Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/335239
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Avaliação da função vascular e biomarcadores cardio-metabólicos em mulheres e homens de meia-idade com diabetes mellitus tipo II
Title Alternative: Evaluation of vascular function and cardio-metabolic biomarkers in middle-aged women and men with type II diabetes mellitus
Author: Jarrete, Aline Pincerato, 1990-
Advisor: Delbin, Maria Andréia, 1982-
Abstract: Resumo: As complicações vasculares associadas ao diabetes mellitus (DM), tanto micro quanto macrovasculares, estão entre as mais sérias manifestações da doença, representando a principal causa de morte na população diabética. Embora tais complicações sejam comuns em ambos os sexos, alguns estudos têm destacado que o DM parece ser maior fator de risco cardiovascular para as mulheres. Nesse contexto, nenhum estudo até o momento, avaliou se o DM tipo 2 (DM2) exerce efeitos similares sobre a função vascular e sobre biomarcadores cardio-metabólicos em mulheres e homens de meia-idade, sendo este, portanto o objetivo do presente estudo. Seguindo os critérios de inclusão previamente determinados, foram formados quatro grupos distintos: mulheres na pós-menopausa (MC=16), mulheres diabéticas na pós-menopausa (MD=15), homens de meia-idade (HC=15), homens diabéticos de meia-idade (HD=14). Em uma primeira visita, após jejum noturno, foram mensurados os parâmetros antropométricos, a pressão arterial e a função microvascular, esta última avaliada pela técnica da tonometria arterial periférica, através do equipamento EndoPAT 2000 (Itamar Medical®, Israel). Em uma segunda visita, após jejum noturno de 12 horas, foi realizada uma coleta sanguínea para quantificação dos parâmetros bioquímicos circulantes: perfil lipídico e glicêmico, estradiol, creatinina, adiponectina, fator de necrose tumoral alfa (TNF-ß), proteína C-reativa (PCR), carboximetil-lisina (CML), fator de crescimento tecidual beta (TGF-ß), nitrito/nitrato (NOx-) e interleucinas (IL-1ß, IL-6, IL-10 e IL-17). Anova two-way foi aplicada como análise estatística. Não foram observadas diferenças significativas na idade entre os grupos. O tempo médio de diagnóstico do DM2 foi similar entre os grupos MD e HD (7,5 ± 1,3 e 9,6 ± 2,3, respectivamente). Os grupos diabéticos apresentaram maior glicemia e hemoglobina glicada (HbA1c) em comparação aos seus respectivos grupos controles. Além disso, a glicemia do grupo HD foi significativamente maior relação ao MD. Nenhuma diferença foi observada nos valores de insulina. O grupo MD apresentou maior índice de massa corporal (IMC), circunferência abdominal e relação cintura-quadril em relação ao grupo MC. Surpreendentemente, o grupo MD apresentou um perfil lipídico menos aterogênico em comparação ao grupo MC, com menores concentrações de colesterol total, LDL-C e não HDL. Somente a pressão arterial diastólica foi significativamente maior no grupo HC comparado ao MC. Somente as mulheres diabéticas apresentaram prejuízo na resposta da função microvascular em relação ao grupo MC (MC=2,51±0,13 e MD: 1,97±0,19). Este prejuízo esteve acompanhado de alterações na concentração de adiponectina, CML, PCR e NOx-. Nenhuma diferença foi encontrada nas concentrações de TNF-ß, TGF-ß e IL-1ß entre os grupos. Em contrapartida, o grupo HD apresentou maiores concentrações de IL-17 em relação ao grupo MD. Assim, podemos concluir que o DM2 parecer exercer efeitos mais deletérios sobre a função microvascular e perfil cardio-metabólico em mulheres na pós-menopausa

Abstract: Vascular complications associated with diabetes mellitus (DM), both micro and macrovascular, are the most serious manifestations of the disease, representing the main cause of death in the diabetic population. Although such complications are common in both sexes, some studies have highlighted that DM appears to be a major cardiovascular risk factor for women. No study to date has evaluated whether type 2 DM (DM2) exerts similar effects on vascular function and cardio-metabolic biomarkers in middle-aged women and men, which is the objective of the present study. Following pre-determined inclusion criteria, four distinct groups were formed: postmenopausal women (MC=16), diabetic postmenopausal women (MD = 15), middle-aged men (HC = 15), diabetic middle-aged men (HD = 14). At the first visit, after an overnight fast, anthropometric parameters, blood pressure and microvascular function were measured. The last one was evaluated by the peripheral arterial tonometry, using the EndoPAT 2000 equipment (Itamar Medical®, Israel). In a second visit, after a 12-hour fasting, a blood sample was collected for quantification of circulating biochemical parameters: lipid and glycemic profile, estradiol, creatinine, adiponectin, tumor necrosis factor alpha (TNF-ß), C-reactive protein (CRP), transforming growth factor-beta (TGF-ß), nitrite/nitrate (NOx-) and interleukins (IL-1ß, IL-6, IL-10 and IL-17). ANOVA two-way was applied as statistical analysis. There were no significant differences in age between groups. The mean time of diagnosis of DM2 was similar between the MD and HD groups (7.5 ± 1.3 and 9.6 ± 2.3 years, respectively). Diabetic groups had higher glycemia and glycated hemoglobin (HbA1c) compared to their respective control groups. In addition, the glycemia of the HD group was significantly higher compared to the MD. No difference was observed in insulin values. The MD group presented higher body mass index (BMI), waist circumference and waist-hip ratio in relation to the MC group. Surprisingly, the MD group presented a less atherogenic lipid profile in comparison to the MC group, with lower concentrations of total cholesterol, LDL-C and non-HDL. Only diastolic blood pressure was significantly higher in the HC group compared to MC. Only diabetic women showed impairment in the response of microvascular function to the MC group (MC = 2.51 ± 0.13 and MD: 1.97 ± 0.19). This impairment was accompanied by changes in the concentration of adiponectin, CML, CRP and NOx-. No difference was found in the concentrations of TNF-ß, TGF-ß and IL-1ß between the groups. In contrast, the HD group had higher concentrations of IL-17 than the MD group. Thus, we can conclude that DM2 appears to exert more deleterious effects on microvascular function and cardio-metabolic profile in postmenopausal women
Subject: Diabetes mellitus tipo 2
Sexo
Microvasos
Marcadores biológicos
Endotélio
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: JARRETE, Aline Pincerato. Avaliação da função vascular e biomarcadores cardio-metabólicos em mulheres e homens de meia-idade com diabetes mellitus tipo II. 2019. 1 recurso online (94 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Jarrete_AlinePincerato_D.pdf2.36 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.