Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/335079
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Eficiência dos gastos públicos com ensino superior nas universidades federais brasileiras : uma aplicação da análise envoltória de dados
Title Alternative: Efficiency of public expenditure on higher education in Brazilian federal universities : an application of data envelopment analysis
Author: Oliveira, Janaina Aparecida Joaquim de, 1979-
Advisor: Milani Filho, Marco Antônio Figueiredo, 1968-
Abstract: Resumo: As universidades federais são instituições públicas de ensino superior mantidas com recursos do Governo Federal e, no contexto atual vem passando por diversas restrições orçamentárias com sucessivos decretos de limitações no orçamento, proporcionando um contingenciamento da principal fonte financiadora dos recursos das universidades causando impactos na manutenção e desenvolvimento. Todavia ao se comparar o ensino superior do Brasil com países da (OCDE), o Brasil investe em torno de 3 vezes mais no que se refere a sua renda média por aluno. Entretanto, uma situação que não pode ser ignorada é que os recursos públicos são limitados e as necessidades ilimitadas, sendo assim a eficiência na utilização destes recursos é primordial, pois absorve uma quantidade expressiva de recursos públicos e seus controles precisam ser eficientes. Este trabalho teve por objetivo identificar o nível de eficiência dos gastos públicos com o ensino superior nas universidades federais brasileiras, no período de 2004 a 2016. Apresenta levantamento bibliográfico que envolve fundamentos teóricos e conceituais referente ao Sistema Orçamentário no Brasil, Gasto Público, Qualidade e Eficiência do Gasto Público no Brasil na Educação Superior nas Universidades Federais, Análise Envoltória de Dados (DEA) e sua utilidade, levantamento dos estudos desenvolvidos com DEA na educação superior, bem como sua definição e conceitos utilizados. A partir da formulação da questão-problema, levantou-se os dados de cada universidade federal brasileira nos sites do Ministério da Transparência e Controladoria Geral da União/FINBRA e INEP. Para analisar a eficiência das universidades federais, foi utilizado o modelo de programação linear e não paramétrico da Análise Envoltória de Dados no software SIAD 3.0, modelo CCR orientado à output com o intuito de maximizar as saídas. Desta forma, foram calculados e analisados os resultados de cada universidade pública federal em relação aos inputs (receitas repassadas, matrículas, docentes, funcionários e cursos) e output (concluintes). Foram calculados os alvos de melhoria de cada universidade federal, a fim de verificar cada DMU menos eficiente e no qual, precisaria maximizar suas saídas para ser considerada eficiente no período analisado. Mediante as análises, tratamento dos dados e da união dos dados referente ao período de 2004 a 2016, e posteriormente, realizada a análise da anual, o trabalho apresenta como resultado uma amostra de 47 universidades. Dentre todas as universidades, a Universidade Federal de Brasília e a Universidade Federal de Minas Gerais foram as mais eficientes a partir da fronteira normalizada, sendo benchmark para as demais universidades. Por outro lado, a Universidade Federal de Roraima ocupou a última posição, ou seja, considerada a universidade federal menos eficiente com seus recursos disponíveis e como alvo de melhoria, a universidade precisa aumentar a proporção de alunos por docente em 5,9%, diminuir a relação de funcionários por aluno em 14,5%, além de aumentar a quantidade de alunos formados em 26,3%. Notou-se também um significativo alvo de melhoria na Universidade Federal do Rio de Janeiro, uma das universidades com maiores repasses (receitas), maior quantidade de alunos, docentes, ou seja, precisa formar 127,5% mais alunos, aumentar a proporção de alunos por docente em 9,5% e diminuir a relação de funcionário por aluno em 4,10%. Este estudo permite identificar a quantidade de universidades que se encontram aquém do desejável quanto a eficiência do gasto público com o ensino superior. Demonstra também que é desnecessário aumentar a quantidade de recursos e sim alocá-los de forma eficiente. A relevância do trabalho é comprovada com base nos resultados obtidos e o ele proporciona um acompanhamento com maior profundidade por parte dos gestores públicos das universidades federais, com o intuito de verificar a eficiência, possíveis problemas que estejam em desacordo com o planejamento anteriormente pré-estabelecidos

Abstract: Federal universities are public institutions of higher education maintained with Federal Government resources and, in the current context, have been undergoing several budget constraints with successive budget constraints, providing a contingency for the main funding source of university resources causing impacts on the maintenance and development. However, when comparing Brazil's higher education with OECD countries, Brazil invests around 3 times more in terms of its average student income. However, a situation that cannot be ignored is that public resources are limited and needs are unlimited, so the efficiency in the use of these resources is paramount because it absorbs a significant amount of public resources and their controls need to be efficient. This study aimed to identify the efficiency level of public spending on higher education in Brazilian federal universities, from 2004 to 2016. It presents a bibliographic survey that involves theoretical and conceptual foundations regarding the Budgetary System in Brazil, Public Spending, Quality and Efficiency of Public Spending in Brazil in Higher Education in Federal Universities, Data Envelopment Analysis (DEA) and its usefulness, survey of studies developed with DEA ??in higher education, as well as its definition and concepts used. From the formulation of the problem question, the data from each Brazilian federal university were collected on the websites of the Ministry of Transparency and General Comptroller of the Union / FINBRA and INEP. To analyze the efficiency of federal universities, we used the linear and nonparametric Data Envelopment Analysis programming model in the SIAD 3.0 software, output-oriented CCR model in order to maximize outputs. Thus, the results of each federal public university were calculated and analyzed in relation to inputs (income passed on, enrollment, faculty, staff and courses) and output (concluding). The improvement targets of each federal university were calculated in order to verify each less efficient DMU and in which it would need to maximize its outputs to be considered efficient in the analyzed period. Through the analysis, data processing and data union for the period from 2004 to 2016, and after the annual analysis, the work presents a sample of 47 universities. Among all the universities, the Federal University of Brasilia and the Federal University of Minas Gerais were the most efficient from the normalized border, being benchmark for the other universities. On the other hand, the Federal University of Roraima occupied the last position, that is, considered the federal university less efficient with its available resources and as an improvement target, the university needs to increase the student-to-faculty ratio by 5.9%, decrease the staff-to-student ratio by 14.5%, and increase the number of graduate students by 26 , 3%. There was also a significant improvement target at the Federal University of Rio de Janeiro, one of the universities with the largest transfers (revenues), the largest number of students, faculty, ie It needs to train 127.5% more students, increase the student-to-faculty ratio by 9.5%, and decrease the staff-to-student ratio by 4.10%. This study allows us to identify the number of universities that fall short of the desired efficiency of public spending on higher education. It also demonstrates that it is unnecessary to increase the amount of resources but to allocate them efficiently. The relevance of the work is proven based on the results obtained and it provides a deeper follow-up by the public managers of federal universities, in order to verify the efficiency, possible problems that are in disagreement with the previously established planning
Subject: Ensino superior
Orçamento
Universidades e faculdades
Análise envoltória de dados
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: OLIVEIRA, Janaina Aparecida Joaquim de. Eficiência dos gastos públicos com ensino superior nas universidades federais brasileiras: uma aplicação da análise envoltória de dados. 2019. 1 recurso online (126 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Aplicadas, Limeira, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:FCA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_JanainaAparecidaJoaquimDe_M.pdf2.13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.