Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/33644
Type: Artigo de periódico
Title: Respostas fisiológicas em adolescentes obesos submetidos à broncoprovocação com solução salina hipertônica
Title Alternative: Physiological responses in obese adolescents submitted to bronchial provocation with hypertonic saline
Author: Cieslak, Fabrício
Lopes, Wendell Arthur
Grande, Antonio José
Kussek, Paulo Cesar
Rosário Filho, Nelson Augusto
Leite, Neiva
Abstract: INTRODUCTION: The bronchial hyperresponsiveness is the response of increased physiological protective mechanisms in the airways of atopic and non-atopic individuals. Furthermore, the magnitude of hyperresponsiveness influences provider submits with the degree of obesity. OBJECTIVE: To evaluate the physiological responses in obese adolescents undergoing bronchial hyperresponsiveness to hypertonic saline. MATERIALS AND METHODS: Cross-sectional and correlation study consisted of 15 obese adolescents of both genders. The diagnosis of asthma was made by clinical history and ISAAC, and obesity as BMI above 95th percentile. We used the bronchial provocation test by hypertonic saline for the assessment of bronchial hyperresponsiveness, considering positive a decrease in forced expiratory volume in one second (FEV1) &gt; 15% of pre-saline and the intensity of bronchial hyperresponsiveness was calculated as the percentage fall maximum of FEV1 (% Fall máxFEV1). We used the independent T or Mann-Whitney U test and Spearman's rho correlation (p < 0.05). RESULTS: There were no significant differences between asthmatics and non-asthmatics for anthropometric, spirometric, lipid and hemodynamic variables. There were positive correlations and significant differences between the % Fall máxFEV1 with BMI (p = 0.040) and BMI Z-score (p = 0.028). There were detected negative correlations with significant differences for Fall máxFEV1 and leukocytes (p = 0.005) and the % Fall máxFEV1 with dehydropiandrosterone sulfate (p = 0.032). CONCLUSION: It can be concluded that obese adolescents have bronchial hyperresponsiveness presented spirometric changes that are associated with systemic inflammation of obesity.
INTRODUÇÃO: A hiper-responsividade brônquica é a resposta do aumento dos mecanismos fisiológicos protetores das vias aéreas em indivíduos atópicos e não atópicos. Além disso, a magnitude da hiperresponsividade aérea apresenta influência conforme o grau de obesidade. OBJETIVO: Avaliar as respostas fisiológicas em adolescentes obesos submetidos a hiper-responsividade brônquica a solução salina hipertônica. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo descritivo, transversal e correlacional composto por 15 adolescentes obesos, de ambos os gêneros. O diagnóstico de asma foi realizado por meio de histórico clínico e questionário ISAAC, e a obesidade pelo IMC acima do percentil 95. Utilizou-se o teste de broncoprovocação por solução salina hipertônica para avaliação da hiper-responsividade brônquica, considerando positiva uma diminuição do volume expiratório forçado no primeiro segundo (VEF1) &gt; 15% do valor pré-solução salina e a intensidade da hiper-responsividade brônquica foi calculada pela queda percentual máxima do VEF1 (% Queda máxVEF1). Foram utilizados o teste t independente ou U de Mann-Whitney e a correlação de Spearman rho (p < 0,05). RESULTADOS: Não foram encontradas diferenças significativas entre os asmáticos e não asmáticos para as variáveis antropométricas, espirométricas, lipídicas e hemodinâmicas. Verificaram-se moderadas correlações positivas e diferenças significativas entre o % Queda máxVEF1 com o IMC (p = 0,040) e IMC escore-Z (p = 0,028). Foram detectadas correlações negativas e diferenças significativas para a Queda máxVEF1 e leucócitos (p = 0,005) e para o % Queda máxVEF1 com o sulfato de dehidropiandrosterona (p = 0,032). CONCLUSÃO: Pode-se concluir que os adolescentes obesos submetidos a hiper-responsividade brônquica apresentam alterações espirométricas que estão associadas às inflamações sistêmicas da obesidade.
Subject: Adolescentes
Testes de provocação brônquica
Obesidade
Adolescents
Bronchial provocation tests
Obesity
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Paraná
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0103-51502013000200003
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-51502013000200003
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502013000200003
Date Issue: 1-Jun-2013
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0103-51502013000200003.pdf654.64 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.