Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/334493
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Agricultura e memória social : o trabalho de sitiantes dos bairros rurais Córrego Bonito Delgado e Frades em Limeira - SP
Title Alternative: Agriculture and social memory : the work of peasants from the rural neighborghoods Córrego Bonito Delgado and Frades in Limeira, State of São Paulo
Author: Pinto, Tiago Evandro, 1988-
Advisor: Gemma, Sandra Francisca Bezerra, 1964-
Abstract: Resumo: Nesta pesquisa parte-se da experiência do trabalho de sitiantes oriundos dos bairros rurais Córrego Bonito Delgado e Frades no município de Limeira ¿ SP. Bairro rural compreende uma agregação de famílias que reproduzem o modo de vida de sitiante, de camponês, dentro de suas unidades de produção, o sítio camponês. Os bairros rurais apresentam-se como formação socioespacial, como lugar de vida, de referência e são produzidos pela lógica camponesa como modo de vida. Este modo de vida é centralizado pela força de trabalho familiar, grupo que tem no trabalho na terra o engajamento para a reprodução da vida. A agricultura, assim, é a prática pela qual os sitiantes mantêm-se a partir de um saber e de uma técnica. A organização e divisão social do trabalho camponês operam, assim, por um saber-fazer relacionado a uma técnica para a produção de cultivos que possibilitem sua reprodução social. Técnica que passou por grandes transformações, partindo de uma natureza artesanal para a absorção da mecanização e uso de insumos e defensivos químicos no contexto da expansão do modelo de agricultura da "revolução verde". O objetivo nesta pesquisa, então, foi narrar a experiência do trabalho no campo e a percepção das mudanças pelos sitiantes. Procedeu-se à história oral como metodologia, como construção de narrativas sobre a experiência espaço-temporal, considerando a memória social como produto desta experiência de teor epistemológico e político. Deste modo, a partir desta metodologia, construiu-se a história dos bairros, de suas instituições sociais e lugares simbólicos. E verificou-se que a mecanização e o uso de produtos químicos na agricultura promoveram intensificação da produtividade, contudo questões econômicas como a sujeição da renda da terra pelas indústrias de suco de laranja da região e mais atualmente pela produção de cana-de-açúcar não têm permitido uma continuidade destes sitiantes no trabalho na própria terra, além também dos custos de produção e da falta de força de trabalho. Contudo, o espírito coletivo permitiu a formação da Associação dos Produtores Agrícolas de Limeira ¿ APAL, sediada no bairro dos Frades. Assim, o desejo de manterem-se na vida na roça tem sido uma forma de resistência, vida associada à ligação com a terra e com a família no trabalho

Abstract: This research is based on the experience of the work of peasants from the rural neighborhoods Córrego Bonito Delgado and Frades in the municipality of Limeira, State of São Paulo. Rural neighborhood comprises an aggregation of families that reproduce the way of life of peasant, within their production units, the peasant site. Rural neighborhood present themselves as socio-spatial formation, as a place of life, of reference and are produced by the peasant logic as a way of life. This way of life is centralized by the family labor force, a group that has in the work on glebe the engagement for the reproduction of life. Agriculture, therefore, is the practice by which the peasants keep themselves from a knowledge and a technique. The organization and social division of peasant labor thus operate by a know-how related to a technique for the production of crops that enable its social reproduction. Technique that underwent great transformations, starting from an artisanal nature for the absorption of the mechanization and use of chemical inputs and defenses in the context of the expansion of the model of agriculture of the "green revolution". The objective of this research, then, wasto narrate the experience of the work in the field and the perception of the changes by the peasants. Oral history was used as methodology, as the construction of narratives about the space-time experience, considering social memory as the product of this experience of epistemological content. Thus, from this methodology, the history of the neighborhoods, their social institutions and symbolic places was constructed. And it has been found that mechanization and the use of chemicals in agriculture have promoted increased productivity, yet economic issues such as the subjection of land rent by the orange juice industries of the region and more currently by the production of sugar cane has not allowed a continuity of these peasants in the work in own land, besides, also of the costs of production and the lack of work force. However, the collective spirit allowed the formation of the Association of Agricultural Producers of Limeira - APAL, based in the rural district of Frades. Thus, the desire to keep the life in the countryside has been a form of resistance, a life that is associated with the land and with familiar labor
Subject: Bairros
Camponeses
Trabalho
Evolução social
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: PINTO, Tiago Evandro. Agricultura e memória social: o trabalho de sitiantes dos bairros rurais Córrego Bonito Delgado e Frades em Limeira - SP. 2019. 1 recurso online (124 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Aplicadas, Limeira, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:FCA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pinto_TiagoEvandro_M.pdf5.2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.