Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/336133
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Adiposidade e história familiar de diabetes tipo 2 em uma população de adolescentes miscigenados : associações com sensibilidade à insulina, função de célula beta e extração hepática de insulina no estudo BRAMS (Brazilian Metabolic Syndrome Study)  
Title Alternative: Adiposity and family history of type 2 diabetes in a admixed population of adolescents : associations with insulin sensitivity, beta-cell function, and hepatic insulin extraction in BRAMS study
Author: Camilo, Daniella Fernandes, 1981-
Advisor: Geloneze Neto, Bruno
Abstract: Resumo: Adiposidade e história familiar de diabetes tipo 2 em uma população de adolescentes misturados: associações com sensibilidade à insulina, função de células beta e extração hepática de insulina no estudo Brazilian Metabolic Syndrome Study (BRAMS). Introdução e Objetivos: A resistência à insulina e a disfunção de células beta têm manifestações diferentes entre os grupos raciais / étnicos e há falta de conhecimento sobre a fisiopatologia do diabetes mellitus tipo 2 (DM2) em adolescentes com etnia mista. O objetivo deste estudo foi investigar a influência da adiposidade e história familiar no DM2 sobre aspectos da sensibilidade à insulina, função das células beta e extração hepática de insulina em adolescentes brasileiros. Métodos: foram avaliados 82 adolescentes normoglicêmicos. A HF positiva do DM2 foi definida como a presença de pelo menos um familiar com DM2. O teste de clamp hiperglicêmico consistiu em um protocolo de 120 minutos. A secreção de insulina e a função das células beta foram obtidas a partir da deconvolução do peptídeo-C. Análise de covariância considerada estágio puberal como covariável. Resultados: Tanto os adolescentes magros quanto os com sobrepeso / obesidade apresentaram perfil glicêmico e índice de disposição semelhantes. Adolescentes com sobrepeso / obesidade tinham cerca de 1/3 da sensibilidade à insulina de adolescentes magros (1,1 ± 0,2 vs. 3,4 ± 0,3 mg.kg.min.pmol * 1000), o que foi compensado por um aumento de 2,5 vezes na basal (130 ± 7 x 52 ± 10 pmol.l.min) e secreção total de insulina (130091 ± 12230 vs. 59010 ± 17522 pmol.l.min) e na primeira e segunda fases da secreção de insulina; respectivamente (p <0,001). Esse aumento foi acompanhado por uma redução na extração de insulina hepática de 35% e aumento na sensibilidade à glicose da célula beta em 2,7 vezes; p <0,05. A HF positiva do DM2 não foi associada a transtornos na sensibilidade à insulina, na função das células beta e na extração hepática de insulina. Conclusões: em uma amostra misturada de adolescentes, o teste do clamp hiperglicêmico demonstrou forte influência da adiposidade e ausência de influência direta da HF do DM2 em diferentes aspectos do metabolismo da glicose

Abstract: Adiposity and Family History of Type 2 Diabetes in an Admixed Population of Adolescents: associations with insulin sensitivity, beta-cell function and hepatic insulin extraction in the Brazilian Metabolic Syndrome Study (BRAMS). Abstract Aims: Insulin resistance and beta-cell dysfunction have different manifestations across racial/ethnic groups and there is lack of knowledge regarding the pathophysiology of type 2 diabetes mellitus (T2DM) for ethnic admixed adolescents. This study aimed to investigate the influence of adiposity and family history (FH) of T2DM on aspects of insulin sensitivity, beta-cell function and hepatic extraction of insulin in Brazilian adolescents. Methods: 82 normoglycemic adolescents were assessed. The positive HF of T2DM was defined as the presence of at least one known family member with T2DM. Hyperglycemic clamp test consisted of a 120-min protocol. Insulin secretion and beta-cell function were obtained from C-peptide deconvolution. Analysis of covariance considered pubertal stage as covariate. Results: Both lean and overweight/obese adolescents had similar glycemic profile and disposition index. Overweight/obese adolescents had about 1/3 of the insulin sensitivity of lean adolescents (1.1±0.2 vs. 3.4±0.3 mg.kg.min.pmol*1000), which was compensated by an increase around 2.5 times in basal (130±7 vs. 52±10 pmol.l.min) and total insulin secretion (130091±12230 vs. 59010±17522 pmol.l.min), and in first and second phases of insulin secretion; respectively (p<0.001). This increase was accompanied by a mean reduction in hepatic insulin extraction of 35%, and an increase in beta-cell glucose sensitivity by 2.7 times; p<0.05. The positive HF of T2DM was not associated with derangements in insulin sensitivity, beta-cells function and hepatic insulin extraction. Conclusions: in an admixed sample of adolescents, the hyperglycemic clamp test demonstrated a strong influence of adiposity and no direct influence of HF of T2DM in different aspects of glucose metabolism
Subject: Técnica Clamp de glucose
Resistência à insulina
Insulina - Secreção
Estudos in vivo
Adolescentes
Hereditariedade
Obesidade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CAMILO, Daniella Fernandes. Adiposidade e história familiar de diabetes tipo 2 em uma população de adolescentes miscigenados: associações com sensibilidade à insulina, função de célula beta e extração hepática de insulina no estudo BRAMS (Brazilian Metabolic Syndrome Study)  . 2019. 1 recurso online (98 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Camilo_DaniellaFernandes_D.pdf1.82 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.