Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/332900
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Representações sociais de professores sobre as "Dificuldades de Aprendizagem" : efeitos de um processo de intervenção
Title Alternative: Social representation of teachers on "Learning Dificulties" : efects of an intervention process
Author: Garnica, Tamyris Proença Bonilha, 1987-
Advisor: Soligo, Ângela Fátima, 1956-
Abstract: Resumo: O crescente número de alunos encaminhados para atendimento médico ou psicológico revela a influência da lógica medicalizante na Educação, segundo a qual os diferentes modos de ser e estar no mundo passam a ser compreendidos e explicados na dimensão orgânica e biológica, sendo ignorados os aspectos histórico-sociais mais amplos. De acordo com o modo como são compreendidos e interpretados os problemas escolares, as ações e decisões, tomadas no âmbito escolar por professores e gestores, podem levar ao aprofundamento das desigualdades sociais e pouco contribuírem para o processo de aprendizagem. Logo, conhecer as representações sociais dos professores sobre as "dificuldades de aprendizagem", tão recorrentes e naturalizadas nos discursos, e problematizá-las junto aos mesmos, de forma a contribuir para sua ressignificação, é fundamental para a proposição de novos olhares rumo à construção de uma escola verdadeiramente democrática e justa, na contramão das visões medicalizantes e reducionistas. Nesta perspectiva, esta pesquisa objetivou contribuir, por meio de um processo de formação docente reflexiva, para a ressignificação dessas representações, a fim de se construírem novos olhares e possibilidades para os processos de aprendizagem e para a relação professor-aluno. Participaram da pesquisa 30 professores do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental de uma rede de ensino municipal do interior de São Paulo-Brasil; dentre os procedimentos para a produção dos dados, destacam-se: análise de formulários de encaminhamento dos alunos ao serviço de Psicologia Escolar, debates orientados, entrevistas coletivas recorrentes, observação participante. A análise dos dados evidenciou o processo de transformação das representações sociais dos professores, com concepções em permanente transformação, em meio aos processos de ancoragem e objetivação que levaram a múltiplos discursos sobre a aprendizagem escolar: divergentes, coesos e contraditórios. A formação docente tem grande potencial para transformação da realidade à medida em que instaura um espaço/tempo reflexivo e interpretativo que progressivamente estende-se às práticas. Esse estudo constitui relevante contribuição para a área de Psicologia Escolar e Educacional, porque aponta para uma ação em que os professores são atores em seu processo de formação e co-partícipes da produção de significados relevados nas representações sociais. Na perspectiva da formação em Psicologia, revela uma prática que pode e deve ser estudada, uma possibilidade emancipadora de atuação e formação para os futuros profissionais da Psicologia

Abstract: The increasing number of students referred to medical or psychological care reveals the influence of the medical logic in Education, according to which the different ways of being and being in the world are understood and explained in the organic and biological dimension, ignoring the historical- social benefits. According to the way school problems are understood and interpreted, actions and decisions taken by teachers and managers at the school level can lead to the deepening of social inequalities and little contribution to the learning process. Therefore, to know the social representations of teachers about the "learning difficulties", so recurrent and naturalized in the discourses, and to problematize them with them, in order to contribute to their resignification, is fundamental for the proposition of new looks towards the construction of a truly democratic and just school, contrary to the medical and reductionist views. In this perspective, this research aimed to contribute, through a process of reflective teacher training, to the re-signification of these representations, in order to build new looks and possibilities for the learning processes and for the teacher-student relationship. Participated in the research 30 teachers from 1st to 5th year of Elementary School of a municipal education network in a city of de interior of São Paulo-Brasil interior; among the procedures for the production of data, the following stand out: analysis of forms for the referral of students to the School Psychology service, oriented debates, recurrent collective interviews, participant observation. Data analysis evidenced the process of transformation of teachers' social representations, with conceptions in permanent transformation, in the anchoring and objectivation processes that led to multiple discourses about school learning: divergent, cohesive and contradictory. Teacher training has great potential for transforming reality as it establishes a reflective and interpretive space/time that progressively extends to practices. This study constitutes a relevant contribution to the area of School and Educational Psychology, because it points to an action in which teachers are actors in their formation process and co-participants in the production of meanings shown in social representations. From the perspective of training in Psychology, it reveals a practice that can and should be studied, an emancipating possibility of acting and training for the future professionals of Psychology
Subject: Representações sociais
Dificuldade de aprendizagem
Formação docente
Psicologia educacional
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2018
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Garnica_TamyrisProencaBonilha_D.pdf3.26 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.