Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/332195
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Filmes como recurso mediador nas aulas de ciências : uma discussão sobre sua potencialidade a partir das interações
Title Alternative: Movies as a mediator resource in science classes : a discussion about its potentiality from interactions
Author: Santos, José Nunes dos, 1968-
Advisor: Gebara, Maria José Fontana, 1959-
Abstract: Resumo: O principal objetivo desse estudo foi analisar as possibilidades de utilização de filmes comerciais na educação científica e suas contribuições para o processo de ensino- aprendizagem de conceitos científicos e construção de significados relacionados à Ecologia e ao Sistema Nervoso. Para tanto, realizou-se uma pesquisa qualitativa. Os dados foram coletados por meio de questionários, entrevistas, observações e análise de documentos (gravações em áudio e vídeo). Participaram da pesquisa duas professoras de ciências, do 6º e 8º ano do Ensino Fundamental II de escolas públicas da rede estadual paranaense e seus respectivos alunos. Por intermédio de uma abordagem contextualizada, conteúdos de Ecologia e Sistema Nervoso foram introduzidos a partir da apresentação de filmes comerciais. A experiência fundamentou-se em diretrizes teóricas para a organização do ensino mediante o uso de filmes e formas mediadas de interação social na sala de aula. O estudo fundamentou-se em autores como Duarte (2009), Napolitano (2010), Mercer (1998), Wertsch (1998), Vigotski (2001), Coll e colaboradores (2010). Outro aporte teórico importante foi o fluxo do discurso, estrutura analítica nomeada por Mortimer e Scott (2002), que permite analisar a maneira como o professor pode atuar para guiar as interações discursivas que resultam na (re)construção das ideias dos estudantes em processos de ensino-aprendizagem. Constatou-se que a ação de utilizar filmes comerciais como recurso pedagógico, a partir das informações que veiculam e da linguagem fílmica, apresenta possibilidades que vão além do entretenimento e da exemplificação. O filme em sala de aula permite uma apresentação contextualizada e interdisciplinar do conhecimento científico, além de ser um facilitador das interações discursivas entre professores e alunos e entre os próprios alunos. Isso porque, a obra cinematográfica traz textos fílmicos repletos de signos que permitem tornar o ensino de Ciências mais dinâmico e diferenciado. Deste modo, estabelecendo um paralelo entre o papel de um crítico da cinematografia e a do professor frente a um filme, percebe-se que este atua como um mediador entre o conteúdo fílmico e o educando espectador, facilitando assim a apropriação/construção de significados e o conhecimento científico

Abstract: The main goal of this study was to analyse the possibilities of commercial movies usage in scientific education and its contribution to the teaching-learning process related to Ecology and Nervous System. Therefore, a qualitative research was performed. The data were collected through questionnaires, interviews, observations and documents analysis (audio and video records). Two science teachers, and their respective students, took part in this research. They worked in the 6th and 8th grade in Elementary School II at public schools Paraná state. Through a contextualized approach, Ecology and Nervous System subjects were introduced with commercial movies presentations. The experience was based in organizational teaching theory guidelines through movies usage and social interaction mediation forms in class. The study was based in authors such as Duarte (2009), Napolitano (2010), Mercer (1998), Wertsch (1998), Vigotski (2001), Coll and collaborators (2010). Another important theoretical contribution was the flow of speech, analytic structure named by Mortimer and Scott (2002), that allows us to analyse the way a teacher can act to guide the discursive interactions that will result in a (re)construction of student¿s ideas in the teaching-learning processes. It was found that the use of commercial movies as a pedagogical resource, its showed information and its multiple languages, shows possibilities that go beyond entertainment and exemplification. It was found that the use of commercial films as a pedagogical resource allows to explore not only scientific information, but to which film language presents possibilities that go beyond entertainment and exemplification. The movie in class allows a contextualized and interdisciplinary presentation of scientific knowledge, in addition to be a facilitator of discursive interactions between teachers and students and between the students themselves. This occur because the cinematographic work brings film texts full of signs which allow science teaching to be more dynamic and distinguished. Thus, establishing a parallel between the role of cinematographic critic and the role of a teacher to a movie, it is understood that the teacher acts as a mediator between the movie content and the viewer student, favouring thus the appropriation/construction of meanings and scientific knowledge
Subject: Cinema na educação
Análise de interação na educação
Ensino de ciências
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SANTOS, José Nunes dos. Filmes como recurso mediador nas aulas de ciências: uma discussão sobre sua potencialidade a partir das interações. 2018. 1 recurso online (239 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Física Gleb Wataghin, Campinas, SP.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:IFGW - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Santos_JoseNunesDos_D.pdf4.09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.