Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/335735
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Do texto ao desenho : uma sistematização de documentos históricos não-gráficos no estudo da morfologia urbana: cartas de data de terra de Campinas/SP (1815-1859)
Title Alternative: From text to design : a systematization of non-graphic historical documents in the study of urban morphology: Cartas de data de terra from Campinas/SP (1815-1859)
Author: Corrêa, Rodolpho Henrique, 1990-
Advisor: Pina, Silvia Aparecida Mikami Gonçalves, 1960-
Abstract: Resumo: O alto grau de complexidade das cidades está associado à grande variedade de fatores, agentes, interesses, condições materiais e sociais que agem, sobre e em conjunto, ao ambiente transformando-o continuamente. A forma urbana é o resultado mais visível e perene dessas interações e a morfologia urbana o campo de estudo que se dedica à sua investigação. Um aspecto central para o estudo da morfologia urbana de uma região é o entendimento de como se deu sua ocupação e seu desenvolvimento. Tais estudos normalmente fazem uso de registros gráficos tais como mapas, plantas e bases cadastrais. Entretanto, nem sempre é possível dispor deste tipo de material, em especial no caso de cidades com ocupação antiga, pouco documentadas ou sem mapeamentos conhecidos. Diante disto, o objetivo desta pesquisa é identificar a possibilidade de utilização de registros não-gráficos e de documentos oficiais, a partir do desenvolvimento e apresentação de um método proposto para o estudo de caso das Cartas de Datas de Terra da cidade de Campinas, entre 1815 e 1859. Trata-se de pesquisa exploratória e documental, valendo-se da análise das Cartas de Data de Terra, documentos manuscritos que registram os processos pelos quais as Câmaras Municipais no período colonial e imperial concediam terras dos rossios, dando forma e organizando a formação e crescimento das Vilas. O estudo apresenta uma proposta metodológica para a utilização de documentos não-gráficos para a produção de cartografias que supram a ausência de material gráfico contemporâneo ao desenvolvimento inicial das cidades, a partir do estudo de caso. A investigação se concentra em analisar as características gerais do sítio em que se deu a fundação da cidade, sua passagem para ambiente urbanizado e a morfologia urbana resultante. Os resultados obtidos indicam a viabilidade de se sistematizar e analisar os documentos de forma a localizar temporal e espacialmente os dados contidos nos registros escritos, contribuindo para o entendimento da evolução da morfologia urbana das cidades de matriz luso-brasileiras; das possibilidades e limitações do uso de registros não-gráficos no estudo da morfologia urbana; da dinâmica de ocupação do território pelo conjunto edificado e das permanências e apagamentos da estrutura urbana originária na morfologia atual

Abstract: The high complexity level of cities is linked to a great variety of factors, agents, interests, material and social conditions that acts, on and jointly with the environment, transforming it continuously. The urban form is the mostly visible and lasting of these interactions, and the urban morphology is the field dedicated to investigate it. The central point of the study of the urban morphology of a region is the understanding of how its occupation and its development took place. These studies usually make use of graphic records such as maps, plans and data basis; however, it is not always possible to gather this type of material, especially in the case of old cities, poorly documented or without known mappings. Therefore, this present work seeks to identify the possibilities of using non-graphic records and official documents, from the development and presentation of the method used in a case study of the data from "Cartas de Datas de Terra" of the city of Campinas, from 1815 to 1859. This is an experimental and investigatory research, using the analysis of Cartas de Datas de Terra, which are manuscript documents that register the processes by which the city councils in the colonial and imperial periods granted Rossio (common fields) lands, giving shape and organizing the formation and growing of Villages. This study offers a methodological proposal to use non-graphic documents in order to produce a cartography that supplies the absence of contemporary graphic material for the initial development of these cities, stemmed from this case study. The investigation concentrates on analyzing the general characteristic of the place where the foundation of the city occurred, the transition to the urban environment and the resulting urban morphology. The results hitherto obtained indicate the viability of systematizing and of analyzing the documents in order to locate the data contained in the records in a temporal and in a spatial manner, helping with the understanding and the evolution of the urban morphology of cities with a Portuguese-Brazilian matrix; of the possibilities and limitations of the use of non-graphic registers to study urban morphology; of the land occupation dynamic by the edified range, and of the permanences and deletion of the original urban structure in the current morphology
Subject: Urbanização
Planejamento urbano
Cidades e vilas
Cartografia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CORRÊA, Rodolpho Henrique. Do texto ao desenho: uma sistematização de documentos históricos não-gráficos no estudo da morfologia urbana: cartas de data de terra de Campinas/SP (1815-1859). 2019. 1 recurso online (278 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, Campinas, SP. Disponível em: http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/335735. Acesso em: 14 Jul. 2020.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:FEC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Correa_RodolphoHenrique_M.pdf42.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.