Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/332767
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Violência contra mulheres, depressão mental e rendimentos do trabalho no Brasil
Title Alternative: Violence against women, mental depression and earnings in Brazil
Author: Seidel Oliveira, Fernanda, 1992-
Advisor: Santos, Marcelo Justus dos, 1977-
Abstract: Resumo: A violência contra as mulheres é um fenômeno que causa danos enormes à vida das vítimas. As agressões afetam diretamente a saúde mental das mulheres e, consequentemente, seu capital humano. O capital humano, por sua vez, afeta a produtividade. Nesse contexto, objetivo desta dissertação é analisar a violência contra a mulher e sua relação com as condições socioeconômicas em dois sentidos. Primeiro, analisa-se as consequências econômicas da depressão no rendimento do trabalho feminino, utilizando os dados da PNAD 2008 e seu Suplemento Especial de Saúde. Nesse estudo, a ocorrência de violência serviu como variável instrumental para a presença de depressão na mulher. Segundo, investiga-se como as características socioeconômicas e o gasto público dos estados brasileiros afetam a ocorrência de estupros, com foco na dinâmica desse crime. Utiliza-se um painel de dados estaduais de 2009 a 2014. No primeiro ensaio, os resultados da estimação IV-GMM com correção do viés de seleção pelo procedimento de Heckman indicam que a depressão reduz os rendimentos das mulheres em torno de 8 a 22%. No segundo, os resultados da estimação SYS GMM não indicaram impacto claro da inércia na determinação das taxas de estupro, possivelmente devido ao tamanho reduzido do painel

Abstract: Violence against women causes enormous damage to the lives of victims. The aggressions directly affect the mental health of women and, consequently, their human capital. Human capital, in turn, affects productivity. In this context, the objective of this work is to analyze violence against women and its relationship with socioeconomic conditions in two ways. First, the economic consequences of depression in women¿s earnings are analyzed, using data from PNAD 2008 and its Special Health Supplement. In this study, the occurrence of violence was used as an instrumental variable for depression. Second, it is investigated how socioeconomic characteristics and the public expenditure of the Brazilian states affect the occurrence of rape, focusing on the dynamics of this crime. A data panel from 2009 to 2014 is used. In the first essay, the results of IV-GMM estimation with correction to selection bias by the Heckman procedure indicate that depression reduces the women¿s earnings from 8 to 22 %. In the second, the results of SYS GMM estimation did not indicate a clear impact of inertia in the determination of rape rates, possibly due to the reduced panel size
Subject: Violência
Identidade sexual
Depressão
Estupro
Renda - Distribuição
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SEIDEL OLIVEIRA, Fernanda. Violência contra mulheres, depressão mental e rendimentos do trabalho no Brasil. 2018. 1 recurso online (61 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia, Campinas, SP.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_FernandaSeidel_M.pdf1.52 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.