Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/334953
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Validação das medidas antropológicas no fêmur para estimativa do sexo em brasileiros : Validation of anthropological measures on femora for sex estimation in brazilians
Title Alternative: Validation of anthropological measures on femora for sex estimation in brazilians
Author: Cuzzullin, Maria Cláudia, 1994-
Advisor: Rossi, Ana Cláudia, 1988-
Abstract: Resumo: Situações onde há avançado caso de decomposição, trauma e carbonização dificultam a identificação dos restos mortais. Faz-se necessário alternativas seguras para análises antropológicas e criação do perfil biológico, com estudos em foco elementos pós-craniais, principalmente em ossos longos como alternativa para determinação do sexo. O fêmur humano é um osso com alta capacidade de sobrevivência em contextos forenses e à um nível apreciável de variação quantificável, o que pode ser explicada à suas características anatômicas; a principal causa da resistência à fatores externos de um osso longo está em sua camada cortical; no fêmur essa apresenta-se como uma camada significante e espessa. Nosso país compreende uma grande extensão geográfica, bem como uma alta taxa de miscigenação entre os indivíduos que compõem a população. Muitos métodos convencionais e não-métricos foram desenvolvidos, mas ainda permanece um grau de incerteza quando confrontado com um esqueleto incompleto, ou até mesmo completo. O objetivo deste estudo foi realizar a caracterização anatômica do fêmur em uma recente amostra de referência esquelética brasileira, etnicamente diversa, a avaliação do dimorfismo sexual femoral e a geração de padrões métricos específicos para a estimativa do sexo com o fêmur em restos esqueléticos da população brasileira. No presente estudo, 200 fêmures foram selecionados para compor a amostra (131 masculinos, e 69 femininas) dentro do Biobanco Osteológico Prof. Eduardo Daruge na FOP/UNICAMP. Utilizaram-se fêmures íntegros, sem fraturas, sem próteses, qualquer outra alteração patológica ou cirúrgica e que não apresentaram completo fechamento das epífises ósseas. Adotando p<0,05. A distribuição normal dos dados foi avaliada por meio de assimetria e homocedasticidade com o teste de Levene. Abordagens univariadas e multivariadas foram usadas para desenvolver modelos para a predição do sexo. Um algoritmo de decisão foi empregado para computar pontos de corte para cada variável. Valores maiores que o ponto de corte foram considerados masculinos, e valores inferiores foram considerados femininos. Modelos univariáveis apresentaram predição correta de sob validação cruzada de 70% (variável APMDF) a 84,5%. Regressão logística e linear foram executadas seguindo métodos de seleção de variáveis stepwise; no primeiro modelo de regressão logística, o sexo foi corretamente estimado em 86,0% de todos os indivíduos, enquanto no segundo a acurácia na predição do sexo foi 86.5% A partir dos resultados apresentados, verificamos a existência do dimorfismo sexual para os parâmetros morfométricos do fêmur na população brasileira avaliada, levando em consideração suas próprias características e influências culturais, o que o torna uma alternativa com grande potencial para estimativa sexual em restos mortais encontrados

Abstract: Situations where there is an advanced case of decomposition, trauma and carbonization make it difficult to identify the remains. Safe alternatives are necessary for anthropological analysis and creation of the biological profile, with post-cranial studies focusing mainly on long bones as an alternative for sex determination. The human femur is a bone with high survival capacity in forensic contexts and at an appreciable level of quantifiable variation, which can be explained by its anatomical characteristics; the main cause of resistance to external factors of a long bone is in its cortical layer; in the femur this presents as a significant and thick layer. Our country comprises a great geographical extension, as well as a high rate of miscegenation among the individuals that compose the population. Many conventional and non-metric methods have been developed, but there remains a degree of uncertainty when confronted with an incomplete or even complete skeleton. The objective of this study was to perform the anatomical characterization of the femur in a recent ethnically diverse Brazilian skeletal reference sample, the evaluation of femoral sexual dimorphism and the generation of specific metric standards for estimating sex with the femur in skeletal remains of the Brazilian population . In the present study, 200 femurs were selected to compose the sample (131 males, and 69 females) within the Osteological Biobank. Eduardo Daruge at FOP / UNICAMP. Whole femurs were used, without fractures, without prosthesis, any other pathological or surgical alteration and that did not present complete closure of the bony epiphyses. Adopting p <0.05. The normal distribution of the data was assessed by means of asymmetry and homoscedasticity with the Levene test. Univariate and multivariate approaches were used to develop models for predicting sex. A decision algorithm was used to compute cutoff points for each variable. Values greater than the cut-off point were considered masculine, and lower values were considered feminine. Univariate models presented correct prediction of cross-validation of 70% (variable APMDF) at 84.5%. Logistic and linear regression were performed following stepwise selection methods; in the first logistic regression model, sex was correctly estimated in 86.0% of all individuals, while in the second the accuracy in sex prediction was 86.5%. From the results presented, we verified the existence of sexual dimorphism for morphometric parameters of the femur in the Brazilian population evaluated, taking into account their own characteristics and cultural influences, which makes it an alternative with great potential for sexual estimation in the mortal remains found
Subject: Antropologia forense
Femur
Gênero
Language: Inglês
Editor: [s.n.]
Citation: CUZZULLIN, Maria Cláudia. Validação das medidas antropológicas no fêmur para estimativa do sexo em brasileiros: Validation of anthropological measures on femora for sex estimation in brazilians. 2019. 1 recurso online (40 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cuzzullim_MariaClaudia_M.pdf781.05 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.