Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/334505
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Protocolo de informação ao paciente e instrumento de avaliação do conhecimento sobre psoríase em ambulatório especializado
Title Alternative: Patient information protocol and instrument to evaluate knowledge about psoriasis patients in a specialized outpatient clinic
Author: Silva, Dimitri Luz Felipe da, 1991-
Advisor: Magalhães, Renata Ferreira, 1972-
Abstract: Resumo: A psoríase é uma doença inflamatória crônica que pode acometer a pele e articulações, sendo a forma cutânea caracterizada classicamente por lesões eritemato-descamativas decorrentes de um aumento no turn-over celular. Trata-se de doença estigmatizante, pouco conhecida pela população, sendo papel do médico assistente fornecer informações e tratamentos individualizados, aumentando a adesão ao tratamento e bem-estar. Sabe-se que o tempo de consulta é curto e nem sempre o paciente grava todas as informações proferidas pelo médico, ou este não as passa completamente, por isso, buscou-se avaliar o grau de conhecimento dos pacientes sobre sua doença e a capacidade de entendimento e utilidade de um material complementar à consulta. Para tanto, lançou-se mão de um instrumento para promoção de educação em saúde através de material escrito ou em vídeo. De acordo com a intervenção educacional promovida, houve randomização em dois grupos: panfleto e vídeo, ambos contemplando o mesmo conteúdo teórico. Um questionário sobre conceitos básicos foi aplicado antes e depois do material a fim de mensurar o conhecimento acerca da doença. Foram selecionados 74 pacientes (idade média 50,5 anos), com 82% apresentando a forma em placas e 37% em uso de drogas imunobiológicas, sendo que deles 70% fizeram uso de metotrexate em um determinado momento de seu tratamento. Quanto aos conhecimentos, foi demonstrada boa compreensão da natureza não infecciosa da afecção (97%), porém pouca compreensão quanto à fisiopatologia básica da doença, 78% mostrou conhecimento sobre os sinais precoces de artrite. Participantes de nível médio e superior tiveram mais acertos que os de fundamental. Não houve diferença estatística na comparação das questões individualmente e entre os grupos, porém quando comparadas as médias de acertos, nota-se aumento significativo no grupo exposto ao panfleto. Os dados encontrados estão em consonância com os achados na literatura e mostram que algumas informações passadas nas consultas são fixadas pelos pacientes porém outras formas de abordagem educativa são recomendadas e podem ser alternativas complementares na educação do paciente, através da melhora do conhecimento e adesão. O produto final deste trabalho consiste no meio de disseminação sobre diversas dermatoses, no ambiente da sala de espera dos ambulatórios, a começar pela psoríase

Abstract: Psoriasis is a chronic inflammatory disease that can affect the skin and joints, the cutaneous form being classically characterized by erythematous-squamous lesions resulting from an increase in cellular turnover. It is a stigmatizing disease due to the lack of knowledge by the great part of the population, being the role of the physician assistant the use of individualized information and treatments, thus increasing adherence to treatment and promoting well-being. It is known that the time of consultation is short and not always the patient records all the information given by the doctor, or it does not pass completely. Therefore, this paper presents an instrument for the promotion of health education through written or video material. According to the educational intervention promoted, there was randomization in two groups: pamphlet and video, both with the same theme and information. A questionnaire on basic concepts was applied before and after the material in order to measure knowledge about the disease. A total of 74 patients (mean age 50.5 years) were selected, with 82% having plaque form and 37% using immunobiological drugs, which 70% used methotrexate at a given time of treatment. The material was approved and considered useful by 66% of the individuals. As to the knowledge, a good understanding of the noninfectious nature of the disease (97%) was demonstrated, but understanding about the basic pathophysiology of the disease was little, 78% showed knowledge about the early signs of arthritis. Participants of middle and higher level had more correct answers than those of elementary. There was no statistical difference in the comparison of the questions individually and between the groups, however when the means of correct answers were compared, a significant increase was observed in the group exposed to the pamphlet. The findings are in line with those found in the literature and show that some information passed on the appointments are fixed by patients but other forms of educational approach are recommended and can be a complementary alternative in patient education by improving the knowledge and treatment adherence
Subject: Psoríase
Educação em saúde
Processo saúde-doença
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SILVA, Dimitri Luz Felipe da. Protocolo de informação ao paciente e instrumento de avaliação do conhecimento sobre psoríase em ambulatório especializado. 2019. 1 recurso online (75 p.) Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/334505. Acesso em: 16 Dec. 2020.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_DimitriLuzFelipeDa_M.pdf3.15 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.