Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/335607
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Sintomas osteomusculares, fatores psicossociais e capacidade para o trabalho no contexto do processo judicial eletrônico (PJe)
Title Alternative: Musculoskeletal symptoms, psychosocial factors and work ability in the context of eletronic judicial process (PJe)
Author: Kadri Filho, Fauzi El, 1981-
Advisor: São-João, Thaís Moreira, 1981-
Abstract: Resumo: As transformações pelas quais o judiciário trabalhista brasileiro passou nos últimos anos envolveram não apenas a informatização dos processos de trabalho, mas também um aumento de demanda e um controle mais rigoroso por meio de metas de produtividade. O processo judicial agora é totalmente disponibilizado em meio eletrônico e as tarefas relativas aos atos processuais passaram a ser feitas exclusivamente por meio do uso do computador. Neste contexto, este estudo teve como objetivo avaliar a ocorrência e as relações entre variáveis demográficas e ocupacionais, sintomas osteomusculares, fatores psicossociais e a capacidade para o trabalho em servidores de um órgão desta justiça especializada. A amostra foi composta por 449 servidores, que forneceram informações demográficas e ocupacionais e responderam ao Questionário Nórdico de Sintomas Osteomusculares (QNSO), à versão Brasileira do Health and Safety Executive ¿ Indicator Tool (HSE-IT) e ao Índice de Capacidade para o Trabalho (ICT). Os dados foram analisados de forma descritiva e as relações entre as variáveis foram avaliadas por meio do coeficiente de correlação de Spearman, teste de Mann-Whitney e modelos de regressão linear múltipla. A ocorrência de sintomas nos últimos 12 meses foi maior em punhos/mãos (62,4%), ombros (62,1%) e pescoço (60,4%), enquanto nos últimos sete dias foi maior em pescoço (29,8%), ombros (29,4%) e punhos/mãos (29,2%). As dimensões psicossociais que apresentaram os piores resultados foram "demandas" (3,3(0,7)) e "controle" (3,6(0,7)), enquanto a média do ICT da amostra foi de 38,7(6,4). As somatórias dos segmentos corporais com queixas das quatro questões do QNSO foram significantemente maiores entre as mulheres, que também apresentaram piores resultados de ICT, enquanto não houve diferença de acordo com o sexo para nenhuma das dimensões psicossociais. A carga horária média diária com o uso do PJe apresentou correlação significante positiva de fraca magnitude com a somatória dos problemas em segmentos corporais que geraram impedimentos e consultas nos últimos 12 meses, do QNSO; e negativa com a dimensão de "controle" do HSE-IT. Analisadas de acordo com o sexo, essas correlações foram observadas apenas entre as mulheres. As dimensões de "apoio dos colegas", "demandas" e "controle" do HSE-IT apresentaram as correlações mais importantes com problemas osteomusculares, os quais apresentaram correlação significante de moderada magnitude com o ICT. O modelo de regressão linear múltipla apontou a variável sexo e as dimensões "controle" e "apoio dos colegas" como relacionados à ocorrência de sintomas nos últimos 12 meses e nos últimos sete dias. No modelo em que o ICT foi a variável dependente, a idade, o sexo, as dimensões de "relacionamentos" e "cargo", assim como as somatórias dos segmentos corporais com queixas das quatro questões do QNSO, foram relacionados à capacidade para o trabalho. Esses resultados sugerem que a ocorrência de sintomas osteomusculares foi relacionada não só a características individuais e aspectos físicos do trabalho informatizado, mas também a fatores psicossociais ocupacionais, apresentando relação com a capacidade para o trabalho dos servidores

Abstract: The changes that the Brazilian labor court has been submitted to in recent years have involved not only the computerization of work processes, but also an increase in demand and a more rigorous control through productivity goals. The judicial process is now fully available in electronic form and the tasks related to procedural acts are made exclusively through the use of the computer. In this context, the aim of this study was to evaluate the occurrence and relations between demographic and occupational variables, musculoskeletal symptoms, psychosocial factors and work ability on the employees of an institution of this specialized court. The sample was composed by 449 employees and data on demographic and occupational information were gathered. The Brazilian version of the Nordic Musculoskeletal Questionnaire (NMQ), the Brazilian version of the Health and Safety Executive ¿ Indicator Tool (HSE-IT) and the Brazilian version of the Work Ability Index (WAI) were applied through interview. Data were submitted to descriptive analysis and the relations between the variables were evaluated with the Spearman correlation coefficient, Mann-Whitney test and multiple linear regression models. The occurrence of symptoms in the last 12 months was higher in wrists/hands (62.4%), shoulders (62.1%) and neck (60.4%), while in the last seven days it was higher in neck (29.8%), shoulders (29.4%) and wrists/hands (29.2%). The HSE-IT dimensions that showed the worst results were "demands" (3.3(0.7)) and "control" (3.6(0.7)), while the mean of the ICT of the sample was 38.7(6.4). The number of the body segments with complaints of the four NMQ questions showed significantly higher results among women compared to men and the WAI showed worse results, while there was no difference between gender in any of the psychosocial dimensions. The average daily workload with the use of the PJe showed a positive but weak correlation with the number of the problems in the body segments that generated impairments and clinical consultations in the last 12 months and negative with the "control" dimension from the HSE-IT. Analyzed by gender, these correlations were observed only in females. The dimensions of "peer support", "demands" and "control" showed the most important significant correlations with musculoskeletal symptoms, which showed a moderate negative correlation with the ICT result. The multiple linear regression model pointed to the gender variable and the dimensions "control" and "peer support" as related to the occurrence of symptoms in the last 12 months and in the last seven days. In the model in which ICT was the dependent variable, age, gender, "relationship" and "role" dimensions, as well as the number of the body segments with complaints of the four QNSO questions, were related to the work ability. These findings suggest that the occurrence of musculoskeletal symptoms was related not only to the individual characteristics and physical aspects of the computerized work, but also to occupational psychosocial factors, showing relation with the work ability
Subject: Saúde do trabalhador
Dor musculoesquelética
Esgotamento profissional
Avaliação da capacidade de trabalho
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: KADRI FILHO, Fauzi El. Sintomas osteomusculares, fatores psicossociais e capacidade para o trabalho no contexto do processo judicial eletrônico (PJe). 2018. 1 recurso online (108 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Enfermagem, Campinas, SP.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:FENF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
KadriFilho_FauziEl_M.pdf8.98 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.