Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/335150
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Mapeamento ambiental participativo na Ponta Norte do Município de Ilha Comprida, São Paulo, Brasil
Title Alternative: Participatory environmental mapping in Ponta Norte, Municipality of Ilha Comprida, São Paulo, Brazil
Author: Araújo, Viviane Gomes de, 1988-
Advisor: Oliveira, Regina Célia de, 1971-
Abstract: Resumo: O litoral brasileiro possui grande diversidade ambiental protegida por mecanismos de gestão regidos por legislação federal, estadual e municipal. O município de Ilha Comprida, uma Área de Proteção Ambiental ¿ APA (Decreto Estadual n° 26.881 de 1987) passou nos últimos trinta anos por um rápido crescimento urbano, devido principalmente a sua emancipação político-administrativa à categoria de município, em 1991. Como resultado deste processo, surgiram problemas ambientais assim como conflitos entre o uso da terra real e o que é indicado pela legislação da APA. Além disto, a ilha tem passado por intensos episódios de erosão costeira, com impactos severos tanto para seu território quanto para sua população e biodiversidade. Ainda que a criação da APA Ilha Comprida em 1987 tenha sido importante para conter os impactos de uma urbanização acelerada, a sua existência não representa a plena conservação ambiental de seu território. Nesse sentido, as metodologias de cunho participativo podem servir como instrumento de articulação e organização de novas políticas públicas voltadas para o meio ambiente. Sendo assim, este estudo adotou uma abordagem multi-métodos, em que primeiramente realizou-se pesquisa bibliográfica sistemática sobre aspectos físicos, históricos e sociais da área de estudo e trabalhos de campo para o entendimento da dinâmica costeira e de ocupação na região; em segundo lugar foi aplicado o método de Mapeamento Ambiental Participativo - MAP (CARPI JUNIOR, 2001) na Ponta Norte do município de Ilha Comprida, área mais afetada pelos processos de erosão costeira e por fim, foram realizadas 12 entrevistas qualitativas semiestruturadas com moradores e veranistas como método complementar. Com isso, o objetivo do presente trabalho foi identificar situações de risco e fatores desencadeadores de vulnerabilidade ambiental através da percepção da população local. Por fim, é esperado que essas informações possam subsidiar diretrizes e ações do poder público voltadas ao desenvolvimento de políticas públicas que previnam tais problemáticas vigentes hoje na Ilha Comprida, assim como reforcem o amparo das suas populações mais vulneráveis

Abstract: The Brazilian coastline has great environmental diversity protected by management mechanisms governed by federal, state and municipal legislation. The municipality of Ilha Comprida, an Environmental Protection Area (EPA) (State Decree No. 26,881/1987), has undergone a rapid urban growth in the last thirty years, mainly due to its political-administrative emancipation, in 1991. As result of this process, environmental problems have arisen as well as conflicts between real land use and what is indicated by the EPA legislation indicates. In addition, the island has been experiencing intense episodes of coastal erosion, with severe impacts on both its territory and its population and biodiversity. Although the creation of Ilha Comprida EPA in 1987 was important to contain the impacts of an accelerated urbanization, its existence does not represent the full environmental conservation of its territory. In this sense, the participatory methodologies can serve as an instrument for articulating and organizing new public policies focused on the environment. Thus, the study adopted a multi-method approach in which was made a systematic bibliographical research was done about the physical, historical and social aspects of the study area for the understanding of coastal dynamics and occupation in the region. Secondly, the Participatory Environmental Mapping (MAP) method (CARPI JUNIOR, 2001) was applied with the population of the Ponta Norte of the municipality of Ilha Comprida, the most affected area by coastal erosion processes, and finally, 12 semi-structured qualitative interviews were carried out with residents and vacationers as a complementary method. The objective of the present work was to identify situations of risk and environmental vulnerability through the perception of the local population. Finally, it is hoped that this information may support public policy guidelines and actions aimed at the development of public policies that prevent such problems in Ilha Comprida, as well as reinforce the protection of its most vulnerable populations
Subject: Mapeamento do meio ambiente
Risco - Aspectos ambientais
Vulnerabilidade ambiental
Percepção ambiental
Erosao costeira
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: ARAÚJO, Viviane Gomes de. Mapeamento ambiental participativo na Ponta Norte do Município de Ilha Comprida, São Paulo, Brasil. 2019. 1 recurso online (159 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências, Campinas, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Araujo_VivianeGomesDe_M.pdf5.63 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.