Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/335014
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: A conservação da caatinga entre arenas políticas do semiárido brasileiro
Title Alternative: Political arenas for the conservation of the Brazilian semi-arid caatinga
Author: Silvino, Amanda Sousa, 1984-
Advisor: Ferreira, Lúcia da Costa, 1955-
Abstract: Resumo: Esta tese apresenta as arenas políticas que, entre os séculos XX e XXI, consolidaram as narrativas atuais sobre a conservação da caatinga. Busca responder como um ambiente historicamente visto como hostil passou a ser reivindicado como natureza importante para a conservação da biodiversidade. Para tanto, levantou dados documentais, bibliográficos, de campo e realizou 44 entrevistas semi-estruturadas com atores envolvidos direta e indiretamente com a conservação. As entrevistas foram transcritas e as categorias de análise (narrativa, conflito, parceria e nível de ação) identificadas no software NVivo. A visualização das redes de parceria entre atores foram realizadas no software Cytoscape, evidenciando os níveis de ação (local, estadual, regional, nacional e internacional). A discussão dos resultados foi realizada para duas arenas políticas: (i) arena do semiárido; (ii) arena da biodiversidade. Em uma perspectiva histórica, a pesquisa mostrou que a arena política do semiárido, mais antiga, consolidou-se através de narrativas sobre a caatinga hostil, evidenciando as secas e os desafios sociais da convivência com o semiárido como dilema central. Já a arena da biodiversidade, mais recente, tem buscado consolidar narrativas de uma caatinga verde, florestal e biodiversa, evidenciando a preservação da biodiversidade como dilema central. Cada arena apresenta estratégias distintas para a conservação: enquanto a arena do semiárido fomenta ações voltadas à agroecologia e tecnologias sociais, a arena da biodiversidade defende a implementação de unidades de conservação de proteção integral e busca mudar a imagem historicamente consolidada de uma caatinga seca e hostil. A pesquisa problematizou a conservação da caatinga enquanto um processo social, parte de disputas políticas complexas, onde atores agem em múltiplos níveis de ação. Por fim, mostrou como diferentes atores, seja a partir da visão de uma caatinga hostil, seja a partir de uma visão da caatinga biodiversa, negociam interesses, lidam com conflitos e influenciam as estratégias de conservação

Abstract: This thesis presents how political arenas consolidated the current narratives about the the caatinga, Brazilian semiarid vegetation, during the 20th and 21st centuries. It seeks to respond how this historically hostile environment became important for the conservation of biodiversity in 21st century. Data were collected from official documents, scientific articles, field observations, and semi-structured open-ended interviews with actors directly and indirectly involved with the caatinga's conservation. Information from forty four transcribed interviews were grouped into four categories: narratives, conflicts, partnerships, and levels of action (local, state, regional, national, and international) using NVivo software. The visualization of network partnerships was done using Cystoscape software to enable the exploration of the challenges of caatinga's conservation in each level of action in two political arenas: (i) Semiarid arena; and (ii) Biodiversity arena. From a historical perspective, this research revealed that the Semiarid arena, the oldest one, was consolidated through narratives showing the caatinga as hostile, highlighting droughts and social challenges of a semi-arid environment. On the other hand, the Biodiversity arena, the most recent one, exposed narratives of a green, forested and biodiverse caatinga. Distinct strategies for the conservation of caatinga were presented for each arena. While the Semiarid arena promotes actions focused on agroecology and social technologies, the Biodiversity arena advocates the implementation of protected areas, seeking to change the image of a dry and hostile environment, historically constructed for the caatinga vegetation. Finally, the research problematized the conservation as a social process as part of complex political disputes. In this scenario, actors presented different narratives about caatinga thus influencing conservation strategies in multiple levels of action
Subject: Meio ambiente
Biodiversidade
Convivência
Semiárido
Brasil, Nordeste - História - Séc. XX
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SILVINO, Amanda Sousa. A conservação da caatinga entre arenas políticas do semiárido brasileiro. 2019. 1 recurso online (206 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silvino_AmandaSousa_D.pdf7.47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.