Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/333262
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: João Gilberto Noll no cinema : o caso Hotel Atlântico
Title Alternative: João Gilberto Noll into the cinema : Hotel Atlântico's case
Author: Machuca, Jaqueline Castilho, 1984-
Advisor: Gárate, Miriam, 1960-
Abstract: Resumo: Nomadismo, marginalidade e anonimato são temas recorrentes na obra de João Gilberto Noll, autor de treze romances, duas novelas juvenis e três coletâneas de contos. Importante representante da literatura contemporânea brasileira, teve alguns de seus textos adaptados para o cinema, como é o caso de Nunca fomos tão felizes (1983), filme dirigido por Murilo Salles, inspirado no conto "Alguma coisa urgentemente"; Harmada (2003), longa metragem homônimo ao livro levado às telas por Maurice Capovilla; Fúria (2006), curta metragem do diretor Marcelo Laffitte, baseado no romance A fúria do corpo; Hotel Atlântico, adaptado por Suzana Amaral em 2009. Entender como os diretores reconfiguram no cinema os temas propostos pelo autor na literatura é o mote deste trabalho, com enfoque na análise do texto de Amaral. Para tanto, será apresentado um breve estudo dos romances nollianos, a fim de mapear os assuntos mais recorrentes. A errância é um dos tópicos motores dos livros, já que os personagens são, em sua maioria, viajantes. Sem bagagem, sem destino, sem companhia, esses sujeitos transitam por espaços variados. O olhar do protagonista de Hotel Atlântico, tanto no livro quanto no filme, constitui-se na forma de planos curtos e descontínuos, submetidos a um processo de montagem de fragmentos heterogêneos. Em termos de enredo, Noll suprime as conexões -causais, temporais- que corresponderiam a uma organização fluída, apresentando pedaços de estórias que pouco se relacionam. O filme de Suzana Amaral também é construído com planos curtos, cuja trama não apresenta uma relação de causalidade - apesar de utilizar uma montagem clássica sem ousadias estéticas, o que é uma característica da obra pregressa da cineasta, que também será tema deste trabalho

Abstract: Nomadism, marginality and anonymity are recurrent themes in João Gilberto Noll¿s work, author of thirteen novels, two young adult books and three short stories collections. An important representative of contemporary Brazilian literature, he has had some of his texts adapted to the cinema, such as Nunca fomos tão felizes (1983), directed by Murilo Salles, inspired by the short story "Alguma coisa urgentemente"; Harmada (2003), film based on the homonymous book, taken to the movies by Maurice Capovilla; Fúria (2006), short film created by Marcelo Laffitte, based on the novel A fúria do corpo; Hotel Atlântico, adapted by Suzana Amaral in 2009. Understanding how the directors reconfigure in the cinema the themes proposed by the author in the literature is the main goal of this thesis, with focus on the analysis of Amaral's text. Therefore, a brief study of the Nollian novels will be presented, in order to map the recurring subjects. Nomadism is one of the motors of books, since the characters are mostly travelers. Without luggage, destiny, companionship, they travel through varied spaces. Hotel Atlântico's protagonist's view, both in the book and film, is presented through discontinuous layouts, submitted to a process of heterogeneous pieces composition. In terms of plot, Noll suppresses the connections - causal, temporal - that would correspond to a fluid organization, presenting scraps of stories that are little related. Suzana Amaral's film is also constructed with short plans, and her story does not present a causal relation - despite using a classic montage without aesthetic innovations, which is an attribute of the filmmaker's previous work, which will also be discussed in this work
Subject: Noll, João Gilberto, 1946-2017
Amaral, Suzana, 1932-
Adaptações para o cinema
Ficção brasileira
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MACHUCA, Jaqueline Castilho. João Gilberto Noll no cinema: o caso Hotel Atlântico. 2018. 1 recurso online (183 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Campinas, SP.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Machuca_JaquelineCastilho_D.pdf2.28 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.