Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/334212
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.CRUESPUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINASpt_BR
dc.descriptionOrientador: Gilberto de Nuccipt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicaspt_BR
dc.format.extent1 recurso online (221 p.) : il., digital, arquivo PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relation.requiresRequisitos do sistema: Software para leitura de arquivo em PDFpt_BR
dc.typeTESE DIGITALpt_BR
dc.titleFarmacocinética, eficácia e segurança de uma nova formulação tópica nanotecnológica de lidocaína 25 mg/g e prilocaína 25 mg/g em pacientes adultos e pediátricospt_BR
dc.title.alternativePharmacokinetics, efficacy and safety of a new nanotechnological formulation of lidocaine 25 mg/g and prilocaine 25mg/g in adults and pediatrics patientspt_BR
dc.contributor.authorGobbato, Cintia Aparecida Rodrigues Santiago, 1970-pt_BR
dc.contributor.advisorDe Nucci, Gilberto, 1958-pt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciências Médicaspt_BR
dc.contributor.nameofprogramPrograma de Pós-Graduação em Farmacologiapt_BR
dc.subjectNanocápsulaspt_BR
dc.subjectLidocaínapt_BR
dc.subjectPrilocaínapt_BR
dc.subjectMolusco contagiosopt_BR
dc.subjectLaser de gaspt_BR
dc.subject.otherlanguageNanocapsulesen
dc.subject.otherlanguageLidocaineen
dc.subject.otherlanguagePrilocaineen
dc.subject.otherlanguageMolluscum contagiosumen
dc.subject.otherlanguageLasers, Gasen
dc.description.abstractResumo: A nanotecnologia pode aumentar a velocidade de penetração de fármacos na pele. Dermatologistas realizam muitos procedimentos que requerem o controle da dor aguda com anestesia local e controle da dor pós-operatória. O anestésico tópico ideal deve fornecer analgesia eficaz, ter início rápido, duração prolongada e efeitos colaterais mínimos. A seleção de um anestésico tópico apropriado depende da farmacologia e da superfície cutânea à qual ele é aplicado. Injeções de anestésicos locais são dolorosas, podem agravar a ansiedade e causar edema tecidual distorcendo o local da cirurgia portanto a aplicação direta tópica de soluções anestésicas é mais atraente. Para obter penetração mais rápida e eficaz dos compostos ativos tem-se desenvolvido alternativas aos cremes anestésicos convencionais, como iontoforese, eletroporação, eletroincorporação, adesivos e nanotecnologia. A nanotecnologia é uma das técnicas promissoras que podem auxiliar no desenvolvimento de melhores formulações anestésicas tópicas. As nanocápsulas são compostas por um recipiente polimérico disposto ao redor de um núcleo oleoso com o fármaco dissolvido no núcleo e/ou adsorvido à parede polimérica. Com base nesta ideia, foi desenvolvida uma nova formulação nanotecnológica de um anestésico tópico contendo 25 mg/g de lidocaína e 25 mg/g de prilocaína com 50% dos ingredientes ativos em nanocápsulas e os 50% restantes em forma de seus sais. Os objetivos da tese foram avaliar a segurança, tolerabilidade, ocorrência de eventos adversos de natureza sistêmica, bem como ocorrência de reações cutâneas imediatas e tardias, após a aplicação na prevenção da dor no tratamento crioterápico em pacientes pediátricos (Estudo I) com lesões de molusco contagioso; assim como, avaliar a eficácia do produto comparada ao placebo quando aplicado em adultos (Estudo II) para redução da dor decorrente do tratamento da região frontal com laser de CO2 fracionado (AcuPulse®) na fluência de 5 mJ e concentração 5% além de também avaliar possíveis reações dermatológicas aos princípios ativos da formulação e o grau de absorção sistêmica a partir das concentrações plasmáticas em um subgrupo de participantes. Resultados: Estudo I- 20 pacientes (12 meninos e 8 meninas) com idade entre 2 a 11 anos. Todos concluíram as etapas do estudo, não houve eventos adversos, apenas observadas reações cutâneas em dois pacientes não relacionadas ao nanoanestésico. Estudo II-120 pacientes (90 do sexo feminino e 30 do sexo masculino) com idade entre 18 a 70 anos. Houve redução da dor acima de 30 % em todos os tempos (imediatamente, 30, 60 e 90 minutos) com razão das médias (nanoanestésico / placebo) 0,572, 0,416, 0,386 e 0,373 respectivamente. Não houve nenhuma reação cutânea relacionada ao nanoanestésico e Cmax da lidocaína foi de 14,20 ng/mL e da prilocaína 5,36 ng/mL. Conclusão: O nanoanestésico demostrou segurança, tolerabilidade, sem ocorrência de eventos adversos de natureza sistêmica e sem ocorrência de reações cutâneas imediatas e tardias em crianças. Foi eficaz comparado ao placebo quando aplicado para redução da dor decorrente do tratamento da região frontal com laser de CO2 fracionado em adultos, sem reações dermatológicas aos princípios ativos. Os níveis plasmáticos permaneceram muito abaixo dos níveis séricos considerados tóxicospt
