Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/334469
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Resistência urbana como insurgência : diversidade e espaço público no Bexiga - São Paulo
Title Alternative: Urban resistance as insurgency : diversity and public space in the Bexiga neighborhood - São Paulo
Author: Gomes, Lucas Ariel, 1990-
Advisor: Pina, Silvia Aparecida Mikami Gonçalves, 1960-
Abstract: Resumo: A cidade enquanto local de oportunidades viabilizadas pelos benefícios da aglomeração contrasta com os cenários de precariedade e segregação que frequentemente caracterizam as realidades urbanas. Muitos dos problemas urbanos contemporâneos derivam da segregação socioespacial e da desigualdade no acesso ao direito à cidade. O contraste entre o potencial das cidades e a realidade segregada indica a necessidade de avanços no entendimento das relações que incentivam realidades urbanas mais inclusivas e coesas, que representem processos latentes de resistência ao contexto de configurações urbanas de poder. Alguns lugares, como o bairro do Bexiga, em São Paulo, se caracterizam pela manutenção de seu caráter popular, cultural e do ambiente construído, abrigando diversidade morfológica urbana, socioeconômica e de usos, o que é refletido em sua coesão social e na vitalidade de seus espaços públicos. Neste contexto, o objetivo desta pesquisa é identificar a possível contribuição das diversidades espaciais e sociais para a construção da resistência urbana compreendida como insurgência perante as pressões imobiliárias de descaracterização e homogeneização que atuam sobre o bairro. Para isto, busca identificar quais os fatores, configurações e relações espaciais e sociais que podem se articular para incentivar a resistência urbana, através das diversidades socioeconômicas e morfológicas, manifestadas na espacialidade do espaço público e na temporalidade do cotidiano por atores coletivos. Desse modo, se realiza um estudo de caso no bairro do Bexiga, onde se analisam as diferentes dimensões da resistência do bairro, com ênfase em sua dimensão espacial, de modo a viabilizar a investigação do papel da diversidade na construção dessa resistência coletiva baseada em práticas cotidianas. Espera-se que a pesquisa e seus resultados possibilitem o maior entendimento das relações espaciais e sociais que incentivem a construção de realidades urbanas mais equitativas e também contribua no avanço dos estudos sobre o Bexiga

Abstract: The city as a place of opportunities made possible through the benefits of urban density contrasts with a constant scenario of lack and segregation that often characterizes urban realities. Many of the contemporary urban issues result from socio-spatial segregation and the uneven access to urban infrastructure, i.e., an uneven right to the city. The contrast between the cities¿ potential and the segregated urban reality shows the need for further research to understand relations that may have the power to encourage more inclusive and cohesive urban realities, which represents latent processes of resistance to urban configurations of power. The Bexiga neighborhood, downtown Sa?o Paulo, is known for your long-lasting popular character, culture, and architecture. Besides, it shelters a diversity of urban morphology, populations, and of uses, what is reflected on its social cohesion and vitality of its public spaces. In this context, the present research proposes to identify the possible spatial and social diversities contribution to the construction of an urban resistance understood as insurgency towards the active pressures of the urban dynamics led by the real state market. In order to explore the relations that construct and shape the urban resistance, it is intended to identify which are the factors, configurations and socio-spatial relations that are articulated to encourage it, through the spatial and social diversity manifested in the public space, on the daily life, by collective actors. Therefore, the research is a case study structured by the analysis of the various dimensions of the neighborhoods resistance, with an emphasis on its spatial dimension, in such a way to make the investigation of the diversities role to the construction of the collective resistance based on everyday practices feasible. The present research and its outcomes aim to provide a better understanding of the spatial and social relations that may encourage and enable more equitable urban realities and also represent a contribution to the studies regarding the Bexiga neighborhood
Subject: Espaços públicos
Diversidade
Cotidiano
Espaços públicos - Bexiga, São Paulo (SP)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: GOMES, Lucas Ariel. Resistência urbana como insurgência: diversidade e espaço público no Bexiga - São Paulo. 2019. 1 recurso online (195 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, Campinas, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:FEC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Gomes_LucasAriel_M.pdf46.31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.