Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/334638
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Correlatos prosódicos da expressão da ironia sarcástica no português brasileiro
Title Alternative: Prosodic correlates of the expression of sarcastic irony in Brazilian Portuguese
Author: Silva, Wellington da, 1989-
Advisor: Barbosa, Plinio Almeida, 1966-
Abstract: Resumo: A ironia verbal é uma figura de linguagem pela qual o falante exprime uma ideia distinta (frequentemente oposta) daquela que o sentido literal das palavras empregadas comunica. A literatura tem apresentado evidências de que, para expressar a ironia, os falantes utilizam, além de palavras características e/ou pistas não-verbais, como gestos e expressões faciais, "pistas acústicas" na fala. Entretanto, os estudos já realizados apontam diferenças intra e interlinguísticas no modo pelo qual tais pistas vocais são usadas pelos falantes para expressar a ironia. Além disso, estudos sobre o tema para o português brasileiro são ainda escassos. Esta tese apresenta dois estudos experimentais conduzidos para avaliar como a ironia sarcástica (um tipo de ironia verbal caracterizado pela combinação da ironia com o sarcasmo) é expressa na fala por falantes do português brasileiro e se sua expressão se diferencia daquela do sarcasmo puro (crítica explícita) e da fala "neutra" (que não expressa nenhuma dessas duas atitudes). O corpus de fala montado para esses estudos é composto por gravações de dez sentenças-alvo, produzidas por onze sujeitos brasileiros voluntários (6 mulheres e 5 homens). As mesmas sentenças-alvo foram produzidas pelos sujeitos nas condições de ironia sarcástica, sarcasmo puro e fala neutra, sendo em seguida submetidas a experimentos de percepção auditiva conduzidos com outros sujeitos brasileiros a fim de verificar se as atitudes são percebidas como foram intencionalmente produzidas pelos falantes. Por esse procedimento, 236 enunciados foram considerados válidos e retidos para as análises posteriores. No primeiro estudo de produção se investigou se a expressão das atitudes modifica parâmetros acústicos da fala computados globalmente nos enunciados. Nesse estudo, dezessete parâmetros acústicos, relacionados à frequência fundamental, intensidade global e relativa, duração e qualidade de voz, foram automaticamente extraídos dos enunciados validados. No segundo estudo, avaliou-se a relevância para a expressão das atitudes de alguns parâmetros acústicos computados localmente nos enunciados. Constatou-se, pela comparação entre os resultados dos dois estudos, que o efeito da expressão das atitudes nos parâmetros acústicos foi mais robusto quando estes foram computados globalmente nos enunciados. De modo geral, os resultados mostraram que tanto a ironia sarcástica quanto o sarcasmo puro são expressos por falantes do português brasileiro com um padrão de alterações acústicas distinto daquele observado para a fala neutra. Esse padrão é caracterizado principalmente por uma redução da mediana da frequência fundamental e da duração total e um aumento do ruído espectral e da energia concentrada nos harmônicos de alta frequência. Entretanto, o padrão das alterações atestado para a ironia sarcástica é semelhante ao observado na realização de uma crítica direta (o sarcasmo puro). Esse resultado contraria a noção de um "tom de voz" irônico, frequentemente referido na literatura. A ironia sarcástica diferiu do sarcasmo puro por uma duração total dos enunciados e uma relação harmônico-ruído mais elevadas e uma menor inclinação do espectro médio de longo-termo

Abstract: Verbal irony is a figure of speech through which the speaker expresses something different from (or the opposite of) what the literal sense of the words he/she used usually means. The literature has presented evidence that, in addition to specific words and/or non-verbal cues (such as gestures and facial expressions), speakers use "acoustic cues" in speech to express irony. However, previous studies have shown intra and interlinguistic differences in the way through which such vocal cues are used by speakers to express irony. In addition, there is a lack of studies on the subject for Brazilian Portuguese. This thesis presents two experimental studies conducted to evaluate how sarcastic irony (a type of verbal irony characterized by the combination of irony with sarcasm) is expressed in speech by Brazilian Portuguese speakers and whether the way it is expressed differs from that of pure sarcasm (an explicit criticism) and of "neutral" speech (which expresses neither of these two attitudes). The speech corpus gathered for these studies consists of recordings of ten target sentences produced by eleven Brazilian volunteers (6 women and 5 men). The same target sentences were recorded by the speakers in the conditions of sarcastic irony, pure sarcasm and neutral speech. Then, they were subjected to auditory perception experiments carried out with a separate group of Brazilian subjects in order to verify whether the attitudes are perceived as intentionally produced by the speakers. As a result of this procedure, a total of 236 utterances were retained for further analyses. The first production study investigated whether the expression of these attitudes modifies some acoustic parameters of speech as computed globally in the utterances. In this study, seventeen acoustic parameters related to fundamental frequency, global and relative intensity, duration and voice quality were automatically extracted from the validated utterances. The second study evaluated the relevance of some acoustic parameters computed locally in the utterances to the expression of the attitudes. The comparison of the results of the two studies revealed that the effect of the expression of the attitudes on the acoustic parameters was more robust when they were computed globally in the utterances. In general, the results showed that both sarcastic irony and pure sarcasm are expressed by speakers of Brazilian Portuguese with a pattern of acoustic changes different from that observed for neutral speech. This pattern is characterized mainly by a reduction of the fundamental frequency median and of the total duration as well as by an increase of the spectral noise and of the energy concentrated in the high-frequency harmonics. However, the pattern of alterations connected with sarcastic irony is similar to that observed for a direct criticism (pure sarcasm). This result contradicts the notion of an ironic "tone of voice", which is often referred to in the literature. Sarcastic irony differed from pure sarcasm with respect to a higher total duration of utterances and harmonics-to-noise ratio and a smaller long-term average spectrum slope
Subject: Língua portuguesa - Português falado - Brasil
Ironia
Fonética acústica
Análise prosódica (Linguística)
Atitude (Psicologia)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SILVA, Wellington da. Correlatos prosódicos da expressão da ironia sarcástica no português brasileiro. 2019. 1 recurso online (175 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Campinas, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_WellingtonDa_D.pdf1.98 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.