença crônica, histologicamente caracterizada por inflamação predominantemente eosinofílica. As indicações terapêuticas mais comuns são: dietas de eliminação de alérgenos, como leite de vaca, ovo, soja, trigo, amendoim e frutos do mar ou restrições alimentares específicas. Objetivo: Verificar os níveis séricos de vitamina D em crianças e adolescentes com esofagite eosinofílica em dieta de restrição alimentar e analisar sua associação com estado nutricional, consumo de fontes alimentares e exposição ao sol. Métodos: Estudo transversal, que incluiu pacientes de 2 a 18 anos, diagnosticados com esofagite eosinofílica, foi referido como grupo de casos (n = 15), também foi formado um grupo controle (n = 17). Dados epidemiológicos, estado nutricional, dados sobre a ingestão de vitamina D (recuperação alimentar 24 horas e ingestão de fontes alimentares de vitamina D: leite e produtos lácteos, atum e sardinha enlatada, fígado bovino, ovos de galinha) e tempo de exposição solar diária. Foram coletadas amostras para os níveis séricos de vitamina D, onde foram considerados níveis de suficiência> 30 ng / mL, insuficiência de 21 a 30 ng / mL, deficiência <20 ng / mL. Resultados: Houve maior frequência de insuficiência / deficiência de vitamina D no grupo Esofagite Eosinofílica (p = 0,035), mesmo com maior exposição ao sol (p = 0,035). A cor da pele não foi associada a níveis mais baixos de vitamina D nos pacientes estudados. Não foi encontrada diferença no estado nutricional entre os grupos. Conclusões: Níveis insuficientes/deficientes de vitamina D foram mais frequentes em pacientes com esofagite eosinofílica. A exposição adequada ao sol, mesmo em uma região com altos níveis de irradiação solar, parece não ter efeito protetor, reforçando a necessidade de investigar os níveis de vitamina D, oferecer orientação adequada sobre o consumo de fontes alimentares de vitamina D e fornecer tratamento adequado, quando necessário

Abstract: Background: Vitamin D is a fat-soluble steroid hormone, essential for the human body, its deficiency is a global public health problem, with a high prevalence in children and adolescents, apparently due to a combination of factors such as low intake of dietary rich sources Vitamin D, low absorption and less sun exposure. Allergic children tend to have lower serum levels than the healthy population due to the important immunomodulatory role of vitamin D. Eosinophilic esophagitis (EoE) is a chronic disease, histologically characterized by predominantly eosinophilic inflammation. The most common therapeutic indications are allergen elimination diets such as cow's milk, egg, soy, wheat, peanuts and seafood or specific dietary restrictions. Objective: To verify the serum levels of vitamin D in children and adolescents with Eosinophilic Esophagitis in a diet of food restriction, and to analyze its association with nutritional status, consumption of food source and sun exposure. Methods: A cross-sectional study which included patients aged 2 to 18 years, diagnosed with Eosinophilic Esophagitis, were referred to as the case group (n = 15), and a control group (n = 17) was also formed. Epidemiological data, nutritional status, data on vitamin D intake (24-hour food recall and intake of vitamin D food sources: milk and dairy products, canned tuna and sardines, beef liver, chicken eggs) and time of daily sun exposure. Samples were collected for serum vitamin D levels, where sufficiency levels >30 ng/mL, insufficiency 21 to 30 ng/mL, deficiency <20 ng/mL were considered. Results: There was a higher frequency of vitamin D insufficiency/ deficiency in the Eosinophilic Esophagitis group (p= 0.035), even with longer sun exposure (p= 0.035). Skin color was not associated with lower levels of Vitamin D in the patients studied. No difference was found in nutritional status between the groups. Conclusion: Insufficient / deficient levels of vitamin D were more frequent among patients with Eosinophilic Esophagitis. Adequate sun exposure, even in a region with high levels of solar irradiation, appears to have no protective effect, reinforcing the need to investigate vitamin D levels, offer adequate guidance on the consumption of vitamin D food sources and provide appropriate treatment, when required
Subject: Deficiência de vitamina D
Vitamina D
Esofagite eosinofílica
Crianças
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: TEIXEIRA, Thaís Longo de Morais. Estudo transversal sobre os status da Vitamina D em crianças e adolescentes com esofagite eosinofílica. 2019. 1 recurso online (102 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Teixeira_ThaisLongoDeMorais_M.pdf1.04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.