Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/334963
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: O Sol está parado? : crianças, movimento e construção de conhecimento em sala de aula
Title Alternative: Is the Sun at rest? : children, movement and construction of knowledge in the classroom  
Author: Silva, Daniel Fernando Matsuzaki da, 1983-
Advisor: Paixão Filho, Fernando Jorge da, 1948-
Abstract: Resumo: A educação escolar tem como um de seus objetivos institucionais a formação do indivíduo mediante o desenvolvimento de sua capacidade de aprender e da sua compreensão do ambiente. O ensino de ciências colabora com os objetivos da educação ao favorecer a compreensão dos mecanismos do mundo físico e social, potencializando um possível posicionamento consciente e crítico do indivíduo frente às demandas da contemporaneidade. Além disso, as características inerentes à infância são consideradas como elementos catalisadores do processo de ensino-aprendizagem. Contudo, de forma antagônica à sua importância, o ensino de ciências ocupa lugar secundário no cotidiano escolar. Mesmo assim, várias pesquisas em ensino de ciências para crianças revelam a possibilidade de construção de conhecimentos nas etapas iniciais da educação escolar. Diante da importância do ensino de ciências e da problemática apresentada, o problema desta pesquisa corresponde à questão: que conhecimentos acerca do conceito de movimento podem ser construídos por crianças a partir do desenvolvimento de uma unidade de ensino baseada na observação e problematização de fenômenos? No intuito de responder à questão, esta pesquisa teve como objetivo planejar uma sequência de atividades para analisar, a partir de sua aplicação, a construção de uma concepção relativa de movimento. A escolha do conceito de movimento como elemento central de aprendizagem decorreu da percepção de que as ideias alternativas das crianças envolvidas na pesquisa apresentavam uma concepção de movimento diversa daquela construída por Galileu, e que esta divergência poderia ocasionar obstáculos conceituais para a compreensão de temas e conteúdos recorrentes nos currículos escolares. A pesquisa aproxima-se das características da pesquisa de intervenção na modalidade experimental e foi realizada em uma turma de estudantes do 4º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública municipal de Campinas/SP, da qual o pesquisador é professor. Ao fim do percurso notamos que uma nova concepção de movimento foi utilizada pelas crianças para interpretar a realidade. Tal fato permitiu a elas a percepção da simplicidade da descrição do Sistema Solar a partir de um observador no Sol em comparação com um outro na Terra. Além disso, constatamos que a construção do conhecimento passa por uma etapa intersubjetiva, na qual as ideias de todos os envolvidos são mobilizadas para solucionar problemas e tecer sentidos

Abstract: School education has as one of its institutional objectives the formation of the individual through the development of his capacity to learn and his understanding of the environment. The teaching of sciences collaborates with the objectives of education by favoring the understanding of the mechanisms of the physical and social world, potentializing a possible conscious and critical positioning of the individual in front of the demands of contemporaneity. In addition, the characteristics inherent to childhood are considered as catalysts of the teaching-learning process. However, in a way antagonistic to its importance, science teaching occupies a secondary place in school daily life. Even so, several researches in science education for children reveal the possibility of building knowledge in the initial stages of school education. Faced with the importance of science teaching and the problem presented, the problem of this research corresponds to the question: q ue knowledge about the concept of movement can be constructed by children from the development of a teaching unit based on observation and questioning ofthe phenomena? In order to answer the question, this research had as objective to plan a sequence of activities to analyze, from its application, the construction of a relative conception of movement. The choice of the concept of movement as a central element of learning arose from the perception that the alternative ideas of the children involved in the research presented a conception of movement different from that constructed by Galileo and that this divergence could lead to conceptual obstacles to the understanding of themes and contents school curricula.The research approaches the characteristics of the intervention research in the experimental modality and was carried out in a class of students of the 4th year of elementary school in a public school in Campinas / SP, of which the researcher is a teacher. At the end of the course we noticed that a new conception of movement was used by children to interpret reality. This enabled them to perceive the simplicity of the description of the Solar System from one observer in the Sun compared to another on Earth. In addition, we find that the construction of knowledge passes through an intersubjective stage, in which the ideas of all involved are mobilized to solve problems and weave senses
Subject: Ensino de ciências
Ensino fundamental
Ambiente de sala de aula
Intersubjetividade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SILVA, Daniel Fernando Matsuzaki da. O Sol está parado?: crianças, movimento e construção de conhecimento em sala de aula. 2019. 1 recurso online (106 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Física Gleb Wataghin, Campinas, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:IFGW - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_DanielFernandoMatsuzakiDa_M.pdf1.2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.