Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/334811
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Influência de agentes pigmentantes com adição de açúcar no clareamento dental : Influence of pigment solutions with sugar in dental bleaching
Title Alternative: Influence of pigment solutions with sugar in dental bleaching
Author: Barbosa, Isabel Ferreira, 1988-
Advisor: Aguiar, Flavio Henrique Baggio, 1977-
Abstract: Resumo: O objetivo desse estudo foi avaliar, in vitro, o potencial de pigmentação dental de bebidas com corantes, com ou sem adição de açúcar, no tratamento clareador em relação à percepção visual de mudança de cor, rugosidade superficial e composição do esmalte. Foram utilizados setenta e dois incisivos bovinos hígidos divididos de forma randomizada em 12 grupos experimentais formados pela interação dos fatores, técnica de clareamento: clareamento caseiro (Ca) e clareamento de consultório (Co), e soluções: água deionizada sem açúcar (AS), água deionizada com açúcar (AC), vinho tinto sem açúcar (VS), vinho tinto com açúcar (VC), cafésem açúcar (CS) e cafécom açúcar (CC).Para obtenção das amostras acoroa foi separada da raiz à 1mm da junção cemento-esmalte e um segundo corte realizado no sentido mesio-distal na altura da câmera pulpar. As amostras foram armazenadas em saliva artificial, em estufa com temperatura de 37°C. O clareamento caseiro foi realizado com peróxido de carbamida 10% por 30 dias consecutivos, permanecendo em contato com a superfície em esmalte por 2 horas/dia, conforme recomendação do fabricante. Para a técnica de clareamento de consultório foi selecionado o gel de peroxido de hidrogênio 37,5% que permaneceu em contato com a superfície do esmalte por 24 mintutos distrubuidos em 3 aplicações de 8 minutos cada, foram realizadas um total de 3 sessões de tratamento, com intervalo de 7 dias entre cada sessão. As superfícies vestibulares das amostras foram submetidas diariarmente as soluções teste durante 45 minutos, em seguida foram enxaguadas com água destilada por 5 minutos e armazenadas novamente em saliva artificial até a próxima sessão de clareamento ou manchamento. A análise de cor do esmalte foi realizada de forma objetiva, através da utilização de espectrofotômetro e a variação de cor após o clareamento foi determinada através dos parâmetros variação de cor (?E) e variação de luminosidade (?L). A análise de rugosidade foi realizada por microscopia de força atômica (MFA) e por microscopia eletrônica de varredura (MEV). A composição do esmalte foi determinada por espectrometria de energia dispersiva de raios-X (EDS). Os resultados foram submetidos à analise de variância (ANOVA) um fator para ?E e ?L e dois fatores para MFA e EDS. Para ?E e ?L não houve diferença estatistica significativa entre os grupos testados. A MFA apresentou diferença estatística nos fatores solução corante, técnica clareadora e sua interação, corroborando com as imagens encontradas em MEV. Foi observado aumento da rugosidade na superficie do esmalte quando exposto a solução de água com açúcar para o clareamento caseiro e os outros resultados mostram que a rugosidade é dependente da interação técnica de clareamento e solução. Na composição do esmalte dental observou-se menor concentração de Ca e P na análise por EDS na presença de açúcar na solução de água deionizada. Apesar das limitações decorrentes de um estudo in vitro, podemos concluir que o resultado do clareamento dental independe da concentração do gel clareador. O contatode soluções contendo ou não açúcar não influenciaram no potencial de clareamento, porém a presença do açúcar na solução de água deionizada aumentou a rugosidade superficial do esmalte para o peróxido de carbamida 10% e diminui a concentração de Ca e P no esmalte

Abstract: The objective of this study was to evaluate, in vitro, the potential of dental pigmentation of beverages with dyes, with or without added sugar, in the bleaching treatment in relation to the visual perception of color change, surface roughness and enamel composition. Seventy-two bovine incisors bovine incisors, recently extracted, free of caries, crack or any enamel defects, were randomly divided into 12 experimental groups formed by the interaction of factors, whitening technique: at-home bleaching (Ca) and in-office bleaching (Co), and solutions: deionized water without sugar (AS), deionized water with sugar (AC), red wine without sugar (VS), red wine with sugar (VC), coffee without sugar (CS) and coffee with sugar (CC). To obtain the samples the crown was separated from the root at 1 mm from the cement-enamel junction and a second cut performed in the distal mesium direction at the height of the pulp chamber. The samples were stored in artificial saliva in an oven with a temperature of 37 ° C. At-home bleaching was performed with 10% carbamide peroxide for 30 consecutive days, remaining in contact with the enamel surface for 2 hours/day, according to the manufacturer's recommendation. For the in-office bleaching technique, 37.5% hydrogen peroxide gel was used, which remained in contact with the enamel surface for 24 minutes in 3 applications of 8 minutes each. A total of 3 treatment sessions were performed, with interval of 7 days between each session. The vestibular surfaces of the samples were subjected daily to the test solutions for 45 minutes, then rinsed with distilled water for 5 minutes and stored again in artificial saliva until the next bleaching or staining session. The enamel color analysis was performed in an objective way, through the use of spectrophotometer and the color variation after bleaching was determined through the parameters color variation (?E) and variation of luminosity (?L). The roughness analysis was performed by atomic force microscopy (MFA) and by scanning electron microscopy (SEM). The enamel composition was determined by X- ray dispersive energy spectrometry (EDS). The results were submitted to analysis of variance (ANOVA) one factor for ?E and ?L and two factors for MFA and EDS. For ?E and ?L there was no statistically significant difference between the groups tested. The MFA presented a statistical difference in the factors dye solution, bleaching technique and its interaction, corroborating with the images found in SEM. Increased surface roughness of the enamel was observed when water solution with sugar was exposed for home bleaching and other results show that the roughness is dependent on the technical interaction of whitening and solution. In the composition of dental enamel was observed lower concentration of Ca and P in the analysis by EDS in the presence of sugar in the solution of deionized water. Despite the limitations of an in vitro study, we can conclude that the result of tooth whitening is independent of the whitening gel concentration. The presence of sugar in the solution of deionized water increased the surface roughness of the enamel to 10% carbamide peroxide and decreased the concentration of Ca and P in the enamel
Subject: Dentes - Clareamento
Dieta
Corantes
Café
Vinho e vinificação
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Citation: BARBOSA, Isabel Ferreira. Influência de agentes pigmentantes com adição de açúcar no clareamento dental: Influence of pigment solutions with sugar in dental bleaching. 2019. 1 recurso online (54 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Barbosa_IsabelFerreira_D.pdf10.88 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.