Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/332225
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Efeito agudo do uso da máscara de restrição de fluxo de ar durante a realização de exercício resistido
Title Alternative: Acute effect of airflow-restricting mask in resistance exercise
Author: Teodoro, Cássia Lopes, 1988
Advisor: Moraes, Antonio Carlos de, 1960-
Abstract: Resumo: A condição de hipóxia é conhecida por potencializar as respostas metabólicas e neuromusculares ao exercício resistido, no entanto as estratégias utilizadas para sua indução ainda são trabalhosas e/ou caras. Recentemente surgiu no mercado a máscara de restrição de fluxo de ar (MRFar), com o propósito de melhorar o desempenho atlético por alterar respostas fisiológicas ao treino, supostamente por simular condições de hipóxia. O presente trabalho compara as respostas fisiológicas de sessões de exercício resistido com e sem o uso da MRFar sobre volume total da sessão, variáveis metabólicas sanguíneas (saturação de oxigênio (SaO2), pressão de O2 (PO2), pressão de CO2 (PCO2), pH, bicarbonato (HCO3), desoxihemoglobina (HHb) e concentração de lactato [Lac]) e ativação neuromuscular. Participaram do estudo 14 sujeitos do sexo masculino, ativos, com experiência em treinamento resistido (Leg Press). O projeto foi caracterizado por intervenção aguda, cross-over, em que a ordem das sessões experimentais MRFar (~5486,4m) e SHAM (máscara sem válvulas restritivas) foi balanceada e aleatorizada, em seguida foi realizado uma terceira sessão com volume igual a MRFar, mas sem a utilização da MRFar, chamada equalizada (EQ). MRFar e SHAM consistiram em realizar seis séries no Leg Press com 70% de uma repetição máxima, com 90 segundos de intervalo entre as séries, até a falha concêntrica. Foram coletadas amostras de sangue periférico para quantificação do nível de lactado (falange distal) no momento pré-sessão, após cada série, imediatamente após sessão, 3min, 5min e 7 min; e para medidas de variáveis metabólicas sanguíneas por gasometria (lóbulo da orelha) nos momentos pré-sessão, após 3ª série e imediatamente após a sessão. Para ativação neuromuscular foi coletado sinal eletromiográfico do quadríceps (VM, RF e VL) durante as séries e calculada a RMS. Como resultado, o volume foi igual entre as condições MRFar e SHAM. A SaO2 diminuiu mais em MRFar do que em SHAM. A PO2 permaneceu inalterada em MRFar enquanto que em SHAM foi verificado um aumento. Houve uma menor queda de PCO2 e HCO3 em MRFar do que em SHAM. O pH diminuiu similarmente entre as condições, no entanto foi verificado um aumento de HHb em MRFar, indicando maior estresse metabólico. Os valores de lactato não diferiram entre as condições. Quanto à análise da RMS houve uma maior ativação muscular do quadríceps em SHAM do que em MRFar a partir da quinta série. Esses resultados mostram que o uso da MRFar durante o exercício resistido não influencia no volume, contudo promove maior estresse metabólico sistêmico (PCO2, HCO3 e HHb) e permite realizar o mesmo trabalho muscular com menor ativação neuromuscular

Abstract: The hypoxia condition is known to boost the metabolic and neuromuscular responses to resistance exercise, however the currently strategies used for its induction still labor-intensive and/or expensive. A new tool recently emerged, the airflow-restricting mask (MRFar) has the purpose of improving the athletic performance by changing physiological responses to training, supposedly by simulating hypoxia conditions. The present study compares the physiological responses to resistance exercise with and without the use of MRFar on total volume of the session, blood metabolic variables (oxygen saturation (SaO2), O2 pressure (PO2), CO2 pressure (PCO2), pH, bicarbonate (HCO3), deoxyhemoglobin (HHb) and lactate concentration [Lac]) and neuromuscular activation. Fourteen active male subjects with experience in resistance training participated in the study. The project was characterized by acute intervention, cross-over, in which the order of the experimental sessions MRFar (~5486,4m) and SHAM (mask without restrictive valves) were balanced and randomized. Followed,a third session with volume equal to MRFar, yet without the MRFar use, named equalized (EQ) was realized. MRFar and SHAM consisted of six sets of Leg Press with 70% of one repetition maximum and 90 seconds of rest between sets, until the voluntary failure. It were collected peripheral blood samples to quantify the lactate level (distal phalanx) at the pre-session, after each set, immediately after session, 3min, 5min and 7 min of recovery; and to measurements of blood metabolic variables by gasometry (ear lobe), in the moments pre-session, after third set and immediately after the session. For neuromuscular activation electromyographic signal of the quadriceps (VM, RF e VL) during the sets were assessed and used to calculate the RMS values. As result, the volume was equal between the conditions MRFar and SHAM. The SaO2 decreased more in MRFar than in SHAM. The PO2 remained unaltered in MRFar while in SHAM it increases. There was a lower decrease of PCO2 and HCO3 in MRFar than in SHAM. pH decreased similarly in both groups, however it was verified a increase of HHb in MRFar, indicating greater metabolic stress. The lactate values did not differ between the conditions. Regarding the RMS analysis it was shown a higher quadriceps muscles activation in SHAM than MRFar from the fifth set. These results show that the MRFar use during resistance exercise does not influence the session volume; nevertheless, it promotes greater systemic metabolic stress (PCO2, HCO3 and HHb) and allows the performance of the same muscular work with less neuromuscular activation
Subject: Hipóxia
Treinamento resistido
Hipertrofia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: TEODORO, Cássia Lopes. Efeito agudo do uso da máscara de restrição de fluxo de ar durante a realização de exercício resistido. 2017. 1 recurso online (77 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação Física, Campinas, SP.
Date Issue: 2017
Appears in Collections:FEF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Teodoro_CassiaLopes_M.pdf1.28 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.