Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/332791
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Curso para capacitação de instrutores de simulação clínica em enfermagem com uso de ambiente virtual de aprendizagem
Title Alternative: Course for training of clinical simulation instructors in nursing using a virtual learning environment
Author: Oliveira, Danielle Leite de Lemos, 1988-
Advisor: Lopes, Maria Helena Baena de Moraes, 1959-
Abstract: Resumo: A simulação é definida como uma técnica educacional na qual elementos do mundo real são devidamente integrados para alcançar objetivos específicos relacionados com a aprendizagem ou avaliação, isto é, uma metodologia que promove a aprendizagem ativa e significativa, e pode levar aos alunos experiências práticas muito próximas às experiências reais. Já a educação à distância pode ser considerada como uma inovação educacional que favorece a integração de diferentes tecnologias, o que tende a potencializar o aprendizado permitindo flexibilidade ao aprendiz quanto ao tempo de estudo, individualidade em seu aprendizado e ambiente favorável à interação constante com o educador e colegas. Objetivos: A presente pesquisa teve como objetivo geral desenvolver, implementar e avaliar um curso para capacitação de instrutores de simulação clínica em enfermagem com uso de ambiente virtual de aprendizagem (AVA), junto ao corpo docente da Faculdade de Enfermagem da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Os objetivos específicos foram os de buscar na literatura, por meio de uma revisão integrativa, a descrição de métodos de desenvolvimento, implementação e avaliação de cursos para capacitação de instrutores de simulação clínica em enfermagem; descrever todas as etapas de desenvolvimento do curso; avaliar o curso junto a especialistas em simulação clínica; implementar junto aos docentes da Faculdade de Enfermagem e avaliar o curso segundo a opinião dos participantes. Métodos: Trata-se de estudo metodológico em que a carga horária planejada para o curso de capacitação desenvolvido totalizou 36 horas, sendo 18 horas destinadas aos encontros presenciais com elaboração, prática e discussão de cenários em simulação, e 18 horas voltadas às atividades no AVA, onde se disponibilizou o conteúdo integral do curso: artigos, tutoriais, vídeos, questionários, fóruns, animações e bibliografia, conteúdo submetido à avaliação de juízes especialistas por meio de instrumento de avaliação construído para este fim. Para análise por parte dos especialistas utilizou-se o índice de validade de conteúdo (IVC). Resultados: A revisão da literatura mostrou que não existem atualmente metodologias universalmente aceitas para a capacitação de instrutores de simulação clínica em enfermagem. O curso foi considerado válido quanto ao conteúdo e aparência pelos juízes especialistas, com IVC total igual a 0,93. Após análise das sugestões dos juízes e adequações pertinentes, o curso de capacitação foi aplicado a professores envolvidos com ensino dos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Enfermagem, que também o avaliaram. A avaliação por parte dos professores participantes foi positiva e demonstrou interesse em aprender e preparar-se para o uso da simulação clínica, com vistas à sua utilização na prática docente. Conclusões: Há ausência na literatura de iniciativas de capacitação de enfermeiros e educadores para o uso da simulação, embora seja imprescindível seu preparo para a adequada utilização e implementação do método. O conteúdo do curso foi considerado válido pelos especialistas e os participantes do mesmo o avaliaram positivamento, indicando que foi adequado e correspondeu às expectativas

Abstract: Simulation is defined as an educational technique in which real-world elements are properly integrated to achieve specific learning or assessment objectives, ie a methodology that promotes active and meaningful learning, and can provide students with hands-on, hands-on experience. Close to actual experiences. On the other hand, distance education can be considered as an educational innovation that favors the integration of different technologies, which tends to potentiate learning, and allow flexibility to the learner, regarding the time of study, individuality in their learning and environment conducive to constant interaction With the educator and colleagues. Objectives: The main objective of this research was to develop, implement and evaluate a training course for clinical simulation instructors in nursing using a virtual learning environment (AVA), with the Faculty of Nursing of the State University of Campinas (UNICAMP). The specific objectives were: to search in the literature, through an integrative review, the description of methods of development, implementation and evaluation of courses for training of clinical simulation instructors in nursing; Describe all stages of course development; Evaluate the course with specialists in clinical simulation; Implement with the Faculty of Nursing teachers and evaluate the course according to the opinion of the participants. METHODS: This is a methodological study in which the total workload of the training course developed was 36 hours, with 18 hours for face-to-face meetings, with elaboration, practice and discussion of scenarios in simulation and 18 hours dedicated to activities in the AVA, in which the full contents of the course were posted: articles, tutorials, videos, questionnaires, forums, animations and bibliography, content that was submitted to the evaluation of expert judges by means of an evaluation instrument built for this purpose. For the analysis of the specialists the content validity index (CVI) was used. Results: The literature review showed that there are currently no universally accepted methodologies for the training of clinical simulation instructors in nursing. The course was considered valid regarding content and appearance by the expert judges, with total IVC equal to 0.93. After analyzing the pertinent judges' suggestions and adaptations, the training course was applied to teachers involved in teaching undergraduate and postgraduate courses in nursing, who also evaluated the course. The evaluation by the participating teachers was positive and showed an interest in learning and preparing for the use of clinical simulation, with a view to its use in teaching practice. CONCLUSIONS: There is a lack of initiatives in the literature to train nurses and educators to use simulation, although their preparation for the proper use and implementation of the method is essential. The content of the course was considered valid by the specialists and the course participants evaluated the course positively, indicating that it was adequate and lived up to expectations
Subject: Cursos de capacitação
Ensino à distância
Educação em enfermagem
Desenvolvimento de programas
Simulação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2017
Appears in Collections:FENF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_DanielleLeiteDeLemos_M.pdf1.89 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.