Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/335274
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Território epistemológico da geografia física brasileira contemporânea
Title Alternative: Epistemological territory of contemporary brazilian physical geography
Author: Nunes, Jacy Bandeira Almeida, 1966-
Advisor: Vitte, Antonio Carlos, 1962-
Abstract: Resumo: Este estudo teve como objetivo geral compreender a evolução e o território epistemológico da Geografia Física contemporânea no país, tomando como referência empírica as produções intelectuais dos coletivos sócio técnicos, e, a expectativa de construir uma proposta conceitual para o construto Território Epistemológico. Parte das premissas: I) as produções intelectuais (documentos) disponíveis no ciberespaço são práticas discursivas que refletem o cognitivo e o social; II) os coletivos sócio técnicos são os programas de pós-graduação em Geografia ¿ PPGGs; II) o Território Epistemológico é o campo ou a arena de domínio filosófico, histórico, político, social e cognitivo que configura a dinâmica científica de um saber ou campo disciplinar. Defende a tese que o território epistemológico de um campo científico é produto das múltiplas contingências que repercutem na evolução epistemológica de um saber, através das mudanças evolutivas oriundas das interações históricas, sociais e cognitivas. Utiliza como argumento principal que o período que corresponde à contemporaneidade, referente aos últimos 50 anos, é marcado por múltiplas contingências na atividade científica, dentre elas a desqualificação ontológica, a desconfiguração axiológica, a desestabilização epistemológica e a diversidade metodológica, que, associadas à nova ordem social em rede da "Modernidade reflexiva", afetam as tradições de pesquisa e implicou na Ressignificação Científica. Ressignificação proveniente das mudanças evolutivas, as quais afetam e afetaram os modos explicativos e interpretativos, as formas de produzir o conhecimento científico, as concepções, conceitos, propósitos e valores imbricados nas práticas discursivas que estruturam a episteme e na evolução epistemológica da Geografia. O desenho metodológico, à luz dos fundamentos teóricos e metodológicos da perspectiva epistemológica construcionista e da Arqueologia do Saber, articula elementos da Análise de Documentos e da Análise do Discurso, a partir da interlocução com os fragmentos das produções intelectuais (artigos, ensaios, teses e dissertações), disponíveis no ciberespaço. Os percursos da investigação trilhados configuraram-se por meio de três caminhos sucessivos, complementares, articulados e, conforme as necessidades, oriundas da busca digital por documentos dos autores e dos coletivos sócio técnicos. Concebe os documentos de domínio público como produções intelectuais dos programas de pós-graduação em Geografia, e disponíveis nas plataformas digitais oficiais, tais como: plataforma lattes, catálogo de teses e dissertações da Capes

Abstract: This study aimed to understand the evolution and epistemological territory of contemporary Physical Geography in Brazil, taking as empirical reference the intellectual productions of socio-technical collectives, and the expectation of constructing a conceptual proposal for the Epistemological Territory construct. Part of the premises: I) the intellectual productions (documents) available in cyberspace are discursive practices that reflect the cognitive and the social; II) the socio-technical collectives are the postgraduate programs in Geography - PPGG; II) the Epistemological Territory is the field of philosophical, historical, political, social and cognitive domain that configures the scientific dynamics of a knowledge or disciplinary field. The thesis defends that the epistemological territory of a scientific field is the product of the multiple contingencies that affect the epistemological evolution of knowledge, through the evolutionary changes arising from historical, social and cognitive interactions. It uses as its main argument that the period that corresponds to contemporaneity, referring to the last 50 years, is marked by multiple contingencies in scientific activity, including ontological disqualification, axiological deconfiguration, epistemological destabilization and methodological diversity, which, associated to the new networked social order of "Reflective Modernity", affect the research traditions and implied the Scientific Reframing. Reframing from evolutionary changes, which affect and affected the explanatory and interpretative modes, the ways of producing scientific knowledge, the conceptions, concepts, purposes and values imbricated in the discursive practices that structure the episteme and in the epistemological evolution of Geography. The methodological design, from the theoretical and methodological foundations of the constructionist epistemological perspective and the Archeology of Knowledge, articulates elements of Document Analysis and Discourse Analysis, from the dialogue with the fragments of intellectual productions (articles, essays, theses and dissertations), available in cyberspace. The routes of the research were configured through three successive, complementary, articulated paths and derived from the digital search for documents by the authors and the socio-technical collectives. It conceives public domain documents as intellectual productions of postgraduate programs in geography, and available on official digital platforms such as: lattes platform, catalog of theses and dissertations by Capes
Subject: Territórios
Geografia física
Epistemologia (Teoria do conhecimento)
Pós-graduação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: NUNES, Jacy Bandeira Almeida. Território epistemológico da geografia física brasileira contemporânea. 2019. 1 recurso online (184 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências, Campinas, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Nunes_JacyBandeiraAlmeida_D.pdf3.12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.