Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/333917
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Desenvolvimento e validação de protocolo de atendimento para pênfigos vulgar e foliáceo e penfigoide bolhoso da Universidade Estadual de Campinas
Title Alternative: Development and validation of protocol of care for pemphigus vulgaris and foliaceus and bullous pemphigoid of University of Campinas
Author: Visentainer, Lorena, 1991-
Advisor: Magalhães, Renata Ferreira, 1972-
Abstract: Resumo: Fundamentos: As doenças bolhosas autoimunes são verdadeiros desafios diagnósticos e terapêutico. Desde a introdução da corticoterapia, houve importante redução da taxa de mortalidade. No entanto, há muitos efeitos colaterais relacionados ao uso crônico dessa terapia, que podem ser reduzidos com a associação de agentes chamados de poupadores de corticosteroides. Apesar de toda terapêutica disponível, não dispúnhamos de protocolos nacionais para condução dessas dermatoses, sendo que os guidelines internacionais nem sempre são aplicáveis à realidade dos serviços dermatológicos brasileiros. Objetivo: o objetivo desse trabalho foi a elaboração e validação de um protocolo assistencial para tratamento de pênfigos vulgar e foliáceo e penfigoide bolhoso. Métodos: O trabalho foi dividido em duas etapas. Na primeira etapa, duas revisões sistemáticas utilizando bases de dados eletrônicas e portais de busca foram realizadas, segundo a recomendação PRISMA. A primeira revisão foi sobre pênfigos foliáceo e vulgar e a segunda sobre penfigoide bolhoso. Apenas artigos dos últimos cinco anos, relacionados à terapêutica foram selecionados. Na segunda etapa do trabalho, foi desenvolvido um modelo de protocolo assistencial a partir dos níveis de evidências e graus de recomendações das terapêuticas levantadas na etapa anterior. Para validação, esse protocolo foi enviado a sete dermatologistas, com ampla experiência em doenças bolhosas, pertencentes a quatro Universidades do estado de São Paulo, que deveriam escolher se concordavam, discordavam ou eram indiferentes a cada item. Resultados: A análise estatística das respostas teve como objetivo avaliar a concordância dos itens entre os avaliadores. Para isso, foram utilizados o índice de validade de conteúdo (Content Validity Index ¿ CVI) e o teste de Cochran. A média do CVI foi 0,93, o que se traduz na alta concordância em relação aos itens propostos. O P-valor do teste de Cochran foi de 0,3177, que indicou não ter havido diferença estatisticamente significante entre as respostas dos avaliadores. Portanto, todos os itens do protocolo foram mantidos. Discussão e conclusão: No Brasil, ainda há dificuldade de acesso rotineiro a alguns medicamentos, como por exemplo micofenolato e rituximabe, tanto pelo alto custo, quanto pela não regulamentação, sendo necessárias adequações na escolha terapêutica, que foram abordadas em nosso protocolo

Abstract: Introduction: Autoimmune bullous diseases diagnostic and therapeutic are real challenges for dermatologist. Since the introduction of corticotherapy, there has been a significant reduction in the mortality rate. However, there are many side effects related to the chronic use of this therapy, which can be reduced with the association of agents called corticosteroid sparing agents. Despite all available therapy, we did not have national protocols for the management of these dermatoses, and international guidelines are not always applicable to the Brazilian reality. Purpose: The elaboration and validation of an assistance protocol for the treatment of pemphigus vulgaris and foliaceus and bullous pemphigoid. Methods: It was divided into two stages. In the first step, two systematic reviews using electronic databases and search portals were performed according to the PRISMA recommendation. The first review was on pemphigus foliaceus and vulgaris and the second on pemphigoid bullous. Only articles of the last five years related to therapy were selected. In the second stage of the study, a model of care protocol was developed based on the levels of evidence and degrees of recommendations of the therapies raised in the previous stage. For validation, this protocol was sent to seven dermatologists with extensive experience in bullous diseases, belonging to four universities in the state of São Paulo, who should choose whether they agreed, disagreed or were indifferent to each item. Results: The statistical analysis of the answers had as objective to evaluate the agreement of the items among the evaluators. For this, the Content Validity Index (CVI) and the Cochran test were used. The mean CVI was 0.93, which translates into the high agreement in relation to the proposed items. The P-value of the Cochran test was 0.3177, which indicated that there was no statistically significant difference between the respondents' answers. Therefore, all items of the protocol were retained. Discussion and conclusion: In Brazil, there is still difficulty in routine access to some medications, such as mycophenolate and rituximab, both due to high cost and non-regulation, and adjustments in the therapeutic choice are required, which were addressed in our protocol
Subject: Pênfigo
Dermatopatias vesiculobolhosas
Penfigoide bolhoso
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Citation: VISENTAINER, Lorena. Desenvolvimento e validação de protocolo de atendimento para pênfigos vulgar e foliáceo e penfigoide bolhoso da Universidade Estadual de Campinas. 2018. 1 recurso online (91 p.) Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/333917. Acesso em: 16 Dec. 2020.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Visentainer_Lorena_M.pdf1.74 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.