Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/334444
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Efeito da deglutição com esforço como técnica reabilitadora na deglutição de pacientes com doença de Parkinson
Title Alternative: Effect of effortful swallow as rehabilitative technique in the swallowing function of patients with Parkinson's disease
Author: Camargo, Lara Jorge Guedes de, 1969-
Advisor: Crespo, Agrício Nubiato, 1958-
Abstract: Resumo: Introdução: Na doença de Parkinson (DP), os pacientes podem apresentar disfagia. A queixa tem relação com a evolução da doença e o comprometimento no mecanismo da deglutição. A Deglutição com esforço (DE) é uma manobra para disfagia que propicia aumento da amplitude do movimento posterior da língua, da pressão faríngea e da propulsão oral com melhora na fase orofaríngea da deglutição, favorecendo maior segurança durante a deglutição. Quando a manobra para disfagia for precedida de treinamento muscular e realizada no mínimo por seis semanas, com repetições de três a quatro vezes por semana, pode ser considerada como técnica reabilitadora. Objetivos: Analisar os efeitos da intervenção da DE como técnica reabilitadora no mecanismo da deglutição e na qualidade de vida em pacientes com DP sem queixa de deglutição. Métodos: Dos 19 participantes do Proparki em estágio de 1-3 (H&Y) sem queixa de deglutição, 11 foram submetidos à intervenção fonoaudiológica em 2015 (Grupo Intervenção) e 8 não realizaram terapia fonoaudiológica por dois anos, o Grupo Controle. Foram submetidos ao Questionário SWAL-QOL, Videoendoscopia da deglutição (VED) e Videofluoroscopia da deglutição (VFC) em dois momentos, com intervalo de 9 semanas. A intervenção constou de 26 sessões em grupo de 40min/dia, 3vezes/semana. Nas três primeiras semanas, realizaram treinamento muscular, por meio de exercícios orofaciais de fortalecimento e mobilidade dos lábios e língua. Na 4ª e 5ªsemana, os exercícios orofaciais foram alternados com a sequência de DE reabilitadora de saliva. Na 6ª e 7ª semana, realizaram somente as sequências de DE reabilitadoras de saliva. Nas duas últimas semanas, realizaram sequências de DE reabilitadora com goles de água, alternadas com DE reabilitadora de saliva. As amostras de videos foram analisadas por juízes (duplo cego) e considerados os dados com maior confiabilidade (Kappa=0,91 na VED e Kappa=0,84 na VFC). Houve análise da classificação da deglutição e da presença de penetração e aspiração, avaliadas pela VED e VFC. Na VED foram consideradas as piores respostas dos parâmetros: localização do disparo da deglutição, localização das estases e números de deglutições para limpeza. As amostras da VFC foram analisadas pelos componentes do Modified Barium Swallow Impairment (MBSImp). Os dados sofreram análise estatística descritiva em relação aos grupos e fases pré e pós e tratados pelo teste Exato de Fisher e Mann-Whitney; pelo GLM, GMM para verificar o efeito. Adotado o nível de significância de 5%. Resultados: Maioria de homens com idade média de 70,1a (dp:6,95). Nos pârametros da VED, houve diferença na localização do disparo da deglutição (p=0,024*). Pelo MBSImp, redução da alteração faríngea (p=0,004*; ?p²=0,413). Quanto à qualidade de vida relacionada à deglutição (SWAL-QOL), no GI houve aumento do escore do questionário no domínio "Frequência de Sintomas" (p=0,014*) e diminuição do escore nos domínios "Seleção de alimentos" (p=0,037*), "Medo de se alimentar" (p=0,024*) e "Saúde mental" (p=0,049*). Conclusão: DE como técnica reabilitadora propiciou efeito na deglutição quanto à localização do disparo da deglutição e redução de alteração faríngea. Modificou a qualidade de vida relacionada à deglutição dos participantes com DP sem queixa de deglutição

Abstract: Introduction: Patients with Parkinson¿s disease (PD) have dysphagia, the complaint is related to disease progression and commitment in the swallowing mechanism. The Effortful Swallow (ES) can provide an increase in muscle strength, in the amplitude of the further movement of the tongue, pharyngeal pressure and propulsion with improved oral phase of swallowing, resulting in an improvement of swallowing. When the maneuver is preceded of muscle training, performed at least for six weeks, with four replicates three times a week, it can be considered rehabilitative technique. Objectives: To analyze the effects of the intervention of ES as rehabilitative technique in the mechanism of swallowing and quality of life in PD patients without complaint of swallowing. Methods: Of the 19 participants of Proparki in the stage 1-3 (H&Y) without swallowing complaint, 11 underwent the intervention in 2015 (Intervention Group), and 8 didn¿t underwent of therapy for two years, the Control Group. All were undergoing the SWAL-QOL Questionnaire, Fiberoptic endoscopic evaluation of swallowing (FEES), Videofluoroscopic swallowing study (VFSS), in two moments (pre- and post-phase) with an interval of 9 weeks. The interventions consisted of 26 group sessions of 1 hour a day, 3 times a week. During 3 weeks, they performed muscle training through orofacial exercises for strengthening and mobility of the lips and tongue. The ES as rehabilitative technique with saliva were from the 4th to the 5th week, alternating with orofacial exercises. In the 6th and 7th weeks, performed only the sequence of ES rehabilitative technique of saliva. And ES as rehabilitative technique with sips of water, used for the two last weeks. Samples of videos were analyzed by judges (double blind) and were considered the higher reliable data (Kappa test: in FEES=0.91; and 0.84, in VFSS). There was an analysis of classification, penetration and aspiration by FEES and VFSS. In FEES it was considered the worst response of the parameters: location of the swallowing trigger, location of the residue, and how much swallowing was necessary to perform cleaning. The VFSS samples were analyzed by the components of the Modified Barrium Swallow Impairment (MBSImp). The data underwent descriptive statistical analysis in relation to the groups and pre- and post-phases; it was analyzed by Fisher's exact test and Mann-Whitney test; by the GLM and GMM to verify the effect. The significance level of 5% was adopted. Results: The majority of men were average age 70,1yrs (SD: 6.95). In the parameters of the FEES, in the IG there was a difference in location of the swallowing trigger (p=0.024) and In the MBSImp there was a decrease in pharyngeal impairment (p=0.004; ?p²=0.413). In the SWAL-QOL Questionnaire, in the IG there was a score increase in "Frequency of symptoms" domain (p=0.014) and a decrease in "Selection of food" (p=0,037), "Fear of feeding" (p=0,024) and "Mental Health" (p=0.049). Conclusions: The ES rehabilitative techniques provided change in the location of the swallowing trigger and a decrease of pharyngeal impairment. Changed the quality of life related to swallowing of the participants with PD without complaint of swallowing
Subject: Deglutição
Doença de Parkinson
Instrumentação
Ensaio clínico
Fonoaudiologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CAMARGO, Lara Jorge Guedes de. Efeito da deglutição com esforço como técnica reabilitadora na deglutição de pacientes com doença de Parkinson. 2019. 1 recurso online (115 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Camargo_LaraJorgeGuedesDe_D.pdf2.17 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.