dc.description.abstractAbstract: Nanotechnology can increase the speed of penetration of drugs into the skin. Dermatologists perform many procedures that require acute pain control with local anesthesia and management of postoperative pain. The ideal topical anesthetic should provide effective and painless analgesia, rapid onset, prolonged duration and minimal side effects. The selection of an appropriate topical anesthetic depends on the pharmacology and the cutaneous surface to which it is applied. Injections of local anesthetics are painful, may aggravate anxiety and cause tissue edema distorting the site of surgery, direct topical application of anesthetic solutions is more attractive. To obtain more rapid and effective penetration of the active compounds alternatives to conventional anesthetic creams have been developed, such as iontophoresis, electroporation, eletroincorporation, adhesives and nanotechnology. Nanotechnology is one of the promising techniques that may aid development of better topical anesthetic formulations. Nanocapsules are composed of a polymeric container arranged around an oily core with the drug dissolved in the core and / or adsorbed to the polymer wall. Based on this idea, a new nanotechnological formulation of a topical anesthetic containing 25 mg/g of lidocaine and 25 mg/g of prilocaine with 50% of the active ingredients in nanocapsules and the remaining 50% in the form of its hydrochloride salts was developed. The aim of this study were: to evaluate the safety, tolerability, occurrence of systemic adverse events, as well as occurrence of immediate and delayed skin reactions, in the prevention of pain in the cryotherapy treatment in pediatrics patients (Study I) with lesions of molluscum contagiosum applied in a area not exceeding 8cm²; as well as evaluating the efficacy of the product compared to placebo when applied to reduce pain in adults (Study II) resulting from treatment of the forehead with fractional CO2 laser (AcuPulse¿) at a fluency of 5 mJ and 5% concentration as well evaluate possible dermatological reactions to the active principles of the formulation and the degree of systemic absorption from the plasma concentrations in a subgroup of participants. Results: Study I- 20 patients (12 boys and 8 girls) aged 2 to 11 years. All concluded the study protocol; there were no adverse events, only observed in two patients skin reactions not related to the nanoanesthetic. Study II-120 patients (90 females and 30 males) aged 18 to 70 years. There was a reduction of pain above 30% at all times (immediately, 30, 60 and 90 minutes) with the mean ratio (nanoanesthetic / placebo) 0.572, 0.416, 0.386 and 0.373 respectively. There was no cutaneous reaction related to nanoanesthetic and Cmax of lidocaine was 14.20 ng/mL and prilocaine 5.36 ng/mL. Conclusion: The nanoanesthetic showed safety, tolerability, no occurrence of adverse events of a systemic nature and no occurrence of immediate and delayed skin reactions in children. It was effective, compared to placebo when applied for pain reduction resulting from treatment of the forehead with fractional CO2 laser in adults, without dermatological reactions to the active principles. Pharmacokinetic levels remained well below serum toxic levelsen
dc.publisher[s.n.]pt_BR
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.citationGOBBATO, Cintia Aparecida Rodrigues Santiago. Farmacocinética, eficácia e segurança de uma nova formulação tópica nanotecnológica de lidocaína 25 mg/g e prilocaína 25 mg/g em pacientes adultos e pediátricos. 2019. 1 recurso online (221 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP.pt_BR
dc.description.degreelevelDoutoradopt_BR
dc.description.degreedisciplineFarmacologiapt_BR
dc.description.degreenameDoutora em Farmacologiapt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameMartins, Rodrigo Alvaro Brandão Lopespt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameBraga, Angélica de Fátima de Assunçãopt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameConrado, Luciana Archettipt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameNascimento Junior, Paulopt_BR
dc.date.defense2019-02-22T00:00:00Zpt_BR
dc.date.available2019-06-13T14:02:38Z-
dc.date.accessioned2019-06-13T14:02:38Z-
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2019-06-13T14:02:38Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Gobbato_CintiaAparecidaRodriguesSantiago_D.pdf: 15522601 bytes, checksum: 0eb848d1f01ab320842dc22a68a4f6f0 (MD5) Previous issue date: 2019en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/334212-
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Gobbato_CintiaAparecidaRodriguesSantiago_D.pdf15.16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.