Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/333303
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Derivadas fracionárias : tipos e critérios de validade
Title Alternative: Fractional derivatives : types and validity criteria
Author: Teodoro, Graziane Sales, 1990-
Advisor: Oliveira, Edmundo Capelas de, 1952-
Abstract: Resumo: O número de formulações, na literatura especializada, envolvendo o termo derivada fracionária é grande e esse número vem aumentando. Tendo em vista esse crescente número de definições, nesse trabalho apresentamos dois critérios: o proposto por Ross em 1975 e o proposto por Ortigueira e Machado em 2015 - ambos compostos por cinco propriedades, que nos auxiliam a concluir quando um dado operador é uma derivada fracionária. Classificamos as derivadas de ordem não inteira em três classes distintas, a saber, derivadas clássicas, derivadas locais e derivadas com núcleo não singular. Depois disso, verificamos a real possibilidade de um operador poder ser classificado como derivada fracionária, segundo o critério de Ortigueira e Machado - visto esse ser mais restritivo do que o proposto por Ross. As derivadas clássicas são as que melhores satisfazem o critério proposto por Ortigueira e Machado, podendo assim serem ditas derivadas fracionárias, de acordo com o referido critério. A classe das derivadas locais não pode ser considerada como de derivadas fracionárias por esse critério, sendo assim propomos um novo critério para essa classe de operadores. Já as derivadas com núcleo não singular, em sua grande maioria, não cumprem todas as propriedades do critério em questão. Como aplicação, resolvemos a equação logística linear em sua versão fracionária utilizando três diferentes derivadas ditas fracionárias, sendo cada uma representante de uma classe

Abstract: The number of formulations in specialized literature involving the term fractional derivative is significant and that number has increased. Considering the growing number of definitions, in this thesis, we present two criteria: one proposed by Ross in 1975 and the other proposed by Ortigueira and Machado in 2015 - both have five properties, what helps us to conclude if a given operator is a fractional derivative. We have classified the non-integer order derivatives in three different classes: classic derivatives, local derivative and derivatives without singular kernel. In the sequence, we check the real possibility of a non-integer order derivative be classified as a fractional derivative, according to the criterion of Ortigueira and Machado - which is more restrictive than the one proposed by Ross. Classic derivatives are the ones which best correspond to the criterion proposed by Ortugueira and Machado, being called fractional derivatives, according to that criterion. Local derivatives cannot be considered fractional derivatives by that criterion, therefore we propose a new criterion for this class of operators. Vast majority of derivatives without singular kernel do not satisfy all the properties of the criterion in question. As an application we solve the linear logistic equation in its fractional version using three different fractional derivatives, each one representing a class
Subject: Derivadas fracionárias
Cálculo fracionário
Equações diferenciais fracionárias
Modelos fracionários
Integrais fracionárias
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: TEODORO, Graziane Sales. Derivadas fracionárias: tipos e critérios de validade. 2019. 1 recurso online (182 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Matemática Estatística e Computação Científica, Campinas, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:IMECC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Teodoro_GrazianeSales_D.pdf1.63 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.