Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/334978
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Evaluation of the effects of 17ß-estradiol intrauterine exposure on prostate postnatal development in Mongolian gerbil : Avaliação dos efeitos da exposição intrauterina ao 17ß-estradiol sobre o desenvolvimento prostático pós-natal no gerbilo da Mongólia
Title Alternative: Avaliação dos efeitos da exposição intrauterina ao 17ß-estradiol sobre o desenvolvimento prostático pós-natal no gerbilo da Mongólia
Author: Sanches, Bruno Domingos Azevedo, 1990-
Advisor: Taboga, Sebastião Roberto
Abstract: Resumo: O desenvolvimento da próstata em machos de roedores tem sido extensivamente estudado, tal processo envolve complexas interações epitélio-mesenquimais entre o epitélio do seio urogenital (UGE) e os mesênquimas do seio urogenital (UGM). No entanto, estudos sobre o desenvolvimento da próstata em fêmeas são escassos, tal como estudos de manipulação hormonal sobre o desenvolvimento das mesmas. Paralelamente, o estroma prostático tem se mostrado mais complexo em nível celular, células chamadas de telócitos foram recentemente descritas e supostas de exercer uma série de funções no desenvolvimento e na fisiologia de vários órgãos, contudo, faltam estudos sobre o papel deste tipo celular na próstata. O presente trabalho fez uso de reconstruções 3D, técnicas histoquímicas, imunohistoquímicas e imunofluorescências para descrever o desenvolvimento pós-natal de modo comparativo entre machos e fêmeas do gerbilo da Mongólia, bem como avaliar os efeitos da exposição intrauterina ao estradiol sobre o desenvolvimento, bem como investigar a presença dos telócitos. Nós observamos que a próstata das fêmeas tem seu processo de ramificação e diferenciação induzido por um mesênquima único, que apresenta uma disposição ventrolateral, o qual denominamos Mesênquima Ventrolateral (VLM), além disso, a próstata nas fêmeas apresenta uma prématuração mais precoce do que a dos machos, o que poderia ser justificado pela maior sensibilidade estrogênica e pela redução na expressão do ERalfa juntamente com a expressão mais precoce do AR epitelial. A próstata das fêmeas também se mostrou mais sensível a exposição intrauterina ao 17beta-estradiol, de modo a apresentarem redução no número de ramificações prostáticas e alterações morfológicas em uma dosagem considerada baixa deste hormônio (500ng.BW/D). Além disso, nossos dados apontam para a ocorrência de telócitos na próstata intimamente associados à musculatura lisa periductal, o que poderia indicar um possível papel no processo de diferenciação desta musculatura e, posteriormente, na região interalveolar e entre o estroma prostático e a musculatura lisa periuretral, o que pode indicar um papel dos telócitos na organização tecidual prostática. Por fim, foram verificadas células intersticiais semelhantes às células de Cajal (ICLCs) c-Kit positivas no estroma e indícios de que os telócitos poderiam ser células progenitoras destas. Em linhas gerais, nossos dados apontam para uma maior sensibilidade da próstata das fêmeas ao E2, o que se torna preocupante em face da presença de próstata em uma parcela das mulheres, como também indicam uma maior complexidade do estroma prostático em nível celular, evidenciada pela presença de telócitos e ICLCs c-Kit positivas

Abstract: Prostate development in rodent males has been extensively studied, which involves complex epithelial-mesenchymal interactions between the urogenital sinus epithelium (UGE) and the urogenital sinus mesenchyme (UGM). However, studies on the development of the prostate in females are scarce, such as hormonal manipulation studies on the development of the same. In parallel, prostatic stroma has been shown to be more complex at the cellular level, cells called telocytes have been recently described and supposed to exert several functions in the development and physiology of various organs, but there are no studies on the role of this cellular type in the prostate. The present study employed 3D reconstructions, histochemical, immunohistochemical and immunofluorescence techniques to describe comparatively the postnatal development among Mongolian gerbil males and females, as well as to evaluate the effects of intrauterine exposure to oestradiol on development and, finally, to investigate the presence of telocytes. We observed that the prostate of the females has its branching and differentiation process induced by a single mesenchyme, which presents a ventrolateral disposition, which we denominate Ventrolateral Mesenchyme (VLM), in addition, the female prostate shows an earlier pre-maturation than that of male, which could be justified by the higher estrogen sensitivity and the reduction in ERalpha expression along with the earlier expression of epithelial AR. The prostate of the females was also more sensitive to intrauterine exposure to 17beta-estradiol, it was verified a reduction in the number of prostatic branches and morphological changes due to a low dose exposure of this hormone (500ng.BW/D). In addition, our data point to the occurrence of prostate telocytes closely associated with the periductal smooth muscle, which could indicate a possible role in the differentiation process of this muscle and, later, these cells are verified in the interalveolar region and between the prostatic stroma and the periuretral smooth muscle, which may indicate a role of telocytes in the prostatic tissue organization. Finally, c-Kit positive Interstitial Cajal-like cells (ICLCs) were detected in the stroma and we found evidences that telocytes could be progenitor cells of these. In general terms, our data point to a greater sensitivity of the female prostate to the E2, which becomes worrisome due to the presence of prostate in a portion of the women, moreover, our findings indicate a greater complexity of the prostate stroma at the cellular level, evidenced by the presence of telocytes and c-Kit positive ICLCs
Subject: Próstata - Desenvolvimento
Próstata feminina
Sexo - Diferenças
Telócitos
Estradiol
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SANCHES, Bruno Domingos Azevedo. Evaluation of the effects of 17ß-estradiol intrauterine exposure on prostate postnatal development in Mongolian gerbil: Avaliação dos efeitos da exposição intrauterina ao 17ß-estradiol sobre o desenvolvimento prostático pós-natal no gerbilo da Mongólia. 2017. 1 recurso online (231 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP.
Date Issue: 2017
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Sanches_BrunoDomingosAzevedo_D.pdf10.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.