Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/334324
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Comportamento de resinas compostas dentais diante de fenomenos tribologicos : influencia de aspectos microestruturais e de condições de contato
Author: Turssi, Cecilia Pedroso
Advisor: Serra, Mônica Campos, 1964-
Abstract: Resumo: A busca pelo aumento na longevidade de restaurações tem impulsionado estudos visando ao aprimoramento de propriedades de resinas compostas. Dentre os aspectos capazes de refinar o desempenho desses materiais, estão a maximização da resistência a processos de desgaste e de biodegradação. Este trabalho, composto por cinco artigos, teve por objetivos: (1) revisar os processos fenomenológicos e moduladores envolvidos em processos de desgaste de resinas compostas; (2) avaliar a influência de fatores microestruturais - tamanho e geometria de partículas de carga - no desgaste e grau de conversão de resinas compostas experimentais e sugerir a relação entre ambas variáveis de reposta; (3) verificar o efeito de condições de contato, proporcionadas por diferentes lubrificantes, no comportamento de uma resina composta no decorrer de ensaios de desgaste abrasivo; (4) correlacionar a rugosidade superficial, resultante do emprego de diferentes métodos de acabamento e polimento, com o desgaste abrasivo com três corpos de resinas compostas e (5) monitorar, através de um modelo in situ, o efeito de diferentes técnicas de acabamento e polimento na textura superficial ao longo do tempo de exposição intrabucal de resinas compostas. Com base nos protocolos experimentais adotados, concluiu-se que com o entendimento dos fenômenos envolvidos no desgaste houve o fornecimento de subsídios e identificação de aspectos capazes de contribuir para o refinamento da resistência ao desgaste de resinas compostas. Demonstrou-se que o tamanho e forma das partículas de carga modularam o desgaste de resinas compostas, sendo que a presença de partículas menores em determinados sistemas mono, bi ou trimodais causou redução na magnitude do desgaste, sem prejuízo ao grau de conversão de resinas compostas. Aparentemente, não houve qualquer relação entre a taxa de conversão de monômeros e o desgaste. Sob o ponto de vista das condições de contato, a interposição e a natureza de lubrificantes foram de grande importância em ensaios de desgaste abrasivo, sendo que um substituto salivar à base de mucina poderia ser considerado o lubrificante de escolha para estudos laboratoriais de desgaste. Ainda com relação às condições de contato, a textura superficial obtida através de diferentes técnicas de acabamento e polimento não se correlacionou com o subseqüente desgaste abrasivo de resinas compostas. No modelo in situ, na dependência da técnica de acabamento e polimento, constatou-se um aumento ou redução na rugosidade de resinas compostas ao longo de sua exposição ao ambiente bucal

Abstract: The seeking for the improvement of the longevity of restorations has been directing studies toward refining the resin composites' properties. Of the aspects that contribute to this goal are resistance to wear processes and to biodegradation. This study, comprised of five manuscripts, was undertaken to: (1) review the phenomenological processes and modifiers related to wear of resin composites; (2) evaluate the role of microstructural factors - size and geometry of filler particles - on wear and degree of conversion of experimental composites, while suggesting the relationship between both response variables; (3) assess the effect of contact conditions provided by different lubricants on the behavior of a resin composite over abrasive wear simulations; (4) correlate the surface roughness attained by using different finishing and polishing methods with the subsequent three-body abrasive wear of composites and; (5) monitor, by means of an in situ model, the influence of different finishing and polishing techniques on the surface texture of composites over time of intraoral exposure. On the basis of the experimental protocols adopted herein, it was possible to conclude that the understanding of the wear phenomena provided insights into underlying processes and allowed for the identification of aspects capable of contributing to the refinement of the wear resistance of composites. It was demonstrated that the size and shape of filler particles modulated the wear of composites. Especifically, the presence of small filler particles in certain mono-, bi- or trimodal combinations yielded reduced wear magnitude, without compromising the degree of conversion of composites. Apparently, no relationship was found between degree of conversion and wear. From the standpoint of the contact conditions, the interposition and nature of lubricants played an important role on abrasive wear testings. The mucin-based artificial saliva may be considered the lubricant of choice for laboratory wear studies. Still in respect to the contact conditions, the surface texture attained with different finishing and polishing techniques did not correlate with the subsequent abrasive wear of composites. Under the in situ condition, depending on the finishing and polishing technique, smoothness of composites increased or decreased over time of intraoral exposure
Subject: Resinas compostas
Desgaste mecânico
Aspereza de superfície
Conversão
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: TURSSI, Cecilia Pedroso. Comportamento de resinas compostas dentais diante de fenomenos tribologicos: influencia de aspectos microestruturais e de condições de contato. 2005. 123 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/334324. Acesso em: 5 ago. 2019.
Date Issue: 2005
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Conteudo_Informativo.pdf57.76 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.