Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/334339
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Aspectos retóricos e poéticos em Jonathan Edwards : uma análise de Heaven, a world of love
Title Alternative: Rhetorical and poetic aspects in Jonathan Edwards : an analysis of Heaven, a world of love
Author: Correia, Raynara Karenina Veríssimo, 1992-
Advisor: Lopes, Marcos Aparecido, 1968-
Abstract: Resumo: Através de um levantamento bibliográfico de cunho qualitativo, esta dissertação de mestrado teve como objetivo principal analisar os aspectos retóricos e poéticos do sermão Heaven, a World of Love, último da série Charity and its fruits, pregada por Jonathan Edwards em 1738 e publicada apenas postumamente. Trata-se uma exegese de 1 Coríntios 13 sobre a necessidade da manifestação das virtudes cristãs, sendo a caridade ou amor a maior delas, sendo, portanto, a única que permanecerá no universo celestial de forma aperfeiçoada e suprema quando todas as demais cessarem. Dada a relevância do autor da obra no contexto norte-americano, considerado até hoje como um ícone na história eclesiástica da América, este trabalho se justifica por abordar os sermões mediante um viés crítico-literário, possibilitando a interpretação dos conceitos que lhe são subjacentes. Analisar Jonathan Edwards por este ângulo nos permitiu compreender a importância da literatura em sua elocutio. Além disso, o estudo de seus escritos no contexto universitário é uma forma de viabilizar o acesso ligado a questões culturais, políticas, filosóficas e literárias. Para realizar este trabalho, compusemos três capítulos principais, nos quais tratamos, em primeiro lugar, acerca da retórica, fazendo um apanhado histórico sobre o tema, a fim de entendermos o seu funcionamento geral e de destacarmos quais os aspectos da mesma mais se evidenciam no texto analisado. No capítulo seguinte, nos detivemos à retórica no âmbito da Reforma Protestante, com o intuito de saber como esta veio a ecoar no Puritanismo. Para isso, tivemos a pretensão de investigar como a tradição da retórica reformada foi incorporada por meio de personagens fundamentais do movimento, como Martinho Lutero (1483-1546), que oficializou o início do mesmo, e João Calvino (1509-1564), considerado o maior exegeta da reforma; afetando posteriormente o movimento puritano, do qual destacamos William Perkins (1558-1602), que legou a história um dos manuais de homilética mais vendidos na sua época, até chegar em Jonathan Edwards, em outro continente, dois séculos depois. No capítulo final, nos dedicamos à análise do sermão proposto. Para realizá-la, nos ocupamos da dispositio, que se refere a ordenação do discurso, sua disposição, e também da elocutio, que são as expressões linguísticas dos pensamentos formulados na inventio. Escolhemos estas etapas pois entendemos que tais se constituem como imprescindíveis para que haja o sucesso da elaboração discursiva. Como resultado, constatamos que Edwards se apropriou de diversos recursos estéticos, como figuras de linguagens e dispositivos mnemotécnicos, dos quais podemos destacar a sinestesia e a anáfora, além da ascendência tríplice de sinônimos ou adjetivos, a fim de promover o efeito retórico desejado no público, a conversão, fosse pela comoção, pelo medo ou pelo afeiçoamento à beleza. Isto posto, este estudo servirá de base para entendermos mais claramente como a tradição retórica atravessou séculos e continentes, desde Córax e Tísias (465 a.C) até sua influência em Jonathan Edwards (1703-1758). Com um trabalho desta natureza, será possível também abordar a história da hermenêutica e sua vinculação com a retórica, abrindo caminhos para futuras análises concernentes a sermonística puritana e suas relações com a poética literária

Abstract: Through a qualitative bibliographical research, this master thesis aimed to analyze the rhetorical and poetic aspects of the sermon Heaven, World of Love, the last of the Charity and its fruits series, preached by Jonathan Edwards in 1738, and published only posthumously. It is an exegesis of 1 Corinthians 13 about the need for the manifestation of Christian virtues, which charity or love is the highest, and therefore the only one that will remain in the celestial universe of enhanced and supreme when all the others cease. Given the relevance of the author of the sermons in the North American context, considered until nowadays as an icon in the ecclesiastical history of America, this work is justified by addressing the sermons by a critical-literary bias, enabling the interpretation of its underlying concepts. Analyzing Jonathan Edwards from this angle allowed us to understand the importance of literature in the elocutio of his sermons. In addition, the study of his writings in academic settings is a way to enable access on cultural, political, philosophical and literary issues. To carry out this work, we wrote three main chapters, in which we deal, first, about the rhetoric, by providing a historical overview on the subject to understand their overall operation and to stand out which aspects of it are becoming more apparent in text analyzed. Secondly, we dwell on the rhetoric in the scope of the Protestant Reformation, to know how it has echoed in Puritanism. In order to do so, we sought to investigate how the tradition of reformed rhetoric was incorporated through the fundamental characters of the movement, such as Martin Luther (1483-1546), who officialized the beginning of it; and John Calvin (1509-1564), considered the greatest exegete of the reform; later affecting the Puritan movement, of which William Perkins (1558-1602) is highligthed for having bequeathed to history one of the best-selling homiletics manuals of his time until to affect Jonathan Edwards on another continent two centuries later. In the last chapter, we focused on the analysis of the proposed sermon. To carry it out, we deal with the dispositio, which refers to the ordering of discourse, its disposition, and also the elocutio, which are linguistic expressions of the thoughts formulated in the invention. We chose these stages because we understand that these are essential for the success of the discursive elaboration. As a result, we found that Edwards appropriated several aesthetic features such as figures of speech and mnemonics devices, of which we can highlight the synesthesia and anaphora, plus the triple descent synonyms or adjectives in order to promote the desired rhetorical effect on public, the conversion, no matter if by commotion, fear or attachment to beauty. That said, this study will provide the basis to understand more clearly how the rhetorical tradition has crossed centuries and continents, from Corax and Tisias (465 BC) to its influence in Jonathan Edwards (1703-1758). With a work of this nature, it will also be possible to approach the history of hermeneutics and its connection with rhetoric, paving the path for future analyzes concerning the puritanical sermon and its relations with literary poetics
Subject: Edwards, Jonathan, 1703-1758
Retórica
Poética
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CORREIA, Raynara Karenina Veríssimo. Aspectos retóricos e poéticos em Jonathan Edwards: uma análise de Heaven, a world of love. 2019. 1 recurso online (76 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Campinas, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Correia_RaynaraKareninaVerissimo_M.pdf1.27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.